Últimas vagas do Super Sevens Masculino serão definidas em São José

Não é só o esperado confronto entre Brasil e Argentina, encerrando o Campeonato das Américas que é atração em São José dos Campos nesse fim de semana. A cidade ainda recebe o Qualificatório do Super Sevens, que dará direito à participação na competição nacional, que acontece na próxima semana, no Rio de Janeiro.
 
Uma mudança de última hora mudou o formato da competição. Os times do Rio Grande do Sul abriram mão da vaga do estado, aumentando o número de vagas disponíveis de seis para sete, o número de clubes passou de doze para onze e ao invés de três grupos, terão somente dois grupos, um com cinco e outro com seis.
 
Como consequência, o formato de competição ficou mais complexo:
Na fase 1 os times jogarão todos contra todos dentro dos seus grupos.
Na fase 2 apenas os times do grupo A (que tem 5 times e que por isso cada time faz menos um jogo na fase 1) jogam entre os 4 primeiros classificados na fase1 : 1º x 4º e 2º x 3º. O 5º classificado fica automaticamente classificado para a Taça Bronze. Estes jogos valerão pontos como os jogos da primeira fase, de forma a que sejam adicionados a classificação anterior ordenando a classificação final do grupo A.
 
Na fase 3 temos a divisão nas três taças:
Ouro – Primeiro e segundo classificado de cada grupo – Se joga Semi (1ºA x 2ºB e 1ºB x 2ºA) e Finais
Prata – Terceiro e quarto classificado de cada grupo – Se joga Semi (3ºA x 4ºB e 3ºB x 4ºA) e Finais
Bronze – Quinto classificado do grupo A e quinto e sexto classificados do grupo B – Jogam um triangular para definir os a classificação da 9ª à 11ª posição.
 
 
Veja os grupos e o que esperar de cada um deles!
Grupo A – São José (SP), Bandeirantes Saracens (SP), Niterói (RJ), União Rugby Alphaville (SP), Samambaia (DF)
Um time a menos não significa vida fácil e com certeza o apoio da torcida será providencial. Com 8o jogador vindo da arquibancada o São José, que deixou o título paulista escapar por muito pouco na semana passada entra como favorito para vencer o grupo. A ausência de nomes importantes como os irmãos Duque, que entram em campo depois pelos Tupis, não diminuiu a força do time, que conta com veteranos como Putim e Pelo ao lado de jogadores mais jovens, uma combinação poderosa.
 
Quinto e sétimo colocados no Paulista respectivamente, Band Saracens e União Rugby Alphaville tem bons elencos e afiados por conta da etapa recente. Niterói, quarto colocado no SPAC Lions e vice-campeão estadual em 2015 está se dividindo com o início da temporada de XV (a estreia do clube está prevista para esse fim de semana no Estadual) e nomes de peso como o capitão Robledo, Davi Grael e Mateus Estrela no time podem fazer a diferença. Correndo por fora, mas com muita fome de entrar de vez no cenário nacional, o Samambaia, 10o colocado no Lions, vai ter dificuldade contra um grupo recheado de experiência, mas o simples fato de encarar a competição tão longe de casa mostra que eles tem vontade de surpreender. Com três estrangeiros no elenco, incluindo o bom Cedric Wamba, o sonho de beliscar uma das vagas nas finais não é impossível.
 
 
Grupo B – Pasteur (SP), SPAC (SP), Ilhabela (SP), Rio Branco (SP), Delta (PI), Elói Mendes (MG)
Com quatro times de São Paulo, o grupo reedita nada menos que cinco confrontos do Paulista, e por isso, a balança pende para o lado do SPAC, terceiro colocado no estadual e com quatro jogadores nas seleções nacionais. O Pasteur, vem sempre forte, mas a lesão de Pedro di Pilla na semana passada é um duro golpe nos Galos, mas que não tira o favoritismo da equipe. O Ilhabela por sua vez não fez um bom Paulista. O físico costuma ser uma força do time da Capital da Vela, mas talvez não seja suficiente para colocar o time nas finais, pois os clubes de elite com jogadores nas academias da CBRu tem investido cada vez mais nesse quesito. Finalizando o quarteto paulista, temos o Rio Branco, com perdas importantes em relação ao time de 2015, e precisará se superar para conseguir alcançar as finais, sendo a Taça Prata sua meta mais realista.
 
O Delta, campeão Interestadual em 2015, vem para reeditar o sucesso obtido pela equipe feminina, que caiu de rendimento nas etapas finais e acabou de fora do Super Sevens, mas ainda assim foi uma das sensações do ano e teve jogadoras convocadas para a seleção. Mais uma vez, a superação começa antes de entrar em campo, vencendo a longa barreira da distância que separa o Piauí de São Paulo. Carlos Marvel, jogador e um dos mentores do clube, mostra que nada é impossível, e está pronto para surpreender o país novamente, agora com os homens. O Eloi Mendes, habitual força do Sevens em Minas, perdeu seu trono para Uberlândia, e nas suas últimas participações no Brasileiro, não conseguiu fazer frente para as equipes de outros estados. Agora também já com a temporada de XV iniciada, luta por um lugar no nacional, mas a falta de ritmo no formato reduzido pode atrapalhar.
 
 
Jogos:
Sábado, 05 de março
09h30 – Band Saracens X Samambaia
09h50 – Niterói X União Rugby Alphaville
10h10 – Pasteur X Rio Branco
10h30 – SPAC X Delta
10h50 – Ilhabela X Elói Mendes
11h40 – São José X Samambaia
12h00 – Band Saracens X Niterói
12h20 – Pasteur X Delta
12h40 – Rio Branco X Ilhabela
13h00 – SPAC X Elói Mendes
13h50 – São José X União Rugby Alphaville
14h10 – Niterói X Samambaia
14h30 – Pasteur X Ilhabela
14h50 – Rio Branco X SPAC
15h10 – Delta X Elói Mendes
16h00 – São José X Niterói
16h20 – Band Saracens X União Rugby Alphaville
16h40 – Pasteur X SPAC
17h00 – Delta X Ilhabela
17h20 – Rio Branco X Elói Mendes
18h10 – São José X Band Saracens
18h30 – União Rugby Alphaville X Samambaia
 
Domingo, 06 de março
10h30 – 1A X 4A
10h50 – 2A X 3A
11h10 – Pasteur X Elói Mendes
11h30 – SPAC X Ilhabela
11h50 – Rio Branco X Delta
13h00 – Taça Bronze – 5A X 6B
13h20 – Semi Prata – 3A X 4B
13h40 – Semi Prata – 3B X 4A
14h00 – Semi Ouro – 1A X 2B
14h20 – Semi Ouro – 1B X 2A
15h10 – Taça Bronze – 5A X 5B
15h30 – Disputa de 7o lugar
15h50 – FINAL PRATA – Disputa de 5o lugar
16h10 – Disputa de 3o lugar
16h30 – FINAL OURO
16h50 – Taça Bronze – 5B X 6B
 
 
Foto: Cristiano Andujar/Fotojump

Comentários