A seleção da África do Sul não tem mais treinador. Desde o fim do ano passado, a situação entre Allister Coetzee e a federação do país parecia insustentável. Em janeiro, o treinador foi a público e criticou severamente a federação, atribuindo os problemas que levaram ao fraco desempenho sul-africano nos últimos dois anos à falta de condições que a federação oferecia a seu trabalho. No período no comando dos Springboks, Coetzee teve somente 11 vitórias em 25 partidas oficiais.

Hoje, veio a confirmação da demissão do treinador. Um novo comandante para os Boks será anunciado até o final de fevereiro.

 

Bordeaux contrata fijiano All Black

- Continua depois da publicidade -

O ponta fijiano Seta Tamanivalu, que já defendeu a seleção da Nova Zelândia em 3 oportunidades, tem novo destino ao final da temporada 2018 do Super Rugby. No segundo semestre, o jogador de 25 anos deixará os Crusaders para vestir a camisa o Bordeaux, da França.

 

Êxodo neozelandês continua

E a perda de atletas do Hemisfério Sul para a Europa continua aquecida. Além de Tamanivalu, outro atleta da Nova Zelândia deixará o Super Rugby ao final da temporada. É o centro e ponta Charlie Ngatai, de 27 anos, que deixará os Chiefs para também ir à França, onde defenderá na próxima temporada o Lyon. Ngatai tem 1 test match pelos All Blacks, em 2015, e já não espera mais chances na seleção.