All Japan Rugby Championship é do Panasonic Wild Knights!

Com o calendário apertado devido a copa do mundo e a entrada do Sunwolves no Super Rugby, o 53º All Japan Rugby Football Union, a Copa do Japão, que coloca frente a frente as equipes da Top League, das ligas regionais e do campeonato universitário, foi resumido em apenas uma partida, o que deu a oportunidade de após vinte anos haver uma final entre uma equipe profissional e outra universitária. O desfecho foi uma vitória contundente do Panasonic Wild Knights sobre o Universidade de Teikyo, 49 x 15, faturando a dobradinha na Terra do Sol Nascente.

 

Panasonic Wild Knights versus Teikyo, o duelo entre profissionais e amadores

O embate era de gigantes, com o atual tricampeão da Top League enfrentando o atual octacampeão universitário japonês. O jogo começou agitado e com claro predomínio dos cavaleiros em cada ruck formado, o volume de jogo foi claramente desproporcional. Soava ser um jogo festivo para os azuis de Gunma, fim de temporada, enquanto parecia ser a final que de fato acontecia para os vermelhos. Com apenas um minuto de jogo, Tomoki Kitagawa, jogando de fullback, fez o primeiro try do jogo. Kodama ampliou aos cinco minutos e a chamada “tirada de pé” foi evidente. Se o Panasonic continuasse impondo o ritmo dos primeiros minutos, seria um desgaste desnecessário e uma goleada cruel.

 

O Panasonic deixou o jogo aberto e os vermelhos tentaram várias descidas, sempre parando na defesa ou em seus próprios erros de handling. Somente aos 19 minutos que o placar foi mexido pelos universitários, penal de Matsuda. Akihito Yamada, ainda anotou mais um try na primeira etapa, aos 33 minutos. Final do primeiro tempo Panasonic 21, Teikyo 3.

 

Na segunda metade, mais espaços foram notórios no campo, porém desempenho físico para superar principalmente os backs do Panasonic no momento da corrida seria indispensável para conseguir ser a zebra daquela tarde. Uchida logo fez mais um try para os cavaleiros. Berrick Barnes tinha convertido todos os tries e assim foi até o final da partida.

 

Na raça, Horikoshi fez o primeiro try para os universitários de Teikyo, Matsuda converteu. Nishihara respondeu para o Panasonic nos últimos 10 minutos de partida, após ruck na extrema direita. O jogo teve sua ultima movimentação no placar aos 78 minutos, try de Koki Takeyama para Teikyo em uma formação de scrum na esquerda do ataque. Final: Panasonic Wild Knights 49, Universidade de Teikyo 15.

 

Com o 5º título da Copa do Japão, o Panasonic Wild Knights se torna o maior campeão da era profissional. Mais de 12.500 pessoas viram a final no Principe Chichibu.

“É uma grande forma de terminar o ano para nós” Robbie Deans, Técnico do Panasonic.

 

“Galáticos” rebaixados

Além do All Japan Rugby Championship, o Japão teve no último fim de semana as disputas das repescagens de rebaixamento e promoção para a Top League, colocando as quatro piores equipes da última Top League diante dos quatro melhores da segunda divisão.

 

O NTT Red Hurricanes possui em seu elenco nada menos que sete jogadores de nível de Super Rugby: Eben Etzebeth, Heinrich Brüssow, Handré Pollard, Jesse Kriel, Israel Folau, Paea Mifi Poseti, Wimpie van der Walt. Este plantel, não foi suficiente para segurar a vontade do Sanix Blues de subir. O time azul conta com a experiência de Andrew Everingham, Robin Bryce e Dwayne Sweeney. A maquina azul funcionou, sem chances para os vermelhos que apesar do placar apertado, não ficou nenhum instante à frente do marcador. Placar final Munakata Sanix Blues 19, NTT Docomo Red Hurricanes 15.

 

O Mitsubishi não conseguiu voltar para a primeira divisão. Os Dynaboars foram derrotados pelo NEC Green Rockets por 17 a 3. Em jogo de público pequeno, pouco mais de 800 pessoas e um primeiro tempo terminado em 3 a 3, os Rockets fizeram dois tries convertidos e definiram a permanência para a próxima temporada.

 

Os policiais de Osaka foram atropelados pelo Black Rams de Nanai Williams e Bernard Folley. 76 a 0. Osaka Police é um time de elenco modesto, todos os jogadores são nativos e enfrentava um adversário obviamente superior com estrelas do rugby mundial. Já o Kyuden quase conseguiu o ascenso, o empate de 14 a 14 contra o Coca-Cola que foi empurrado por mais de quatro mil torcedores, não foi o suficiente para o seu retorno. O time vermelho tenta salvar as campanhas desastrosas de Cummins, Bateman e cia, tendo mais uma chance na primeira divisão.

 

Resta a Top League confirmar qual será o modelo de disputa da Top League 2016-17, pois especulações davam conta de que a liga poderia passar por uma reformulação para se adequar ao calendário do Super Rugby.

 

Hatakeyama na Inglaterra

Ainda no Japão, um dos grandes nomes da seleção japonesa na Copa do Mundo, o pilar Kensuke Hatakeyama está de malas prontas para o rugby inglês. Hetakeyama assinou contrato com o Newcastle Falcons e deverá se apresentar agora, com o fim da Top League. O atleta deverá se reapresentar a seu time japonês, o Suntory Sungoliath, ao final da atual temporada da Premiership, sendo uma das principais ausências da lista de atletas do Sunwolves para o Super Rugby.

 
Escrito por: Leandro Vieira
 

All Japan Rugby Championship – Copa do Japão

Panasonic Wild Knights 49 x 15 Universidade de Teikyo

 

Lista de campeões do All Japan Rugby Championship

1 – Kobelco Steelers – 9 títulos

2 – Kamaishi Sae Waves – 8 títulos

3 – Suntory Sungoliath – 6 títulos

Toshiba Brave Lupus – 6 títulos

5 – Panasonic Wild Knights – 5 títulos

6 – Universidade de Waseda – 4 títulos

7 – Kintetsu Liners – 3 títulos

NEC Green Rockets – 3 títulos

Toyota Verblitz – 3 títulos

Yawata Steel – 3 títulos

11 – Ricoh Black Rams – 2 títulos

Universidade de Doshisha – 2 títulos

13 – Nippon Sport Science University – 1 título

Universidade de Keio – 1 título

 

Top League – Repescagens Promoção-Rebaixamento

NTT-Docomo Red Hurricanes 15 x 19 Munakata Sanix Blues

NEC Green Rockets 17 x 03 Mitsubishi Sagamihara Dynaboars

Coca-Cola West Red Sparks 14 x 14 Kyuden Voltex

Ricoh Black Rams 76 x 00 Osaka Police

 

Promovido à Top League: Munakata Sanix Blues

Permanecem na Top League: NEC Green Rockets, Coca-Cola West Red Sparks e Ricoh Black Rams

Rebaixado: NTT-Docomo Red Hurricanes

Comentários