Wallys bate Pé Vermelho fora de casa em duro embate em Londrina

No último sábado, o Pé Vermelho recebeu em Londrina o Wallys, de Louveira, pela segunda rodada da Taça Tupi. O time visitante liderava o Grupo A com 5 pontos, conquistados na disputa contra o Hawks Maringá na primeira rodada. Já o Pé Vermelho ainda não havia feito sua estréia, pois, na primeira rodada teve seu jogo ccontra o Rio Branco adiado por conta das chuvas que caíram sobre São Paulo. O duelo inédito acabou por premiar o time paulista, que saiu do Paraná com uma importante vitória por 13 x 7.
 
A partida não foi fácil para nenhum dos times, que tiveram varias chances de pontuar, mas cometeram muitos erros, sobretudo com excesso de knock ons e penais ofensivos, possibilitando alguns turnovers e dificultando a ampliação do placar.
 
Aos 13 minutos, após jogada impedida por parte do Pé Vermelho, o camisa 10, Guilherme Zaparoli, do Wallys deu início ao placar com penal certeiro. Entretanto, o Wallys não se manteve por muito tempo em vantagem. Aos 16 minutos, o camisa 12 do Pé Vermelho, Fernando Marques “Bahia”, fez um try, no centro do in goal, facilitando a conversão do numero 10, Lucas Branco, levando a partida a 7 a 3 para o time da casa.
 
Ainda no primeiro tempo, aos 25 minutos, o Pé cometeu mais uma infração, dando brecha novamente para Guilherme Zaparoli converter mais um penal, fazendo com que o time convidado aproximasse o placar. A poucos minutos do final da primeira etapa, o time de Londrina jogou com 1 integrante a menos, após vários penais consecutivos, o árbitro mostrou o cartão amarelo para Fernando Marques, mesmo assim o placar se manteve em 7 a 6.
 
Com 5 minutos de jogo no segundo tempo, o Wallys conseguiu romper a defesa da equipe paranaense, que ainda estava em menor número, e o camisa 5, Acácio, anotou o try, que foi convertido, novamente, por Guilherme Zaparoli. A partir daí, com o Placar em 7 a 13, o jogo tornou-se mais duro, com penais e várias chances de tries perdidas para os dois lados.
 
A pouco minutos do final do tempo complementar, os jogadores com as camisas 19, Luís Felipe Voigt, e 7, Júlio Corrêa, do Pé Vermelho, foram penalizados com cartão amarelo, deixando seu time com apenas 13 jogadores, levando a um final emocionante e, mesmo nessas circunstâncias, a equipe paulista não conseguiu dar novos números ao placar.
 
A equipe de Louveira voltou para casa com os merecidos 4 pontos, assegurando a liderança do grupo, e enfrentará no próximo sábado o Rio Branco, em jogo válido pela 3ª rodada. Nessa mesma data, o Pé Vermelho irá a Maringá enfrentar seu arquirrival Hawks, que ocupa a ultima colocação, já que a equipe londrinense conseguiu arrancar 1 ponto bônus defensivo.

 

Placar final: Londrina Pé Vermelho 07 (07) x 13 (05) Wallys Louveira

Árbitro: Renato Scalércio
Local: Aterro do Igapó – Londrina, PR

 

Londrina

Try: Bahia

Conversão: Lucas (1)

 

Wallys

Tries: Acácio

Conversão: Zaparoli (1)

Penais: Zaparoli (2)

 

Escrito por: Fernanda Visinoni

Foto: Roberto Custódio

 

Clube Cidade (Estado) Pts J V E D 4+ 7- PP PC
Grupo A
Wallys Louveira (SP) 24 6 5 0 1 4 0 206 69
Rio Branco São Paulo (SP) 24 6 5 0 1 4 0 258 59
Maringá Hawks Maringá (PR) 11 6 2 0 4 3 0 159 251
Pé Vermelho Londrina (PR) 1 6 0 0 6 0 1 50 295
Grupo B
Niterói Niterói (RJ) 30 6 6 0 0 6 0 273 84
Poli São Paulo (SP) 21 6 4 0 2 4 1 194 118
BH Rugby Belo Horizonte (MG) 11 6 2 0 4 3 0 142 203
Guanabara Rio de Janeiro (RJ) 0 6 0 0 6 0 0 47 251
Grupo C
San Diego Porto Alegre (RS) 28 6 6 0 0 4 0 218 47
Serra Caxias do Sul (RS) 17 6 3 0 3 3 2 157 137
Charrua Porto Alegre (RS) 15 6 3 0 3 2 1 170 93
BC Rugby Balneário Camboriú (SC) 0 6 0 0 6 0 0 56 324

Comentários