ARTIGO COM VÍDEO – Escócia e França se encararam em Edimburgo neste domingo no encerramento da segunda rodada do Six Nations e a emoção, que já era prevista, não faltou. As duas seleções vinham de derrotas na rodada inaugural e precisavam vencer de qualquer forma. O jogo não decepcionou e, apesar dos muitos erros dos dois lados, se manteve em aberto até o fim, com a Escócia retribuindo o apoio do seu torcedor com uma tardia mas preciosa virada no placar. 32 x 26.

O jogo começou eletrizante com o mágico Teddy Thomas, cada dia melhor, acelerando logo aos 3′ pela ponta para marcar o primeiro try francês na partida, aproveitando o absoluto vacilo defensivo de Finn Russell. Letargia escocesa e try francês. Que se agravou com um penal na sequência, bem chutado por Machenaud para fazer 10 x 00.

Mas logo as tropas escocesas foram reordenadas pela liderança de Greig Laidlaw. O time da casa foi para cima e, aos 13′, a qualidade de sua badalada linha foi constatada, com boa troca de passas após maul, tendo Russell se redimindo e servindo Maitland para o try.

O jogo seguiu aberto, valendo-se das falhas dos dois lados – em um jogo de pífios 79% de acertos em tackles do lado escocês e de somente 315 metros corridos pelos franceses. Os franceses, no entanto, tinham um jogador em fase fenomenal. Aos 27′, Teddy Thomas chutou por cima de Maitland, ganhou na corrida pela ponta e cravar um lindo segundo try para os visitantes, que mantinham a frente no marcador.

- Continua depois da publicidade -

Mantinham, mas sem folga. Aos 32′, Laidlaw conduziu os donos da casa fase a fase e a defesa francesa falhou, abriu o buraco que Huw Jones furou para marcar o segundo try escocês. Antes do fim, a França ainda respondeu com penal, para colocar os franceses na frente por 20 x 14 no intervalo.

Se a França não cedeu penais no primeiro tempo, o segundo tempo desandou disciplinarmente para os Galos. Uma sequência de erros ofereceram à Escócia 2 penais seguidos, mas os donos da casa também entregaram um penal para os franceses, com o placar indo a 23 x 20, com 50 minutos jogados.

Aos 58′, a França voltou a arrematar mais 3 pontos, mas logo cedeu outros 2 penais em sequência para os escoceses que deixaram o placar igual, finalmente, aos 65′. O rendimento francês foi despencando e a Escócia foi reduzindo seus erros e ganhando confiança. Com somente 35% de posse de bola na segunda etapa, a França se viu definitivamente pressionada e entregou nos minutos finais mais 2 penais, que Laidlaw não desperdiçou, garantindo o suado triunfo escocês. 32 x 26. Ainda há uma luz para a Escócia neste Six Nations.

Não haverá rodada do Six Nations no próximo fim de semana. A França voltará a campo no dia 23 para receber a Itália, ao passo que a Escócia receberá a Inglaterra para a tão aguardada Calcutta Cup, no dia 24.

 

32versus copiar26

Escócia 32 x 26 França, em Edimburgo

Árbitro: John Lacey (Irlanda)

Escócia

Tries: Maitland e Huw Jones

Conversões: Laidlaw (2)

Penais: Laidlaw (6)

15 Stuart Hogg, 14 Tommy Seymour, 13 Huw Jones, 12 Pete Horne, 11 Sean Maitland, 10 Finn Russell, 9 Greig Laidlaw, 8 Ryan Wilson, 7 Hamish Watson, 6 John Barclay (c), 5 Jonny Gray, 4 Grant Gilchrist, 3 Simon Berghan, 2 Stuart McInally, 1 Gordon Reid;

Suplentes: 16 Scott Lawson, 17 Jamie Bhatti, 18 Jon Welsh, 19 Ben Toolis, 20 David Denton, 21 Ali Price, 22 Chris Harris, 23 Blair Kinghorn;

França

Tries: Thomas (2)

Conversões: Machenaud (2)

Penais: Machenaud (2) e Serin (2)

15 Geoffrey Palis, 14 Teddy Thomas, 13 Rémi Lamerat, 12 Geoffrey Doumayrou, 11 Virimi Vakatawa, 10 Lionel Beauxis, 9 Maxine Machenaud, 8 Marco Tauleigne, 7 Yacouba Camara, 6 Wenceslas Lauret, 5 Sébastien Vahaamahina, 4 Arthur Iturria, 3 Rabah Slimani, 2 Guilhem Guirado (c), 1 Jefferson Poirot;

Suplentes: 16 Adrien Pelissié, 17 Eddy Ben Arous, 18 Cedate Gomes Sa, 19 Paul Gabrillagues, 20 Louis Picamoles, 21 Baptiste Serin, 22 Anthony Belleau, 23 Benjamin Fall;

SeleçãoJogosPontos
Irlanda523
Gales515
Escócia513
França511
Inglaterra510
Itália51
- Grand Slam = 3 pontos;
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

Foto: Six Nations/INPHO/Billy Stickland