Fusão basca? Bayonne e Biarritz perto de polêmica junção

O rugby do País Basco francês está em crise. Gigante de outrora, o Biarritz, pentacampeão do Top 14 e duas vezes vice-campeão europeu, rebaixado à segunda divisão no ano passado, falhou em garantir sua promoção para a elite francesa da próxima temporada e, junto com o insucesso na Pro D2, veio a crise financeira, que está inclusive ameaçando o clube de ser rebaixado à terceira divisão.

 

Já o rival do Biarritz, o Bayonne, era o único time basco no Top 14 neste temporada. Era, pois o Bayonne foi rebaixado para a Pro D2 2015-16, sofrendo o revés pouco depois de anunciar que jogaria alguns jogos no estádio o Athletic Bilbao, no País Basco espanhol, caso permanecesse no Top 14.

 

A crise dos dois clubes levou novamente o velho projeto de Serge Blanco, cartola do Biarritz e ídolo do rugby francês, a ser colocado na mesa: a fusão de Biarritz e Bayonne. O argumento é financeiro, uma vez que o País Basco francês conta com cerca de apena 300 mil habitantes, supostamente insuficientes para bancarem dois clubes em alto nível. Presidente do Bayonne, Manuel Mérin se movimentou nas últimas semanas na direção de Blanco e ambos agora discutem juntos a possibilidade de juntar os históricos rivais.

 

A proposta, como esperado, vem gerando insatisfação dos torcedores dos dois lados, sobretudo do Bayonne, que chegaram a ameaçar violentamente Mérin caso o projeto se concretizasse. Mais capítulos estão por vir.

Comentários