Irlandês Deegan é eleito o melhor do mundo no M20

Com o encerramento do Mundial M20, conquistado pela Inglaterra, o World Rugby anunciou o vencedor do prêmio de melhor jogador da categoria. E o prêmio foi para a Irlanda, como reconhecimento à grande campanha dos verdes no torneio. O segunda linha Max Deegan (foto) faturou o prêmio, que foi definido por votação popular. Com isso, Deegan se tornou o prêmio irlandês vencedor da prêmio.

 

Foi também revelado o “Time do Torneio”. Grave os nomes. Foram nomeados: 15 Curwin Bosch (África do Sul), 14 Ataata Moeakiola (Japão), 13 Joe Marchant (Inglaterra), 112 Jordie Barrett (Nova Zelândia), 11 Edwill van der Merwe (África do Sul), 10 Harry Mallinder (Inglaterra), 9 Hugh Fraser (Escócia), 8 Max Deegan (Irlanda), 7 Will Evans (Inglaterra), 6 George Nott (Inglaterra), 5 James Ryan (Irlanda), 4 Franco Molina (Argentina), 3 Lasha Tabidze (Geórgia), 2 Adam McBurney (Irlanda), 1 Andrew Porter (Irlanda).

 

Andrea Masi é obrigado a se aposentar

Na última semana, o rugby italiano teve uma notícia triste. O 3/4s Andrea Masi, atleta dos Wasps, da Inglaterra, e com 95 jogos pela Itália (quatro Mundiais) se aposentou aos 35 anos por conta de uma lesão no tendão de Aquiles. Deixará saudades.

 

Bayonne foi às compras

Promovido ao Top 14 francês da próxima temporada, o Bayonne saiu às compras e anunciou três reforços: o terceira linha neozelandês Tanerau Latimer, dos Blues (do Super Rugby), o pilar georgiano Davit Khinchagashvili, ex Racing, e o hooker italiano Lorenzo Cittadini, ex Wasps (da Premiership inglesa). O time basco já tinha contratado também o escocês Johnnie Beattie, do Castres, e o sul-africano Willie du Plessis, ex Toulon.

Comentários