Mike Lee - KLC fotos for World Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – Alguém vai segurar Fiji? A Série Mundial de Sevens finalmente tem um novo líder da temporada, com somente mais 2 torneios restantes. É Fiji, que neste fim de semana conquistou o torneio de Singapura, seu terceiro título consecutivo de etapas – e o quarto título em 8 etapas disputadas – para, enfim, superar a África do Sul na classificação geral. Os Boks seguem ainda no páreo, mesmo sem vencer um torneio desde dezembro, já que mantém a regularidade, acabando o torneio de Singapura na quarta posição. O jogo decisivo opôs fijianos e sul-africanos na semifinal e Fiji falou mais alto.

No outro lado da tabela de classificação, a Rússia acabou mais uma etapa no último lugar e só um milagre salvará os russos do rebaixamento. A Série Mundial de Sevens masculina retornará com sua penúltima etapa, em Londres, nos dias 2 e 3 de junho.

 

Domingo fijiano

- Continua depois da publicidade -

Depois de um primeiro dia sem maiores surpresas, as quartas de final começaram com um jogaço entre Fiji e Nova Zelândia, com os fijianos passando pelo primeiro obstáculo com Nasilasila marcando o try decisivo na última bola para Fiji vencer por 24 x 19.

Com um hat-trick (3 tries) de Soyizwapi, a África do Sul despachou o Quênia na sequência por 24 x 12, ao passo que a Austrália sofreu para superar a sensação Espanha por somente 7 x 5. Já a Inglaterra derrotou Samoa por 12 x 05 com Kerr fazendo o try da vitória.

A primeira semifinal foi o jogo que todo mundo aguardava – uma verdadeira final antecipada entre Fiji e África do Sul. E o jogo entregou o prometido. Com tries de Kok e Soyizwapi, os Boks foram ao intervalo vencendo por 12 x 00, mas Fiji reagiu na segunda etapa brilhantemente, com Naduva fazendo o primeiro try e Sau atropelando para o try da vitória na bola final por 14 x 12. Logo depois a Austrália emergiu vitoriosa de dura batalha com a Inglaterra, apostando em um penal no último lance para selar sua vitória por 15 x 07. Raridade.

As decisões menores foram empolgantes. O Japão, recém promovido, venceu a Argentina na decisão de 13º lugar, ao passo que o dérbi norte-americano decidiu o Challenge Trophy (9º) lugar com os Estados Unidos se recuperando do sábado ruim vencendo o Canadá por 26 x 12. Os All Blacks também terminaram com sorrisos o torneio derrotando Samoa pelo 5º lugar, ao passo a África do Sul não se levantou da derrota para Fiji e perdeu pontos preciosos em derrota para a Inglaterra por 26 x 24 na disputa de bronze. Jogou eletrizante decidido com try de Ellery a 1 minuto do fim.

A grande final valeu o ingresso, com Fiji e Austrália produzindo um jogo épico. Nacuqu abriu o placar com os dois primeiros tries para Fiji, com Pietsch e Longbottom encerraram a primeira etapa com dois tries para os aussies, porém sem as conversões (que seriam o diferencial da partida), levando o jogo ao intervalo em 14 x 10. Tuwai cravou o terceiro try fijiano, mas a Austrália correu atrás do prejuízo e virou o placar com tries de Quinn e Porch (em try acrobático), 22 x 21. No fim, porém, Naduva arrancou para um try fulminante que deu a vitória a Fiji, 28 x 22. Título e muita festa para os fijianos em Singapura. Imparáveis.

 

Singapore Sevens – 8ª etapa da Série Mundial de Sevens Masculina – em Singapura – dias 21 e 22 de abril

Sábado, dia 28 de abril

Escócia 20 x 24 Austrália

Nova Zelândia 32 x 07 Gales

Argentina 14 x 26 Canadá

África do Sul 26 x 05 Samoa

Estados Unidos 33 x 12 França

Quênia 19 x 28 Inglaterra

Espanha 38 x 05 Rússia

Fiji 45 x 12 Japão

 

Escócia 33 x 14 Gales

Nova Zelândia 12 x 19 Austrália

Argentina 14 x 31 Samoa

África do Sul 26 x 12 Canadá

Estados Unidos 14 x 19 Inglaterra

Quênia 34 x 00 França

Espanha 22 x 12 Japão

Fiji 29 x 07 Rússia

 

Austrália 38 x 00 Gales

Nova Zelândia 22 x 12 Escócia

Canadá 19 x 22 Samoa

África do Sul 26 x 12 Argentina

França 00 x 39 Inglaterra

Quênia 33 x 14 Estados Unidos

Rússia 19 x 26 Japão

Fiji 33 x 05 Espanha

Grupo A: 1 Fiji, 2 Espanha, 3 Japão, 4 Rússia;

Grupo B: 1 Inglaterra, 2 Quênia, 3 Estados Unidos, 4 França ;

Grupo C: 1 África do Sul, 2 Samoa, 3 Canadá, 4 Argentina;

Grupo D:1 Austrália, 2 Nova Zelândia, 3 Escócia, 4 Gales

 

Domingo, dia 29 de abril

Quartas de final pelo Challenge Trophy (9º lugar)

Japão 12 x 28 Gales

Canadá 26 x 07 França

Escócia 19 x 14 Rússia

Estados Unidos 36 x 12 Argentina

 

Quartas de final pelo Ouro

Fiji 24 x 19 Nova Zelândia

África do Sul 24 x 12 Quênia

Austrália 07 x 05 Espanha

Inglaterra 12 x 05 Samoa

 

Semifinais pelo 13º lugar

Japão 29 x 14 França

Rússia 07 x 12 Argentina

 

Semifinais pelo Challenge Trophy (9º lugar)

Gales 10 x 17 Canadá

Escócia 12 x 33 Estados Unidos

 

Semifinais pelo 5º lugar

Nova Zelândia 17 x 07 Quênia

Espanha 07 x 24 Samoa

 

Semifinais pelo Ouro

África do Sul 10 x 12 Fiji

Austrália 15 x 07 Inglaterra

 

Finais

Japão 31 x 24 Argentina – Disputa de 13º lugar

Canadá 12 x 26 Estados Unidos – Final do Challenge Trophy (9º lugar)

Nova Zelândia 36 x 17 Samoa – Disputa de 5º lugar

África do Sul 24 x 26 Inglaterra – Decisão de Bronze

Fiji 28 x 22 Austrália – Decisão de Ouro – FINAL

 

SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
África do Sul18222171919151717151922
Fiji18015131222172222222213
Nova Zelândia15019221315131015131317
Austrália12313822171212519105
Inglaterra1221710101010131171519
Estados Unidos11711215822151281212
Argentina105519177191013258
Quênia10410310121019191083
Canadá765153572771015
Samoa591255133321231
Espanha567711271010110
Escócia551012105810522
França5381083818115
Gales493572553577
Rússia261151155151
- 15º colocado = rebaixamento;
PS: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.