Inglaterra vence em casa a 3ª etapa do Grand Prix Europeu. 2018. Foto: RFU

ARTIGO COM VÍDEO – O fim de semana europeu foi de sevens em Exeter, na Inglaterra, que recebeu a terceira – penúltima – etapa do Grand Prix Europeu, o circuito da primeira divisão europeia de sevens masculino.

Depois de dos títulos seguidos da Irlanda, foi a vez da Inglaterra fazer a festa, dando o troco nos irlandeses, que haviam derrotados os ingleses em Londres em junho pela Série Mundial. A Inglaterra despachou a Irlanda na semifinal e derrotou a Rússia na grande final para ficar com a taça e assumir a vice liderança da classificação geral, mas com substanciais 10 pontos atrás dos irlandeses, que dificilmente ficarão sem o título europeu.

A Irlanda se reergueu vencendo no 3º lugar Portugal, que finalmente voltou a brilhar no sevens com campanha digna de sua tradição. Os portugueses, todavia, ainda estão em 5º lugar na briga particular com Irlanda, Alemanha, Itália e Geórgia pelas 3 vagas europeias no próximo Hong Kong Sevens, a 2ª divisão da Série Mundial.

A Inglaterra usou elenco completo para o torneio, a fim de fazer bonito em frente de sua torcida e de se preparar para a Copa do Mundo de Sevens, que rola a partir do dia 20 deste mês nos EUA. A quarta e última etapa europeia será apenas nos dias 8 e 9 de setembro, em Lodz, na Polônia.

- Continua depois da publicidade -

Argélia e Zâmbia largam na frente na Taça Prata africana

No rugby XV, o domingo foi de abertura da Taça Prata da Copa da África, a segunda divisão do continente, com duas partidas. Pelo Grupo Norte, realizado no campo neutro de Toulouse, na França, a debutante Argélia mostrou seu potencial derrotando o Senegal, rebaixado da primeira divisão, por 22 x 18 apertados. Na quarta-feira, o Senegal duelará com a Costa do Marfim.

Já no Grupo Sul, a Zâmbia venceu bem em casa o Botsuana por 32 x 13, em chave que tem também Madagascar. Botsuana pegará na quarta Madagascar.

 

USA South campeão no Caribe

Por fim, também no XV, ainda rolou em Atlanta, nos Estados Unidos, o duelo entre a seleção de desenvolvimento do sul do país – os Panthers ou USA South – e as Ilhas Cayman, pela primeira divisão da Rugby Americas North. Os Panthers falaram mais alto e fizeram 42 x 14, conquistando a taça porque Trinidad e Tobago, que liderava, foi excluída da competição.

 

Grand Prix Sevens – Circuito Europeu Masculino de Sevens – 3ª etapa, em Exeter, Inglaterra

Grupo A: 1 Irlanda, 2 França, 3 Itália, 4 Suécia;

Grupo B: 1 Gales, 2 Alemanha, 3 Portugal, 4 Espanha;

Grupo C: 1 Rússia, 2 Inglaterra, 3 Geórgia, 4 Polônia;

Quartas de final: Irlanda 22 x 12 Geórgia, Inglaterra 31 x 10 Alemanha, Gales 14 x 21 Portugal, Rússia 42 x 00 França;

Challenge Trophy (9º lugar) – Semifinais: Itália 19 x 12 Polônia, Espanha 25 x 07 Suécia / 11º lugar – Polônia 26 x 12 Suécia / Final – 9º lugar: Espanha 24 x 07 Itália;

Semifinais pelo 5º lugar: Geórgia 36 x 17 Alemanha, Gales 36 x 14 França / 7º lugar: França 17 x 12 Alemanha / 5º lugar: Gales 26 x 21 Geórgia;

Semifinais pelo 1º lugar: Inglaterra 31 x 19 Irlanda, Rússia 17 x 14 Portugal / 3º lugar: Irlanda 29 x 07 Portugal / FINAL: Inglaterra 15 x 05 Rússia;

Classificação geral: 1 Irlanda, 2 Inglaterra, 3 Rússia, 4 Alemanha, 5 França, 6 Portugal, 7 Itália, 8 Gales, 9 Geórgia, 10 Espanha, 11 Polônia, 12 Suécia;

 

Copa da África – Taça Prata – 2ª divisão africana

Zâmbia 32 x 13 Botsuana, em Mufulira

Argélia 22 x 18 Senegal, em Toulouse (França)

 

Rugby Americas North Championship – 1ª divisão do América do Norte e Caribe

USA South 42 x 14 Ilhas Cayman, em Atlanta

SeleçãoJogosPontos
Championship (1ª divisão)
USA South210
Ilhas Cayman24
Bermuda22
Cup (2ª divisão)
Jamaica210
Barbados21
Trophy (3ª divisão)
Guadalupe26
República Dominicana25
Curaçao24