Irlanda vence jogo tenso contra Escócia e segue com o Centenary Quaich

ARTIGO COM VÍDEO – Dublin foi palco de uma das mais quentes batalhas do Six Nations, que viu Irlanda e Escócia se degladiarem até o apito final em partida que não valia título, mas é alimentada pela rivalidade regional. A Irlanda venceu, acabou em alta o Six Nations, terminou acima dos escoceses e manteve a posse do Centenary Quaich, a taça entre os dois países. 35 x 25 de alto nível, que engrandeceram o torneio.

 

Os primeiros minutos de jogo foram de equilíbrio, com a Irlanda levando vantagem no combate físico e arrancando mais penais. Sexton chutou 9 pontos em  17 minutos (que poderiam ter sido 12), enquanto Laidlaw descontou com 3 pontos para os escoceses. A troca de artilharias só foi rompida aos 19′, quando a Escócia saiu de scrum e Stuart Hogg achou o espaço para arrancar por meio campo e fazer um majestoso primeiro try da partida, colocando o Cardo em vantagem de 10 x 9.

 

Porém, logo após a reação, a Escócia sofreu um duro revés, com John Barclay recebendo amarelo por entrar de lado em ruck e a Irlanda ganhou o espaço necessário para voltar a controlar o jogo. Em ação de seus forwards, no pick and go, CJ Stander rompeu para o primeiro try verde aos 27′, que devolveu a frente aos donos da casa. E o lance que se provou capital ocorreu aos 30′, com Sexton chutando cruzado, Hogg e Seymour fazendo lambança na recepção e a bola sobrando para Earls anotar o segundo try do Trevo.

 

Recomposta, a Escócia ainda foi capaz de controlar os minutos anteriores ao intervalo e Laidlaw arrematou com sucesso novo penal, de longa distância, para levar o duelo aos vestiários em 21 x 13 para a Irlanda, que somou quase 80% de posse de bola e foi soberana no scrum.

 

O segundo tempo começou agitado, com a Irlanda melhor, pressionando e exercendo velocidade. Aos 48′, o rápido ataque se converteu em maul e Murray foi mais esperto, achando o espaço para apoiar o terceiro try verde, impondo uma diferença confortável no placar para os anfitriões. Mas, a vitória claramente não estava garantida e a Escócia passou a dominar por completo a posse de bola, com Richie Gray, a0s 55′, rompendo para o segundo try azul, que deu emoção de novo à peleja.

 

Os ânimos esquentaram, a batalha se tornou tensa na base e, aos 68′, Dunbar recebeu amarelo decisivo, aplicando tackle perigoso sobre Sexton. No minuto seguinte, o homem a mais se provou o necessário para a Irlanda assegurar a vitória, com Toner aproveitando o espaço para romper a defesa azul e fazer o quarto try verde.

 

A Escócia ainda lutou, e muito. Aos 76′, Sexton levou amarelo, quando o jogo já viva envolto de faíscas e, aos 77′, a pressão final escocesa fez resultado e Dunbar, voltando do amarelo, cruzou o in-goal após mágica troca de passes escocesa até a ponta. Mas, era tarde demais, e a diferença muito grande para ser revertida em tão pouco tempo. Irlanda 35 x 25 Escócia, digno da rivalidade.

 

Em junho, a Irlanda visitará a África do Sul, enquanto a Escócia vai ao Japão para os amistosos de meio de ano.

 

irlanda copy35versus(14)25escocia logo

Irlanda 35 x 25 Escócia, em Dublin

Árbitro: Pascal Gaüzère (França)

 

Irlanda

Tries: Stander, Earls, Murray e Toner

Conversões: Sexton (3)

Penais: Sexton (3)

15 Simon Zebo, 14 Andrew Trimble, 13 Jared Payne, 12 Robbie Henshaw, 11 Keith Earls, 10 Jonathan Sexton, 9 Conor Murray, 8 Jamie Heaslip, 7 Tommy O’Donnell, 6 CJ Stander, 5 Devin Toner, 4 Donnacha Ryan, 3 Mike Ross, 2 Rory Best(c), 1 Jack McGrath.

Suplentes: 16 Richardt Strauss, 17 Cian Healy, 18 Nathan White, 19 Ultan Dillane, 20 Rhys Ruddock, 21 Eoin Reddan, 22 Ian Madigan, 23 Fergus McFadden.

 

Escócia

Tries: Hogg, Gray e Dunbar

Conversões: Laidlaw (2)

Penais: Laidlaw (2)

15 Stuart Hogg, 14 Tommy Seymour, 13 Duncan Taylor, 12 Alex Dunbar, 11 Tim Visser, 10 Duncan Weir, 9 Greig Laidlaw (c), 8 Ryan Wilson, 7 John Hardie, 6 John Barclay, 5 Tim Swinson, 4 Richie Gray, 3 Willem Nel, 2 Ross Ford, 1 Alasdair Dickinson.

Suplentes: 16 Stuart McInally, 17 Rory Sutherland, 18 Moray Low, 19 Rob Harley, 20 Josh Strauss, 21 Henry Pyrgos, 22 Pete Horne, 23 Sean Lamont.

 

 

Seleção Jogos Pontos
Inglaterra 5 10
Gales 5 7
Irlanda 5 5
Escócia 5 4
França 5 4
Itália 5 0

Vitória = 2 pontos;
Empate = 1 ponto;
Derrota = 0 pontos

 

Foto: ©INPHO/Morgan Treacy

 

Comentários