Fim de semana de pontapé inicial para a Aviva Premiership 2016-17!

Está tudo pronto para o show começar. Nessa sexta-feira, será dada a largada para a edição 2016-17 da Aviva Premiership, o Campeonato Inglês, a segunda liga mais liga do mundo e talvez a que mais cresce na atualidade. Reforçada com grandes nomes do rugby mundial e com o Saracens, atual campeão europeu, puxando a disputa contra outras potências continentais, como Wasps, Exeter Chiefs, Leicester Tigers e Northampton Saints, a Premiership promete uma das mas equilibradas e fortes temporadas de sua história.

 

O modelo de disputa é canônico. São 12 clubes que se enfrentam em turno e returno, totalizando 22 rodadas na temporada regular, entre o dia 2 de setembro e o dia 6 de maio. O último colocado será rebaixado, enquanto os quatro primeiros disputarão as semifinais, nos dias 19 e 20 de maio, seguidas da grande final, em Twickenham, Londres, no dia 27 de maio. Para completar, os 6 primeiros colocados da Premiership assegurarão vaga na Champions Cup 2017-18, a Copa Europeia.

 

 

Equipes

 

 

Bath copy copy

 

Bath

Cidade/Estádio: Bath – The Recreation Ground (13.500 lugares)

Títulos: 1 título da Champions Cup/Heineken Cup (1998), 1 título da Challenge Cup (2008), 6 títulos da Premiership (1989, 1991, 1992, 1993, 1994 e 1996) e 10 títulos da Copa da Inglaterra/LV Cup (1984, 1985, 1986, 1987, 1989, 1990, 1992, 1994, 1995, 1996)

2015-16: 9º lugar

2016-17: Com os resultados da última temporada, Mike Ford deixou o cargo de treinador/gerente da equipe que assinou com o fijiano Tabai Matson. A partir disso a equipe já está investindo em novas atitudes e novos reforços como o galês Taulupe Faletau e o samoano Kahn Fotuali’i. Tudo para trazer os dias de festa a que Bath estava acostumado a ter em dias não tão remotos.

 

 

Bristol_rugby

 

Bristol

Cidade/Estádio: Bristol – Ashton Gate (27.000 lugares)

Títulos: 1 título da Copa da Inglaterra/LV Cup (1983)

2015-16: Campeão do GKIPA Championship (2ª divisão)

2016-17: O clube campeão da Championship e recém promivido para a Premiership quer permanecer na elite inglesa após “bater na trave” duas temporadas seguidas sem conseguir a promoção. Contando com os redorços de Tusi Pisi e de Soane Tonga’uiha, a equipe aposta na força de sua torcida para apoiar na tarefa de permanecer na Premiership e voltar a disputar títulos.

 

 

exeter

 

Exeter Chiefs

Cidade/Estádio: Exeter – Sandy Park (12.300 lugares)

Títulos: 1 título da Copa da Inglaterra/LV Cup (2014)

2015-16: Vice campeão / 2º lugar na temporada regular

2016-17: O vice-campeão inglês da temporada passada aposta na manutenção da base da equipe para a disputa pelo título na temporada que se inicia. Liderados por Henry Slade e Thomas Waldrom (o try man da última temporada) juntamente com os selecináveis ingleses Jack Nowell e o recém chegado Ollie Devoto, a equipe segue como uma das favoritas ao título. Grandes chances de terminar entre as quatro semifinalistas.

 

 

Gloucester copy copy

 

Gloucester

Cidade/Estádio: Gloucester – Kingsholm Stadium (16.500 lugares)

Títulos: 2 títulos da Challenge Cup (2006 e 2015) e 5 títulos da Copa da Inglaterra/LV Cup (1972, 1978, 1982, 2003, 2011)

2015-16: 8º lugar

2016-17: Apesar de ter uma boa equipe, o Gloucester não conseguiu engrenar seu jogo na temporada passada. A manutenção de Laidlaw, Twelvetrees, Hook, Galarza entre outros tantos é a maior aposta do Gloucester que, se não se renovar na postura, corre o risco de terminar a competição no meio da tabela novamente.

 

 

Harlequins copy copy

 

Harlequins

Cidade/Estádio: Londres – Twckenham Stoop (14.800 lugares)

Títulos: 3 títulos da Challenge Cup (2001, 2004 e 2011), 1 título da Premiership (2012) e 3 títulos da Copa da Inglaterra/LV Cup (1988, 1991, 2013)

2015-16: 7º lugar

2016-17: Os Quins mantém a equipe que disputou vaga na Champions Cup até o fim da temporada passada e com Nick Easter se juntando à comissão técnica vão entrar na temporada para disputar o título. Contando com Danny Care, Joe Marler, Chris Robshaw, Nick Evans, Jamie Roberts e Mike Brown, a equipe é outra que também deve se encontrar para não ficar em posições medianas na tabela.

 

 

leicester(2)

 

Leicester Tigers

Cidade/Estádio: Leicester – Welford Road (25.800 lugares)

Títulos: 2 títulos da Champions Cup/Heineken Cup (2001 e 2002), 10 títulos da Premiership (1988, 1995, 1999, 2000, 2001, 2002, 2007, 2009, 2010, 2013) e 7 títulos da Copa da Inglaterra/LV Cup (1979, 1980, 1981, 1993, 1997, 2007, 2012)

2015-16: Semifinalista / 4º lugar na temporada regular

2016-17: Apesar de ter sido semifinalista na temporada passada, o jogo apresentado pela equipe não empolgou. O grande campeão da Premiership ficou de fora das disputas importantes na temporada passada e passa por um momento de re-estruturação com poucos investimentos. Poucos reforços chegando ao time como JP Pietersen e Matt Tomua, juntam-se ao time para tentar devolver os dias de glória à equipe de Leicester.

 

 

newcastle falcons

 

Newcastle Falcons

Cidade/Estádio: Newcastle – Kingston Park (10.200 lugares)

Títulos: 1 título da Premiership (1998) e 4 títulos da Copa da Inglaterra/LV Cup (1976, 1977, 2001, 2004)

2015-16: 11º lugar

2016-17: A ex-equipe de Wilko, depois que retornou à Premiership, ainda não encontrou o seu melhor rugby e tem ficado nas últimas posições na tabela. Nesta temporada não será diferente. Leva pequena vantagem sobre o Worcester por causa da quantidade de reforços que recebeu.

 

 

Northampton Saints

 

Northampton Saints

Cidade/Estádio: Northampton – Franklin’s Gardens (15.500 lugares)

Títulos: 1 título da Champions Cup/Heineken Cup (2000), 2 títulos da Challenge Cup (2009 e 2014), 1 título da Premiership (2014) e 1 título da Copa da Inglaterra/LV Cup (2010)

2015-16: 5º lugar

2016-17: Campeão da temporada 2013-14, chegou a disputar títulos na temporada 2014-15, mas na temporada passada não viveu um momento ótimo. O reforço de peso para esta temporada é Louis Picamoles que chega para apoiar o time dos irmãos Pisi, Courtney Lawes, Luther Burrell e cia. Chances de títulos a equipe tem, mas terá que disputar forte com o Saracens e com o Wasps, que levam vantagem.

 

 

Sale Sharks

 

Sale Sharks

Cidade/Estádio: Salford (Grande Manchester) – AJ Bell Stadium (12.000 lugares)

Títulos: 2 títulos da Challenge Cup (2002 e 2005) e 1 título da Premiership (2006)

2015-16: 6º lugar

2016-17: Trazendo Mike Phillips do vice-campeão europeu, o Racing 92, é a demonstração de que não quer ficar para trás nesta temporada. Disputará a Cahampionship nesta temporada e, assim, chances de boas verbas e de fazer uma boa campanha no inglês.

 

 

Saracens logo

 

Saracens

Cidade/Estádio: Londres – Allianz Park (10.000 lugares)

Títulos: 1 título da Champions Cup/Heineken Cup (2016), 3 títulos da Premiership (2011, 2015 e 2016) e 2 títulos da Copa da Inglaterra/LV Cup (1998 e 2015)

2015-16: Campeão / 1º lugar na temporada regular

2016-17: O grande campeão da temporada passada (Champions Cup e Premiership) em terras européias aposta na competência de Mark McCall na gerência da equipe que praticamente se mantém, com exceção às aposentadorias de Jacques Burger e de Charlie Hodgson. Aposta também na chegada de Schalk Burger e do campeão olímpico fijiano Savenaca Rawaca para se manter no topo do rugby europeu nesta temporada.

 

 

wasps

 

Wasps

Cidade/Estádio: Coventry – Ricoh Arena (32.600 lugares)

Títulos: 2 títulos da Champions Cup/Heineken Cup (2004 e 2007), 1 título da Challenge Cup (2003), 6 títulos da Premiership (1990, 1997, 2003, 2004, 2005, 2008) e 3 títulos da Copa da Inglaterra/LV Cup (1999, 2000, 2006) – todos como London Wasps

2015-16: Semifinalista / 3º lugar na temporada regular

2016-17: Depois que se mudou para Coventry (temporada 2014-15), o time voltou a investir mais para ganhar campeonatos. Foi semifinalista da Premiership e da Champions Cup e está retornando ao cenário de que tanto participou. Investiu mais ainda nesta temporada e trouxe reforços de peso como Guy Armitage, Willie Le Roux e Kurtney Beale além do retorno do abertura Danny Cipriani. Surge como um dos grandes favoritos ao título desta temporada.

 

 

Worcester Warriors

 

Worcester Warriors

Cidade/Estádio: Worcester – Sixways Stadium (12.000 lugares)

Títulos: 0

2015-16: 10º lugar

2016-17: O time de Worcester foi promovido na temporada passada e se manteve graças à péssima campanha do London Irish, o rebaixado da temporada 2015-16. Não teve como investir em reforços como os demais clubes da Premiership e provavelmente disputará fortemente com o Newcastle para não ser rebaixado para a Championship.

 

 

AvivaPremiershipLogo

 

Lista de campeões do Campeonato Inglês (desde 1987-88)

1 – Leicester Tigers – 10 títulos

2 – Bath – 6 títulos

Wasps – 6 títulos

4 – Saracens – 3 títulos

5 – Harlequins – 1 título

Newcastle Falcons – 1 título

Northampton Saints – 1 título

Sale Sharks – 1 título

Comentários