ENC: Geórgia campeã e Portugal rebaixado

ARTIGO COM VÍDEO – A Geórgia mais uma vez está no lugar mais alto da Rugby Europe! Os Lelos fizeram a festa em casa no último sábado, vencendo pela nona vez na história – e pela sexta vez consecutiva – o Europeu de Nações, a máxima divisão do rugby europeu abaixo do Six Nations, popularmente chamado de Six Nations B.

 

O jogo contra a Romênia era decisivo, um verdadeiro clássico, e encheu a Dinamo Arena, na capital georgiana Tbilisi, que registrou o público recorde de 53 mil pessoas, digno de Six Nations. Em campo, a Geórgia colocou um grupo forte e não decepcionou, fazendo tranquilos 38 x 9 que provaram que os Lelos estão, de fato, bem acima de seus concorrentes do Europeu de Nações e cada vez mais próximos do nível do Six Nations.

 

Os Lelos abriram o placar com apenas 3 minutos de jogo, com o pilarzão Anton Peikrishvili, em lateral seguido de maul, mostrando a força do pack georgiano, mesmo diante de outro pack poderoso que é o romeno. Mas, Peikrishvili recebeu amarelo logo depois e a Romênia aproveitou para reduzir com penal chutado por Vlaicu. Porém, mesmo com um a menos, a Geórgia chegou a mais um try, aos 17′, com Khmaladze chutando cruzado e o ponta Todua recebendo no in-goal para o try.

 

Vlaicu reduziu com mais 2 penais para os romenos, mas antes do intervalo a Geórgia fez seu terceiro try, de novo com Peikrishvili, em jogada de mãos na velocidade, com os forwards correndo na linha. Lelos ousando e jogando de mãos, mostrando evolução. E na volta dos vestiários de novo a Geórgia correu sua linha, com Gorgodze primeiro abrindo espaço e a bola sendo movimentada até a ponta, passando pelos forwards, até Pruidze finalizar. O jogo já estava ganho.

 

Aos 58′, o trabalho rápido de fases nas 22, com os forwards georgianos se movimentando com agilidade e a linha apoiando com pimor resultou em mais um try, com Giorgi Nemsadze. E antes do fim Bregvadze ainda fez mais um try para os donos da casa. 38 x 9 para a Geórgia, que ainda erguei pela 10ª vez a Copa Antim, a taça anual entre os dois países.

 

Alemanha se safa

Precisando somar pontos para não se complicar na luta contra o rebaixamento, a Alemanha recebeu a Espanha e fez mais uma boa apresentação, mostrando sua evolução patente. Os alemães se salvaram da degola com um empate em Colônia (Köln) por 17 x 17. Os espanhóis venciam o jogo até o fim quando Jacobus Otto cravou o try do empate alemão. A conversão, no entanto, foi perdida, mas o empate se provou suficiente aos alemães, pela derrota portuguesa no jogo seguinte. Mas, não sem muita apreensão.

 

Portugal rebaixado

Portugal disse adeus ao segundo escalão do rugby europeu com uma derrota por 21 x 53 frente a uma Rússia dominadora. Sempre mais fracos na formação ordenada ou na disputa do ruck, os portugueses que precisavam ganhar, acabaram por sofrer 7 tries, conseguindo só 3. Rússia teve em Rudoi e Kurashov duas das suas melhores unidades confirmando o 3º lugar no torneio.

 

Bélgica encerra campanha em alta

Na 1ª Divisão B, o segundo escalão do Europeu de Nações, a campeão e promovida Bélgica se despediu da competição com uma vitória fora de casa sobre a Polônia, 21 x 11, encerrando também com o título de 2016. Enquanto isso, a Moldávia venceu em casa a Holanda, 22 x 13, já pensando na próxima temporada.

 

No próximo ano

A Rugby Europe, entidade responsável por todas as competições europeias de seleções, exceto o Six Nations, terá um novo modelo de competições de XV para a próxima temporada 2016-17. A divisão máxima da Rugby Europe, a atual 1ª Divisão A, informalmente chamada de Six Nations B, mudará de nome, passará a se chamar Rugby Europe Championship, enquanto a divisão inferior, a 1ª Divisão B (ou Six Nations C) passará a se chamar Rugby Europe Trophy. A grande mudança é que todo ano o último colocado do RE Championship receberá o campeão do RE Trophy, em repescagem de promoção e rebaixamento. Com isso, poderá haverá equipes promovidas e rebaixadas todos os anos, e não apenas a cada 2 anos, como é hoje.

 

Abaixo do Trophy, haverá mudanças importantes também. Hoje, da primeira à última divisão do Europeu de Nações são 7 divisões, sendo que abaixo da 1ª Divisão B há a 2ª Divisão A, a 2ª Divisão B, a 2ª Divisão C e a 2ª Divisão D, cada uma com 5 seleções, e a 3ª Divisão (última divisão), com as seleções restantes. A partir de 2016-17, serão apenas apenas 5 divisões. Abaixo do RE Championship e do RE Trophy, haverá a Rugby Europe Conference 1, com 2 grupos de 5 seleções, cujos campeões se enfrentarão pela promoção direta ao RE Trophy, ao passo que o pior da Conference 1 será rebaixado. Abaixo da Conference 1 estará a Conference 2, com o mesmo formato de 2 grupos de 5 e uma final entre os campeões dos dois grupos, ao passo que por fim estará a Rugby Europe Development Cup, com as demais seleções (a princípio 5). Desta forma, serão precisos somente 4 anos para uma seleção ir da última à primeira divisão, bem diferente do modelo que vigorou até este ano, no qual eram precisos no mínimo 12 anos para ir da última à primeira divisão.

 

rugby europe copy

1ª Divisão A do Europeu de Nações – 1ª divisão da Rugby Europe

georgia copy copy copy copy38versus(14)09romênia copy

Geórgia 38 x 09 Romênia, em Tbilisi

Árbitro: Tual Trainini (França)

 

Geórgia

Tries: Peikrishvili (2), Todua, Pruidze, Nemsadze e Bregvadze

Conversões: Kvirikashvili (3) e Malaghuradze (1)

15 Merab Kvirikashvili, 14 Giorgi Pruidze, 13 Davit Kacharava, 12 Tamaz Mchedlidze, 11 Sandro Todua, 10 Lasha Khmaladze, 9 Vasil Lobjanidze, 8 Beka Gorgadze, 7 Mamuka Gorgodze,  6 Shalva Sutiashvili, 5 Giorgi Nemsadze, 4 Giorgi Chkhaidze, 3 Anton Peikrishvili, 2 Jaba Bregvadze, 1 Mikheil Nariashvili.

Suplentes: 16 Shalva Mamukashvili, 17 Kakha Asieshvili, 18 Levan Chilachava, 19 Kote Mikautadze, 20 Lasha Lomidze, 21 Giorgi Begadze, 22 Lasha Malaguradze, 23 Giorgi Aptsiauri.

 

Romênia

Penais: Vlaicu (3)

15 Ionut Botezatu, 14 Florin Ionita, 13 Paula Kinikinilau, 12 Florin Vlaicu, 11 Adrian Apostol, 10 Jody Rose, 9 Valentin Calafeteanu, 8 Andrei Gorcioaia, 7 Viorel Lucaci, 6 Stelian Burcea (c), 5 Johan van Heerden, 4 Valentin Poparlan, 3 Paul Rusu, 2 Eugen Capatana, 1 Constantin Pristavita.

Suplentes: 16 Andrei Radoi, 17 Mihai Dico, 18 Cosmin Manole, 19 Marius Antonescu, 20 Vlad Nistor, 21 Tudorel Bratu, 22 Ovidiu Melniciuc, 23 Marian Ispir.

alemanha logo aguia17versus(14)17espanha(2)

Alemanha 17 x 17 Espanha, em Colônia

Árbitro: Radu Petrescu (Romênia)

 

rugby_portugal_339611277(1)21versus(14)53russia copy copy copy copy copy

Portugal 21 x 53 Rússia, em Lisboa

Árbitro: Thomas Charabas (França)

 

SeleçãoJogosPontos 2014-16Pontos 2016
Geórgia104524
Romênia103419
Rússia102714
Espanha102309
Alemanha100807
Portugal100601

 

Lista de campeões do Europeu de Nações (desde 2000)

1 – Geórgia – 9 títulos

2 – Romênia – 4 títulos

3 – Portugal – 1 título

 

1ª Divisão B do Europeu de Nações – 2ª divisão da Rugby Europe

Moldávia 22 x 13 Holanda, em Chisinau

Polônia 11 x 21 Bélgica, em Varsóvia

 

SeleçãoJogos 2014-16Pontos 2015-16Pontos 2014-16
Bélgica101941
Ucrânia102336
Moldávia101127
Holanda101122
Polônia100818
Suécia100101

 

Comentários