Barulho na África do Sul com escândalo de corrupção no rugby

O rugby se orgulha de seus valores, e não poderia deixar de ser. Mas, como em todo esporte que é grande, o desvirtuamento acontece. Da África do Sul veio uma triste notícia que, se comprovada, mancha um pouco a imagem do esporte. O CEO da União Sul-Africana de Rugby (SARU), Jurie Roux, está sendo acusado pela empresa de auditoria KPMG de desviar 35 milhões de rands (a moeda local, equivalentes a cerca de 8,9 milhões de reais) do fundo de reserva da Universidade de Stellenbosch, sem autorização, para o Maties Rugby Club. O dossiê da KPMG ainda apontam ainda atletas, ex atletas e treinadores entre os beneficiados dos fundos desviados por Roux.

 

Fonte: Planet Rugby

 

Fourie Du Preez perto da aposentadoria?

Outro assunto ganhou destaque na África do Sul. O lendário scrum-half Fourie Du Preez, de 33, poderá estar perto de anunciar o fim de sua gloriosa carreira. O atleta atuava na Top League japonesa pelo Suntory Sungoliath e na semana passada fez seu último jogo pelo time. Du Preez não tem contrato mais com a equipe e não anunciou seu futuro até o momento.

 

Fonte: Planet Rugby

Comentários