Nesse sábado, dia 02, às 12h30 (hora de Brasília), Gales e África do Sul entrarão em campo em Cardiff no último grande jogo entre seleções de 2017. A partida será o test match isolado do fim de semana, com todas as demais seleções já tendo encerrado seus compromissos.

A história do duelo favorece por inteiro os Springboks, que nunca haviam perdido para os galeses até a derrota de 1999. Gales, no entanto, equilibrou o histórico recente, tendo batido os sul-africanos em dois dos últimos três confrontos desde 2014, incluindo o último encontro em 2016, quando o Dragões cuspiu fogo com um 27 x 13 no mesmo Principality Stadium, palco do confronto desse sábado.

O momento dos dois times não é dos melhores. Gales passou um ano insosso e vem de derrota por 33 x 18 contra os All Blacks, enquanto os Springboks sofrer dolorosas derrotas ao longo da temporada, mas venceram o compromisso do último fim de semana, contra a Itália, por 35 x 06.

O técnico Warren Gatland efetuou 5 trocas no time galês para o embate, colocando o centro debutante Hadleigh Parkes como titular e o jovem scrum-half Aled Davies, que jogou Rhys Webb para o banco. Kristian Dacey e Scott Andrews entrarão na primeira linha e Cory Hill na segunda linha nas demais modificações do XV do Dragão.

- Continua depois da publicidade -

Já os Springboks tiveram 5 mudanças também. O técnico Allister Coetzee apostou na linha em Warrick Gelant, ex sevens, que ganhará uma vaga na ponta sul-africana no lugar de Courtnall Skosan. No pack, Louw, Vermeulen e Mostert voltaram para seus clubes europeus, já que o dia 2 de dezembro não é janela internacional, e para suas vagas entraram Daniel Du Preez e Siya Kolisi na terceira linha e Lood de Jager na segunda linha. A última novidade é a volta do hooker Malcolm Marx, recuperado de lesão.

 

versus copiar

12h30 – Gales x África do Sul – Watch ESPN – AO VIVO

Árbitro: Jérôme Garcès (França)

Histórico: 32 jogos, 28 vitórias da África do Sul, 3 vitórias de Gales e 1 empate. Último jogo: Gales 27 x 13 África do Sul, em 2016 (amistoso);

Gales: 15 Leigh Halfpenny, 14 Hallam Amos, 13 Scott Williams, 12 Hadleigh Parkes, 11 Steff Evans, 10 Dan Biggar, 9 Aled Davies, 8 Taulupe Faletau, 7 Josh Navidi, 6 Aaron Shingler, 5 Alun Wyn Jones (c), 4 Cory Hill, 3 Scott Andrews, 2 Kristian Dacey, 1 Rob Evans;

Suplentes: 16 Elliot Dee, 17 Wyn Jones, 18 Rhodri Jones, 19 Seb Davies, 20 Dan Lydiate, 21 Rhys Webb, 22 Rhys Patchell, 23 Owen Watkin;

África do Sul: 15 Andries Coetzee, 14 Dillyn Leyds, 13 Jesse Kriel, 12 Francois Venter, 11 Warrick Gelant, 10 Handré Pollard, 9 Ross Cronje, 8 Dan du Preez, 7 Pieter-Steph du Toit, 6 Siya Kolisi, 5 Lood de Jager, 4 Eben Etzebeth (c), 3 Wilco Louw, 2 Malcolm Marx, 1 Steven Kitshoff;

Suplentes: 16 Bongi Mbonambi, 17 Trevor Nyakane, 18 Ruan Dreyer, 19 Oupa Mohoje, 20 Uzair Cassiem, 21 Louis Schreuder, 22 Elton Jantjies, 23 Lukhanyo Am

 

Premiership inglesa também agita o Watch ESPN

O Watch ESPN ainda terá mais três jogos ao vivo, todos pela Premiership, o Campeonato Inglês, que já voltará a contar com elencos completos. Na sexta tem Saints e Falcons buscando reabilitação, enquanto o sábado é de clássico do Sudoeste com o líder Exeter Chiefs enfrentando o terceiro colocado Bath em um jogaço. Já no domingo tem o clássico de Londres entre Saracens e Harlequins.

 

*Horários de Brasília

Sexta-feira, dia 1º de dezembro

17h45 – Aviva Premiership – Northampton Saints x Newcastle Falcons – Watch ESPN AO VIVO

 

Sábado, dia 02 de dezembro

12h00 – Aviva Premiership – Exeter Chiefs x Bath – Watch ESPN AO VIVO

 

Domingo, dia 03 de dezembro

13h00 – Aviva Premiership – Saracens x Harlequins – Watch ESPN AO VIVO

 

Foto: RWC 2015