ARTIGO COM VÍDEOS – O Six Nations esteve a todo vapor! Mas o Guinness PRO14 não parou. Neste fim de semana, a competição celta-italiana-sul-africana teve sua 14ª rodada, com as equipes jogando sem seus atletas das seleções. O resultado foram resultados ruins para os ponteiros, com Scarlets e Leinster perdendo e com Glasgow empatando. Quem sorriu foram Edinburgh, Connacht e Cardiff Blues, que ainda sonham com um lugar no mata-mata. No PRO14, irão aos playoffs apenas os 3 primeiros de cada conferência.

O Glasgow ainda é líder da Conferência A, mas acabou tropeçando em empate de 15 x 15 com os Dragons, em jogo de 4 tries, 2 para cada time, todos no primeiro tempo.

O Munster, vice líder, ainda está muito longe do Glasgow, mas reduzindo sua distância fazendo 33 x 05 para cima do Zebre, em jogo de 5 tries – 2 do centro Sam Arnold.

Ainda na Conferência A, o Cheetahs, terceiro colocado, visitou o quarto colocado Cardiff Blues e acabou derrotado, dando esperanças de classificação aos galeses. 25 x 20 no marcador, com Nick Williams brilhando e fazendo o try crucial.

Na Conferência B, líder e vice caíram. O Leinster perdeu em sua visita à Escócia para o quarto colocado Edinburgh, que renovou suas esperanças de playoffs. 29 x 24 cruciais que mantiveram os escoceses somente 3 pontos abaixo do terceiro colocado Ulster. Mark Bennett, deixado de fora da seleção, brilhou com o try da vitória aos 78′.

O Ulster, por sua vez, não vacilou, atropelando o Kings, único time que ainda não venceu na temporada. 59 x 10 incontestáveis, com Craig Gilroy correndo para um hat-trick (3 tries). Destaque para a irlandesa Joy Neville, árbitra da partida, fazendo história para a arbitragem feminina.

Já os Scarlets perderam a chance de ultrapassarem o Leinster. Os atuais campeões foram os últimos a entrarem em campo, mas desfigurados caíram na Itália por 22 x 12 contra o Treviso. Monty Ioane foi o nome do jogo para os italianos, com 3 tries.

Por fim, o Connacht ainda manteve esperanças de mata-mata sepultando os Ospreys com um 26 x 15 em casa. Foram 2 tries para cada lado, mas a indisciplina galesa custou caro pelos pés certeiros de Ronaldson.

Guinness PRO14 – Liga de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul

Munster 33 x 05 Zebre

- Continua depois da publicidade -

Cardiff Blues 25 x 20 Cheetahs

Ulster 59 x 10 Kings

Edinburgh 29 x 24 Leinster

Dragons 15 x 15 Glasgow Warriors

Connacht 26 x 15 Ospreys

Treviso 22 x 12 Scarlets

ClubePaísCidadeJogosPontos
Grupo A
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow2075
MunsterIrlandaLimerick/Cork2067
CheetahsÁfrica do SulBloemfontein2058
Cardiff BluesGalesCardiff2053
OspreysGalesSwansea2040
ConnachtIrlandaGalway2034
ZebreItáliaParma2032
Grupo B
LeinsterIrlandaDublin2070
ScarletsGalesLlanelli2065
EdinburghEscóciaEdimburgo2064
UlsterIrlandaBelfast2060
Benetton TrevisoItáliaTreviso2054
DragonsGalesNewport2020
KingsÁfrica do SulPorto Elizabeth2011
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1ºs colocados de cada grupo = classificação direto às Semifinais e à Champions Cup;
- 2ºs e 3ºs lugares de cada grupo - classificação à Repescagem para as Semifinais e à Champions Cup;
- 4ºs colocados - repescagem pela Champions Cup;
- Nota: as equipes sul-africanas não podem se classificar à Champions Cup;

Foto: Edinburgh x Leinster – Inpho/PRO14