Clermont reassume a liderança do Top 14 francês

ARTIGO COM VÍDEOS – O Top 14 tem um novo/velho líder: o Clermont (1º), que continua a jogar um grande rugby e não teve dificuldade para bater em casa o Castres (9º), beneficiando-se da derrota do La Rochelle (2º), derrotado pelo Stade Français em Paris (8º). A briga lá em cima embolou, com o Toulon (3º) crescendo após vencer em seus domínios o Montpellier (4º). No meio da tabela, e empatados em pontos, estão Toulouse e (5º) e Brive (7º), que venceram em casa Grenoble (14º) e Racing (11º), enquanto o Bordeaux (6º) viajou para superar o Pau (10º). No duelo dos desesperados, Bayonne (13º) e Lyon (12º) não saíram de um empate no País Basco.

 

Clermont na liderança

Os amarelos são os novos líderes do Top 14 batendo em casa o Castres por 29 a 19 e se beneficiando da derrota do La Rochelle em Paris. Em uma partida muito truncada, em que mais uma vez os donos da casa deixaram escapar o ponto bônus, a força física e o scrum fixo garantiram a vitória do Clermont, que anotou três tries, com os pontas David Strettle e Noa Nakaitaci e o asa Juricael Cancoriet. O Castres, prejudicado pela indisciplina, deixou sua marca com o abertura Benjamin Urdapilleta. O Clermont continua em casa, defendendo a liderança contra o Toulouse, que vem na ascendente enquanto o Castres viaja para enfrentar o Montpellier.

 

Toulon em grande forma

Depois da boa vitória contra o Clermont, o Toulon não tomou conhecimento do Montpellier, vencendo por 28 a 6 e deixando a crise definitivamente para trás. Em uma partida de apenas uma equipe só os donos da casa entraram no in-goal com o hooker Guilhem Girardo, o ponta Josua Tuisova e o asa reservan Liam Gill. O Toulon sai de casa para medir forças com o surpreendente La Rochelle enquanto o Montpellier tenta se recuperar desse grande golpe em casa contra o Castres.

 

Bordeaux vence primeira fora

Faltou pouco para o Pau conquistar a primeira sequencia de três vitória seguidas desde a volta da equipe ao Top 14, sendo derrotada nos minutos finais, em casa, pelo Bordeaux por 30 a 28. O jogo foi muito equilibrado com os donos da casa anotando um try, com o ponta Louis Dupichot, e o segundo centro Tom Taylor acertando sete chutes. O Bordeaux igualaria em um try do scrum half Baptiste Serin e viraria a partida faltando apenas três minutos, em uma bola interceptada do centro Reserva Romain Lonca.

 

A derrota complica a situação da Section Paloise, que vê a zona de rebaixamento mais próxima, o time agora viaja para enfrentar o Lyon, em uma partida fundamental para as ambições da equipe. O Bordeaux consolida o bom momento e tem a chance de dar um salto na classificação quando recebe o Brive.

 

Toulouse faz a lição

Em um jogo de apenas uma equipe o Toulouse atropelou em casa o lanterna Grenoble por 31 a 3, não dando chance para os alpinos, que mesmo no começo da temporada já parecem ter aceitado o rebaixamento. Conquistando o primeiro ponto bônus da temporada os occitanos entraram no in-goal quatro vezes, com o oitavo Gillian Galan, o fullback Maxime Medard, o asa Talalei Gray e o segundo centro Florian Fritz.  O Toulouse agora viaja para enfrentar o empolgado Clermont enquanto o Grenoble volta para casa jogar a vida contra o Bayonne.

 

Brive, o matador de gigantes

Depois da vitória em casa na primeira rodada diante do Toulon, o Brive aprontou mais uma batendo os atuais campeões franceses do Racing por 25 a 16. As equipes empataram em tries, o oitavo Koyamaibole anotou para os donos da casa enquanto os parisienses fizeram com o ponta Juan Inhoff, a diferença no placar foi construída na indisciplina dos visitantes, que seguem sem vencer longe da cidade luz. O Brive sairá de casa para enfrentar o Bordeaux enquanto o Racing volta para Paris enfrenta o Stade Français no clássico da capital francesa.

 

Stade Français se garante em casa

Os parisienses do Stade Français receberam o La Rochelle e fizeram valer o fator casa, conquistando uma importante vitória por 31 a 26. Anotando quatro tries, com os asas Antonie Burban (duas vezes) e Raphael Lakafia e um penal try, o time da cidade luz diminuiu o ritmo no segundo tempo, sofrendo muita pressão dos atlânticos, que entraram no in-goal com o abertura Brock James e o centro reserva Arthur Retiere e saem da capital com um importante ponto bônus.
 
A vitória vem em boa hora para o time da capital, que ainda não convenceu esse ano e tem o clássico de Paris contra o Racing. O La Rochelle sai da capital com um bom resultado e se prepara para receber o Toulon, em um jogo que pode colocar os atlânticos definitivamente entre os favoritos.

 

Um empate ruim para os dois lados

Bayonne e Lyon se enfrentaram no País Basco saindo de campo com um 22 a 22 que decepcionou as duas equipes. Os bascos perdem a chance de vencer um adversário direto na luta contra o rebaixamento enquanto o time da segunda maior cidade francesas deixou escapar boas chances de voltar para casa com uma vitória que seria fundamental na luta pela permanência. A partida teve tries apenas na segunda etapa o abertura Michael Harris anotou primeiro para os visitantes com o ponta Romain Martial respondendo para os bascos.

 

O Bayonne se complica com o resultado viajando agora para enfrentar o desesperado Grenoble, em uma final para as duas equipes. O Lyon respira na tabela de classificação e volta para casa enfrentar outro adversário na luta contra o rebaixamento, a Section Paloise.

 

Top 14 logo novo

Top 14 – Campeonato Francês 2016-17

Clermont 29 x 19 Castres

Pau 28 x 30 Bordeaux

Bayonne 22 x 22 Lyon

Toulouse 31 x 03 Grenoble

Brive 25 x 16 Racing

Stade Français 31 x 26 La Rochelle

Toulon 28 x 06 Montpellier

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Clermont Clermont-Ferrand 13 41
Montpellier Montpellier 13 37
Toulon Toulon 13 36
La Rochelle La Rochelle 13 36
Castres Castres 13 34
Union Bordeaux-Bègles Bordeaux 13 34
Toulouse Toulouse 13 33
Racing Paris 13 32
Stade Français Paris 13 29
Brive Brive 13 27
Pau Pau 13 25
Lyon O. U. Lyon 13 24
Bayonne Bayonne 13 16
Grenoble Grenoble 13 14

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

Escrito por: Diego Gutierrez

Foto: LNR

Comentários