ARTIGO COM VÍDEO – A Escócia precisava vencer a Itália com ponto bônus para poder chegar ao vice-campeonato do Six Nations nesta temporada. A equipe das Highlands começou a competição com grandes prospectos para ser campeã do torneio, mas com a contusão de Greig Laidlaw no início do torneio e a de Stuart Hogg no início do jogo mais importante, o da penúltima rodada contra a Inglaterra, tirou as chances de título.

 

Contra a Itália, a Escócia dominou a maior parte do jogo, sem dar muitas chances para o adversário que lutou bravamente, mas não conseguiu pontuar, nem mesmo através dos chutes de Carlo Canna, que estava com o pé descalibrado e perdeu três penalidades ao longo do jogo.

 

- Continua depois da publicidade -

A Escócia começou o jogo pressionando e conseguiu um penal logo aos 4 minutos, com um scrum colapsado. Stuart Hogg converteu um penal com mais de 40 metros de distância. Por um bom período, talvez metade do tempo, a Itália se opôs fortemente à Escócia, mas perdeu oportunidades como aos 20 minutos, a primeira falha de Canna em chutes penais.

 

Aos 29 minutos, a Escócia ampliou sua vantagem. Finn Russel recebeu belo passe de Ali Price e anotou seu try. Ele mesmo converteu o try. Poucos minutos depois, novo penal para a Itália e Canna perdeu novamente. Neste momento a partida estava 10 x 0 para a Escócia.

 

Pouco tempo depois, a Escócia marcou novo try. Desta vez com Matt Scott, que substituiu Huw Jones, contundido. Matt Scott mergulhou para o try após uma jogada de Hogg passando para trás após um box-kick de Price. Desta vez, Russell não conseguiu converter. 15 x 0 para a Escócia, que foi o placar do fim do primeiro tempo, contando mais um chute penal que Canna perdeu.

 

Os primeiros minutos da segunda etapa, foram decisivos para a Itália. Ela pressionou, mas não conseguiu superar a defesa escocesa e isso fez a Itália cansar e ter problemas de condicionamento como sempre.

 

Por desmoronar um volante durante um momento de pressão italiana, Barclay, o capitão escocês, recebeu cartão amarelo. Desafortunadamente, a Itália não conseguiu pontuar neste que poderia ser o melhor momento da equipe.

 

A Escócia não permitiu pontuação italiana, suportou a pressão e, num contra-ataque, Tim Visser anotou seu try. Uma jogada que partiu de um chute de Hogg, Visser ganhou na corrida e apoiou a bola dentro do ingoal italiano. Russell foi para o chute e converteu. Nesse momento, era 22 x 0 para a Escócia.

 

Para selar o resultado de que precisava, a Escócia anota o quarto try em uma nova jogada de Hogg que Tommy Seymour anotou para dar o ponto bônus para a Escócia na briga pelo vice-campeonato.

 

Com o resultado, a Itália permanece com a colher de pau do torneio e a Escócia aguarda o resultado das outras duas partidas para saber se consegue manter a segunda posição que conseguiu com esta vitória com ponto bônus. Uma boa despedida para Vern Cotter que está de partida para o Montpellier.

 

 

 

 

    29versus copiar 0   italia copy copy

 

 

Escócia 29 x 0 Itália, em Edimburgo

 

Árbitro: Pascal Gaüzère (França)

 

Escócia

Tries: Russell, Scott, Visser, Seymour

 

Conversões: Russell(3)

 

Penal: Hogg

 

15 Stuart Hogg, 14 Tommy Seymour, 13 Huw Jones, 12 Alex Dunbar, 11 Tim Visser, 10 Finn Russell, 9 Ali Price, 8 Ryan Wilson, 7 Hamish Watson, 6 John Barclay (c), 5 Jonny Gray, 4 Grant Gilchrist, 3 Zander Fagerson, 2 Ross Ford, 1 Gordon Reid;

 

Suplentes: 16 Fraser Brown, 17 Allan Dell, 18 Simon Berghan, 19 Tim Swinson, 20 Cornell Du Preez, 21 Henry Pyrgos, 22 Duncan Weir, 23 Matt Scott;

 

 

Itália

 

15 Edoardo Padovani, 14 Angelo Esposito, 13 Tommaso Benvenuti, 12 Luke McLean, 11 Giovanbattista Venditti, 10 Carlo Canna, 9 Edoardo Gori, 8 Sergio Parisse (c), 7 Abraham Steyn, 6 Maxime Mata Mbanda’, 5 George Biagi, 4 Marco Fuser, 3 Lorenzo Cittadini, 2 Ornel Gega, 1 Andrea Lovotti;

 

Suplentes: 16 Leonardo Ghiraldini, 17 Sami Panico, 18 Dario Chistolini, 19 Andries Van Schalkwyk, 20 Federico Ruzza, 21 Francesco Minto, 22 Marcello Violi, 23 Luca Sperandio;

 

SeleçãoJogosPontos
Inglaterra519
Irlanda514
França514
Escócia514
Gales510
Itália50
- Grand Slam = 3 pontos;
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

 

Foto: Stu Forster/Getty Images