ARTIGO COM VÍDEO – Dublin foi palco de uma das mais quentes batalhas do Six Nations, que viu Irlanda e Escócia se degladiarem até o apito final em partida que não valia título, mas é alimentada pela rivalidade regional. A Irlanda venceu, acabou em alta o Six Nations, terminou acima dos escoceses e manteve a posse do Centenary Quaich, a taça entre os dois países. 35 x 25 de alto nível, que engrandeceram o torneio.

 

Os primeiros minutos de jogo foram de equilíbrio, com a Irlanda levando vantagem no combate físico e arrancando mais penais. Sexton chutou 9 pontos em  17 minutos (que poderiam ter sido 12), enquanto Laidlaw descontou com 3 pontos para os escoceses. A troca de artilharias só foi rompida aos 19′, quando a Escócia saiu de scrum e Stuart Hogg achou o espaço para arrancar por meio campo e fazer um majestoso primeiro try da partida, colocando o Cardo em vantagem de 10 x 9.

 

- Continua depois da publicidade -

Porém, logo após a reação, a Escócia sofreu um duro revés, com John Barclay recebendo amarelo por entrar de lado em ruck e a Irlanda ganhou o espaço necessário para voltar a controlar o jogo. Em ação de seus forwards, no pick and go, CJ Stander rompeu para o primeiro try verde aos 27′, que devolveu a frente aos donos da casa. E o lance que se provou capital ocorreu aos 30′, com Sexton chutando cruzado, Hogg e Seymour fazendo lambança na recepção e a bola sobrando para Earls anotar o segundo try do Trevo.

 

Recomposta, a Escócia ainda foi capaz de controlar os minutos anteriores ao intervalo e Laidlaw arrematou com sucesso novo penal, de longa distância, para levar o duelo aos vestiários em 21 x 13 para a Irlanda, que somou quase 80% de posse de bola e foi soberana no scrum.

 

O segundo tempo começou agitado, com a Irlanda melhor, pressionando e exercendo velocidade. Aos 48′, o rápido ataque se converteu em maul e Murray foi mais esperto, achando o espaço para apoiar o terceiro try verde, impondo uma diferença confortável no placar para os anfitriões. Mas, a vitória claramente não estava garantida e a Escócia passou a dominar por completo a posse de bola, com Richie Gray, a0s 55′, rompendo para o segundo try azul, que deu emoção de novo à peleja.

 

Os ânimos esquentaram, a batalha se tornou tensa na base e, aos 68′, Dunbar recebeu amarelo decisivo, aplicando tackle perigoso sobre Sexton. No minuto seguinte, o homem a mais se provou o necessário para a Irlanda assegurar a vitória, com Toner aproveitando o espaço para romper a defesa azul e fazer o quarto try verde.

 

A Escócia ainda lutou, e muito. Aos 76′, Sexton levou amarelo, quando o jogo já viva envolto de faíscas e, aos 77′, a pressão final escocesa fez resultado e Dunbar, voltando do amarelo, cruzou o in-goal após mágica troca de passes escocesa até a ponta. Mas, era tarde demais, e a diferença muito grande para ser revertida em tão pouco tempo. Irlanda 35 x 25 Escócia, digno da rivalidade.

 

Em junho, a Irlanda visitará a África do Sul, enquanto a Escócia vai ao Japão para os amistosos de meio de ano.

 

irlanda copy35versus(14)25escocia logo

Irlanda 35 x 25 Escócia, em Dublin

Árbitro: Pascal Gaüzère (França)

 

Irlanda

Tries: Stander, Earls, Murray e Toner

Conversões: Sexton (3)

Penais: Sexton (3)

15 Simon Zebo, 14 Andrew Trimble, 13 Jared Payne, 12 Robbie Henshaw, 11 Keith Earls, 10 Jonathan Sexton, 9 Conor Murray, 8 Jamie Heaslip, 7 Tommy O’Donnell, 6 CJ Stander, 5 Devin Toner, 4 Donnacha Ryan, 3 Mike Ross, 2 Rory Best(c), 1 Jack McGrath.

Suplentes: 16 Richardt Strauss, 17 Cian Healy, 18 Nathan White, 19 Ultan Dillane, 20 Rhys Ruddock, 21 Eoin Reddan, 22 Ian Madigan, 23 Fergus McFadden.

 

Escócia

Tries: Hogg, Gray e Dunbar

Conversões: Laidlaw (2)

Penais: Laidlaw (2)

15 Stuart Hogg, 14 Tommy Seymour, 13 Duncan Taylor, 12 Alex Dunbar, 11 Tim Visser, 10 Duncan Weir, 9 Greig Laidlaw (c), 8 Ryan Wilson, 7 John Hardie, 6 John Barclay, 5 Tim Swinson, 4 Richie Gray, 3 Willem Nel, 2 Ross Ford, 1 Alasdair Dickinson.

Suplentes: 16 Stuart McInally, 17 Rory Sutherland, 18 Moray Low, 19 Rob Harley, 20 Josh Strauss, 21 Henry Pyrgos, 22 Pete Horne, 23 Sean Lamont.

 

 

SeleçãoJogosPontos
Inglaterra510
Gales57
Irlanda55
Escócia54
França54
Itália50
Vitória = 2 pontos;
Empate = 1 ponto;
Derrota = 0 pontos

 

Foto: ©INPHO/Morgan Treacy