ARTIGO COM VÍDEOS – Neste sábado, Dubai fez a festa de sempre para receber os melhores do sevens mundial e a Nova Zelândia fez a festa erguendo a taça, seguindo com o bom momento após o título da Copa do Mundo de Sevens.

Esta foi apenas a 1ª de 10 etapas da temporada 2018-19 da Série Mundial de Sevens masculina, que valerá 4 vagas nos Jogos Olímpicos de 2020.

Clique aqui para ver como foi o primeiro dia de jogos entre os homens em Dubai.

O sábado começou como acabou a sexta: com nova decepção da África do Sul, atual campeã, que caiu nas quartas de final diante da Inglaterra por 22 x 04, em performance impecável dos ingleses. E essa não foi o único placar impactante das quartas. Fiji também caiu, sofrendo um 24 x 14 dos Estados Unidos da máquina de tries Perry Baker, que deixou sua marca com 2 tries.

- Continua depois da publicidade -

Nas outras duas partidas da quartas, a Nova Zelândia cumpriu sua missão, fazendo 21 x 07 sobre a Escócia, ao passo que a Austrália brilhou contra a Argentina, vencendo por largos 38 x 00, com direito a 2 tries de O’Donnell.

Nas semifinais, Nova Zelândia e Inglaterra fizeram um embate dramático encerrado em 7 x 5 para os All Blacks, com trybdd Ng Shiu fazendo o try. Já os Estados Unidos venceram a Austrália em outro jogo emocionante por 22 x 17, com a virada ocorrendo no finzinho com tries de Tomasin e Barrett.

Enquanto isso, Fiji e África do Sul jogaram contra o prejuízo e decidiram o 5o lugar, com os fijianos falando mais alto por 24 x 19, com try de Nacuqu no lance final. Depois, no bronze, deu Inglaterra sobre Austrália, 15 x 14, com try de Glover com o tempo esgotado.

Na grande final deu o favorito. Os EUA batalharam, mantiveram o duelo aberto até o fim, mas os All Balcks provaram sua força vencendo por 21 x 05, com tries decisivos de Shiu, Collier e Black nos 3 minutos derradeiros. Festa kiwi, depois de uma temporada 2017-18 sofrida, na qual a Nova Zelândia havia vencido apenas uma etapa e em dezembro.

A próxima será será no fim de semana que vem, dias 8 e 9, na Cidade do Cabo, África do Sul – com pressão sobre os donos da casa.



HSBC Sevens World Series 2018-19 – Série Mundial de Sevens – 1ª etapa, em Dubai, Emirados Árabes Unidos

Sábado, dia 1º de dezembro

Quartas de final Challenge Trophy (9º lugar)

03h30 – Samoa 40 x 12 Japão

03h52 – Espanha 26 x 19 Quênia

04h14 – Canadá 38 x 05 Zimbábue

04h36 – França 38 x 17 Gales

 

Quartas de final Ouro

05h00 – África do Sul 05 x 22 Inglaterra

05h22 – Nova Zelândia 21 x 07 Escócia

05h44 – Austrália 38 x 00 Argentina

06h06 – Fiji 14 x 24 Estados Unidos

 

Semifinais pelo 13º lugar

07h38 – Japão 26 x 19 Quênia

08h00 – Gales 14 x 10 Zimbábue

 

Semifinais pelo Challenge Trophy (9º lugar)

08h22 – Samoa 26 x 22 Espanha

08h44 – França 28 x 12 Canadá

 

Semifinais pelo 5º lugar

09h33 – África do Sul 29 x 00 Escócia

09h55 – Argentina 21 x 31 Fiji

 

Semifinais pelo Ouro

10h17 – Inglaterra 05 x 07 Nova Zelândia

10h39 – Austrália 17 x 22 Estados Unidos

 

Finais

11h53 – Disputa de 13º lugar – Japão 07 x 31 Gales

12h15 – Final do Challenge Trophy (Disputa de 9º lugar) – Samoa 33 x 24 França

12h40 – Disputa de 5º lugar – África do Sul 19 x 24 Fiji

13h04 – Disputa de Bronze (3º lugar) – Inglaterra 15 x 14 Austrália

13h29 – FINAL – Disputa de Ouro (1º lugar) – Estados Unidos 05 x 21 Nova Zelândia

 

SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
Estados Unidos381919
Nova Zelândia372215
Fiji351322
Inglaterra301713
África do Sul291217
Austrália251510
Escócia201010
Argentina18108
Espanha17512
Samoa1587
França1275
Canadá1055
Gales532
Quênia413
Japão321
- 1ª ao 4º colocados = classificados aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020
- 15º colocado = rebaixamento;
PS: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.