Heyneke Meyer deixa o comando dos Springboks

A África do Sul está sem treinador. Nesta quinta-feira, Heyneke Meyer anunciou sua demissão do cargo de treinador dos Springboks, após ano de altos e baixos. Ou melhor, de mais baixos do que altos, com derrotas inéditas para a Argentina, no Rugby Championship, e Japão, na Copa do Mundo.

 

Desde 2012 no cargo, Meyer comandou os Boks por 50 partidas, vencendo 34, empatando duas, e perdendo 16, sem conquistar nenhum título. Seu substituto ainda não é conhecido.

 

Super Rugby segue perdendo atletas

Seguindo no Hemisfério Sul, o Super Rugby foi pego por mais notícias de êxodo de atletas. O australiano Joe Tomane acertou contrato para o próximo ano com o Montpellier, da França.

 

Enquanto isso, o fijiano Nemani Nadolo anunciou que trocará o Crusaders, da Nova Zelândia, pelo Brumbies, da Austrália,em 2016. Mas, após o Super Rugby, o atleta também irá ao Montpellier para 2016-17.

 

 

Comentários