Bath, Saracens e Wasps dividem a liderança da Aviva Premiership

ARTIGO COM VÍDEOS – A Premiership inglesa chegou à terceira rodada com três times invictos e empatados em pontos na liderança da competição: Bath, Saracens e Wasps. O Exeter Chiefs se recuperou na tabela, enquanto Leicester Tigers e Gloucester comemoram importantes vitórias fora de casa.

 

Trio de ferro?

Bath, Saracens e Wasps já se colocam como os times que mais impressionaram até aqui na liga e se colocam como os principais postulantes do título desde já.

 

O Bath recebeu o Worcester Warriors não teve vida fácil. O time visitante abriu o placar aos 16′ com joga rápida finalizada por Niall Annett e logo chegaria ao seu segundo try, aos 30′, com o ponta Dean Hammond, em bela troca de passes. O Bath despertou no segundo tempo, com Anthony Watson fazendo o primeiro try aos 46′, após Houston varar a linha. A porta se abriu e Banahan apanhou no ar chute de Ford para fazer o segundo try logo depois. Aos 61′, Rokoduguni faria o terceiro try, mas os Warriors ainda reagiriam com try de Perry Humphreys em resposta imediata. A vitória só se consumou aos 70′ com Leroy Houston fazendo o último try dos azuis, assegurando também o bônus. 37 x 22.

 

O Saracens, por sua vez, recebeu o Northampton Saints e acabou vencendo, mas sem bônus, 27 x 12. O jogo começou com Myler, dos Saints, e Lozowski, dos Sarries, trocando penais, em embate duro fisicamente que foi ao intervalo em 9 x 9. Somente no segundo tempo a defesa do Northampton foi quebrada, aos 55′, quando o pilar Alex Waller receber amarelo por tackle perigoso e, na sequência, Jamie George finalizou o maul após lateral para dar o único try aos donos da casa. Os Saints mantiveram o jogo sem espaços, mas aos 70′ novo amarelo, agora para Sam Dickinson, permitiu que os londrinos fechassem a conta com mais dois penais de Lozowski, negando o bônus defensivo aos visitantes.

 

O Wasps foi o único que venceu com contundência, aplicando sonoros 70 x 22 sobre o novato – e lanterna – Bristol. Foi um dilúvio de tries em Coventry, com os mandantes fazendo 10 tries. Tommy Taylor, Elliot Daly, Cooper-Woolley, Symons e Chris Wade cruzaram o in-goal no primeiro tempo, enquanto Wade novamente, Ashley Johnson duas vezes, Cipriani e Daly outra vez cravaram os tries do segundo tempo.



 

No elevador

A jornada foi muito positiva também para o Exeter Chiefs, que quebrou a má fase e alcançou sua primeira vitória: 36 x 25 sobre o Harlequins, que não começou bem a temporada. A blitz inicial dos Chiefs produziu quatro tries na primeira etapa, com dois de Luke Cowan-Dickie e dois de Lachie Turner, com um rugby aberto e vibrante. Rob Buchanan fez um try para os Quins no primeiro tempo, mas o segundo tempo começou com mais pressão de Exeter e o hat-trick de Cowan-Dickie aos 45′. No fim, Danny Care e Charlie Walker anotaram mais dois tries dos londrinos, em reação tardia.

 

O Leicester Tigers, por sua vez, sofreu para derrotar fora de casa o Newcastle Falcons por 14 x 13. E quem deu primeiro as cartas foram os mandantes, que fizeram o primeiro try logo a 5′ com o argentino Socino. Mike Fitzgeral deu o troco para os Tigers com try aos 21′ e o jogo foi ao intervalo em 10 x 8 para os Falcons. No segundo tempo, Freddie Burns chutou mais dois penais certeiros para Leicester e, no último lance Joel Hodgson teve a chance de dar a vitória a Newcastle, mas errou um fácil drop goal. Incrível.

 

Por fim, o Gloucester derrotou o Sale Sharks na casa do oponente por 26 x 13. O jogo começou quente, com John Afoa abrindo o placar com try para o Gloucester e Sam James respondendo na mesma moeda logo depois. Mas com penal de Laidlaw e try de Sharples antes do intervalo os Cherry and Whites abriram boa margem. Aos 54′, Neild fez o segundo try dos donos da casa, mas o escocês Laidlaw seguiu firme e puniu a indisciplina dos Sharks com mais três penais antes do fim para fechar uma ótima vitória longe de casa.


 

London Irish sofre um pouco mais, mas vence

Na segunda divisão, o London Irish venceu, mas não com folga. Vitória fora de casa sobre o Bedford Blues por 30 x 23 para se manter na liderança invicto. O grande jogo foi do Yorkshire Carnegie, que ocupa a vice liderança também invicto após vitória por duros 23 x 22 fora de casa sobre o London Welsh.

 

AvivaPremiershipLogo

Aviva Premiership – Campeonato Inglês

Sale Sharks 13 x 26 Gloucester

Bath 37 x 22 Worcester Warriors

Exeter Chiefs 36 x 25 Harlequins

Saracens 27 x 12 Northampton Saints

Wasps 70 x 22 Bristol

Newcastle Falcons 13 x 14 Leicester Tigers

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Saracens Londres 10 38
Wasps Coventry 10 37
Bath Bath 10 35
Leicester Tigers Leicester 10 31
Exeter Chiefs Exeter 10 30
Gloucester Gloucester 10 23
Harlequins Londres 10 22
Newcastle Falcons Newcastle 10 22
Northampton Saints Northampton 10 20
Sale Sharks Salford (Manchester) 10 18
Worcester Warriors Worcester 10 10
Bristol Bristol 10 04

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º e 6º lugares = classificação à Champions Cup;
– 12º lugar = rebaixamento

 

GKIPA Championship

GKIPA Championship – 2ª Divisão do Campeonato Inglês

Ealing 20 x 15 Jersey

London Welsh 22 x 23 Yorkshire Carnegie

Bedford Blues 23 x 30 London Irish

Richmond 16 x 57 Doncaster Knights

Rotherham Titans 30 x 31 London Scottish

Nottingham 16 x 35 Cornish Pirates

 

Clube Cidade Jogos Pontos
London Irish Reading 11 54
Yorkshire Carnegie Leeds 11 46
Ealing Trailfinders Londres 11 30
Nottingham Nottingham 11 28
Cornish Pirates Penzance 11 26
Doncaster Knights Doncaster 11 26
Rotherham Titans Rotherham 11 26
Jersey Reds Jersey 11 24
London Scottish Londres 11 22
Bedford Blues Bedford 11 21
Richmond Londres 11 09
London Welsh Londres 11 07*
*London Welsh teve 20 pontos retirados ao entrar em processo de falência

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais;
– 12º lugar = rebaixamento

Comentários