ARTIGO COM VÍDEOS – Novembro entre as seleções nacionais começou muito bem, com dois jogos de placares elásticos em Chicago e em Tóquio. Os Estados Unidos abriram o mês na sexta encarando e sendo derrotados pelos Maori All Blacks, a seleção maori neozelandesa (a segunda seleção do país), enquanto o sol nasceu no sábado com a Argentina selando uma grande vitória em Tóquio sobre o Japão.

 

Na madrugada teve também as eliminatórias para a Copa do Mundo Feminina de 2017, com Fiji conquistando sua classificação ao à Repescagem Mundial derrotando a Papua Nova Guiné.

 

- Continua depois da publicidade -

Chicago assiste ao poder maori

O primeiro embate dos amistosos de novembro ocorreu na noite de sexta-feira em Chicago, com a seleção dos Estados Unidos recebendo os Maori All Blacks, a seleção maori da Nova Zelândia, a segunda do país após os All Blacks principais. As Águias por fazer alguns testes em seu elenco, mas simplesmente não tiveram chances contra um time neozelandês recheado de jovens talentos sedentos por um lugar ao sol. Foram 8 tries para os maoris, sendo 4 em cada tempo. O oitavo Akira Ioane e o centro James Lowe duas vezes o in-goal cada. O único try americano foi do asa veterano e capitão Todd Clever.

 

Os Estados Unidos viajarão agora à Europa para encararem a Romênia no próximo sábado, ao passo que os Maori All Blacks enfrentarão na Irlanda o Munster na sexta.

 

estados unidos(1)07versus copiar54maori all blacks logo

Estados Unidos 07 x 54 Maori All Blacks, em Chicago

Árbitro: Matthew Carley (Inglaterra)

 

Estados Undos

Try: Clever

Conversão: Holder (1)

15 Mike Te’o, 14 Martin Iosefo, 13 Bryce Campbell, 12 Folau Niua, 11 Matai Leuta, 10 Will Holder, 9 Nate Augspurger, 8 Danny Barrett, 7 Tony Lamborn, 6 Todd Clever (c), 5 Nick Civetta, 4 Nate Brakeley, 3 Chris Baumann, 2 James Hilterbrand, 1 Titi Lamositele;

Suplentes: 16 Joe Taufete’e, 17 Angus MacLellan, 18 Alex Maughan 19 Matthew Jensen, 20 Al McFarland, 21 Stephen Tomasin, 22 Shalom Suniula, 23 Madison Hughes

 

Maori All Blacks

Tries: Lowe (2), Akira Ioane (2), Dixon, Hames, Weber e Royal

Conversões: West (6) e D McKenzie (1)

15 Damian McKenzie, 14 Rieko Ioane, 13 Matt Proctor, 12 Tim Bateman, 11 James Lowe, 10 Ihaia West, 9 Tawera Kerr-Barlow, 8 Akira Ioane, 7 Kara Pryor, 6 Elliot Dixon, 5 Tom Franklin, 4 Jacob Skeen, 3 Ben May, 2 Ash Dixon (c), 1 Kane Hames;

Suplentes: 16 Joe Royal, 17 Chris Eves, 18 Marcel Renata, 19 Leighton Price, 20 Shane Christie, 21 Brad Weber, 22 Marty McKenzie, 23 Sean Wainui

Avalanche de tries argentinos em Tóquio

No sábado, a Argentina foi ao Estádio Príncipe Chichibu encarar o Japão, em jogo de força máxima dos Pumas e de mescla de experiência e juventude do lado dos Brave Blossoms. O resultados foi uma avalanche de tries que terminou com triunfo argentino por 54 x 20.

 

Os argentinos impuseram sua velocidade desde o primeiro tempo, abrindo 21 x 6 com tries de Moroni e Sánchez. Mas a porta nipônica se abriu no segundo tempo, com Cordero cravando o terceiro try logo após o reinício. Moroni pouco depois achou o quarto try e só aos 52′ o Japão descontou com try do capitão Mafi. Nada de resfriar o ímpeto dos visitantes, que cruzaram o in-goal mais três vezes, com Sánchez, Cordero e Cubelli, enquanto os japoneses fizeram um último try já nos instantes finais com o destaque do sevens Lemeki. Fim de papo em Tóquio, 54 x 20 para os Pumas.

 

A Argentina vai agora à Europa para enfrentar Gales, no dia 12. O mesmo destino terá o Japão, que se dirige à Geórgia para iniciar sua turnê europeia.

 

japão logo novo copiar20versus copiar54UAR_copy_copy.jpg

Japão 20 x 54 Argentina, em Tóquio

Árbitro: Romain Poite (França)

 

Japão

Tries: Mafi e Lemeki

Conversões: Tamura (2)

Penais: Tamura (2)

15 Kotaro Matsushima, 14 Lomano Lemeki, 13 Amanaki Lotoahea, 12 Harumichi Tatekawa, 11 Akihito Yamada, 10 Yu Tamura, 9 Fumiaki Tanaka, 8 Amanaki Lelei Mafi, 7 Yuhimaru Mimura, 6 Uwe Helu, 5 Samuela Anise, 4 Kyosuke Kajikawa, 3 Kensuke Hatakeyama, 2 Shota Horie (c), 1 Satoshi Nakatani;

Suplentes: 16 Takeshi Kizu, 17 Koki Yamamoto, 18 Heiichiro Ito,19 Kotaro Yatabe, 20 Malgene Ilaua, 21 Shuhei Matsuhashi, 22Takahiro Ogawa, 23 Timothy Lafaele;

 

Argentina

Tries: Moroni (2), Sánchez (2), Cordero (2) e Cubelli

Conversões: Sánchez (5)

Penais: Sánchez (3)

15 Joaquín Tuculet, 14 Matías Moroni, 13 Matías Orlando, 12 Jerónimo de la Fuente, 11 Santiago Cordero, 10 Nicolás Sánchez, 9 Martín Landajo, 8 Facundo Isa, 7 Javier Ortega Desio, 6 Tomás Lezana, 5 Matías Alemanno, 4 Guido Petti, 3 Ramiro Herrera, 2 Agustín Creevy (c), 1 Lucas Noguera;

Suplentes: 16 Julián Montoya, 17 Santiago García Botta, 18 Enrique Pieretto, 19 Leonardo Senatore, 20 Juan Manuel Leguizamon, 21 Tomás Cubelli, 22 Santiago Gonzalez Iglesias, 23 Ramiro Moyano;

 

Fiji segue em busca do Mundial Feminino de XV

Nesse sábado, jogando em casa, Fiji derrotou a Papua Nova Guiné no jogo único da Copa da Oceania Feminina de XV, 37 x 10, e assegurou o título regional e sua vaga na Repescagem Mundial das Eliminatórias para a Copa do Mundo Feminina de 2017. Em dezembro, Fiji, Japão e Hong Kong irão se enfrentar em triangular em Hong Kong pelas duas últimas vagas no Mundial que acontece na Irlanda no ano que vem.

 

rwc womens 2017

Copa da Oceania Feminina – Eliminatórias para a Copa do Mundo Feminina de 2017

Fiji 37 x 20 Papua Nova Guiné, em Suva

 

Foto: World Rugby – Twitter