Munster é o líder isolado do PRO12

ARTIGO COM VÍDEO – O PRO12 chegou neste fim de semana à sua quarta rodada, com três equipes ainda invictas: Munster, no líder isolado, Scarlets e Edinburgh. Com todos os times celtas jogando pelo Mundial, apenas os italianos do PRO12 voltaram a ter seus principais atletas disponíveis. O que não adiantou nada, pois tanto Zebre como Treviso saíram derrotados.

 

Invictos

O Munster conquistou uma grande vitória bonificada em casa superando de virada o Cardiff Blues. O hooker Mike Sherry foi o destaque dos irlandeses com dois tries, enquanto Ian Keatley conduziu a equipe vermelha rumo à reação na segunda etapa. Um jogão de 5 tries em Cork, com os galeses abrindo 17 x 16 na primeira etapa, graças ao try de Richard Smith. Tom Isaacs ainda ampliou no começo do segundo tempo, mas o Munster cravou três tries e vence por 35 x 27.

 

O Scarlets também se manteve invicto, mas falhou em obter o bônus. A vitória foi maiúscula, 25 x 14, com James Davies abrindo o placar para os galeses e com o canadense DTH van der Merwe, estreando pelo Scarlets, anotando mais dois tries. Os irlandeses reagiram no segundo tempo, mas era tarde demais.

 

Os escoceses do Edinburgh tiveram também uma vitória sem bônus, passando por 16 x 10 pelo Ulster em outro jogo muito pegado. O duro primeiro tempo em Murrayfield terminou em apenas 6 x 3 para o Edinburgh. O Ulster fez o primeiro try com Sean Reidy, em bela jogada com Andrew Trimble e Louis Ludik, mas Hamish Watson fez o try da vitória para os Gunners no fim.

 

Glasgow e Ospreys reagem, Connacht segue bem

Com apenas uma derrota até aqui, o Connacht ocupa o quarto lugar, na cola dos três invictos. O time menos badalado da Irlanda garantiu uma importante e esperada vitória sobre o Zebre, 34 x 15, com direito a cinco tries e importante bônus. Destaque para o try de Marmion, após linda jogada com os pés do ponta Healy.

 

Já na Escócia, o atual campeão Glasgow Warriors garantiu importante triunfo sobre o Dragons, entrando também na briga pelo G4. 29 x 15, após 10 x 10 no intervalo. O destaque dos Warriors, pesadamente desfalcados por terem um grande número de atletas na seleção escocesa, foi o italiano debutante Simone Favaro, que anotou um try no fim que selou a vitória.

 

O Ospreys, por sua vez, enfim desencantou e conquistou sua primeira vitória na temporada, vencendo na Itália o Trevio. O jogo foi parelho e se encerrou com sofridos 25 x 22 para os galeses, com Sam Davies conduzindo o time nos chutes e fazendo o try decisivo que abriu 22 x 5 para a equipe de Swansea. No fim, contudo, os italianos reagiram e por encostaram no marcador. Novamente, foram os pés de Davies que salvaram os Ospreys com um último penal crucial.



Largada para o Eccellenza italiano – Por Giorgio Vuerich

No fim de semana passado teve a largada o Campeonato Italiano, o chamado Campionato d’Eccellenza, a competição máxima e profissional do rugby italiano, abaixo das equipes do país que disputam o PRO12. Os destaques da primeira rodada foram o clássico do Vêneto entre Rovigo e Petrarca Padova, vencido pelo Rovigo, o triunfo da Lazio no clássico de Roma contra o Fiamme Oro e as duas vitórias do campeão da temporada passada Calvisano. O Lyons Piacenza, novo promovido à elite, começou com duas derrotas.

 

Enquanto a Copa do Mundo está pegando fogo com as quartas de final, e a gente do rugy na Itália está comentando o desempenho medíocre dos Azzurri,  estreou o principal campeonato do rugby italiano.

 

Na primeira rodada jogada, no dia 10 de outubro, as atrações foram os clássicos vênetos e romano. No superclássico vêneto, o Rovigo venceu em Padova os rivais do Petrarca, 20 x 13, enqanto no outro clássico, em San Donà, Mogliano venceu os anfitriões, 32 x 21. Contudo, depois do jogo o “juiz de esporte” (Giudice sportivo) deu vitória ao San Donà, 20 x 0, pela entrada irregulador do jogador do Mogliano Engjel Makelara, desqualificado até 30 de outubro de 2015, penalizando Mogliano por 4 pontos na tabela. Viadana ainda bateu por 47 x 7 L’Aquila, que também perdeu 4 pontos na tabela por escalar quatro jogadores não italianos. No clássico da capital, surpresa da Lazio, que derrotou os policiais do Fiamme Oro, 19 x 17. Por fim, jogo fácil para os campeões italianos do Calvisano, 26 x 13 contra a promovia Lyons Piacenza.

 

Na segunda rodada jogada no último fim de semana, Mogliano derrotou Viadana, 33 x 21, em uma partida que viu os anfitriões sempre na frente no placar. Rovigo derrotou a Lazio, 46 x 14, em outro jogo sempre nas mãos do “Bersaglieri”. Já os policiais do Fiamme Oro se recuperaram ao baterem o Lyons Piacenza com um placar de 48 x 7. O Petrarca Padova, após a derrota contra Rovigo, obteve a primeira vitória derrotando L’Aquila por 39 x 10, enquanto os campeões italianos do Calvisano venceram  San Donà com um resultado de 41 x 20.

 

guinness pro12

Guinness PRO12 2015-16 – Liga Ítalo Celta (Escócia, Gales, Irlanda e Itália)

Connacht 34 x 15 Zebre

Glasgow Warriors 29 x 15 Dragons

Scarlets 25 x 14 Leinster

Edinburgh 16 x 10 Ulster

Munster 35 x 27 Cardiff Blues

Benetton Treviso 22 x 25 Ospreys

 

Clube País Cidade Jogos Pontos
Leinster Irlanda Dublin 22 73
Connacht Irlanda Galway 22 73
Glasgow Warriors Escócia Glasgow 22 72
Ulster Irlanda Belfast 22 69
Scarlets Gales Llanelli 22 63
Munster Irlanda Limerick/Cork 22 63
Cardiff Blues Gales Cardiff 22 56
Ospreys Gales Swansea 22 55
Edinburgh Escócia Edimburgo 22 54
Dragons Gales Newport 22 26
Zebre Itália Parma 22 24
Benetton Treviso Itália Treviso 22 20

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º, 6º e 7º lugares – classificação à Champions Cup;
– Nota: ao menos uma equipe de cada país participará da Champions Cup. Assim, se um país não tiver nenhuma equipe entre os 7 primeiros do PRO12, o melhor time desse país ganhará vaga na Champions Cup e o 7º colocado irá para a fase preliminar da competição europeia.

 

eccellenza logo novo

Campionato di Eccellenza – Campeonato Italiano

1ª rodada

Petrarca Padova 13 x 20 Rovigo

San Donà 20 x 0 Mogliano

Viadana 47 x 7 L’Aquila

Lazio 19 x 17 Fiamme Oro

Piacenza 13 x 26 Calvisano

 

2ª rodada

Mogliano 33 x 21 Viadana

Rovigo 46 x 14 Lazio

Calvisano 41 x 20 San Donà

L’Aquila 10 x 39 Petrarca Padova

Fiamme Oro 48 x 7 Piacenza

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Rovigo Rovigo 18 75
Calvisano Calvisano 18 72
Petrarca Padova 18 58
Mogliano Mogliano 18 56
Viadana Viadana 18 43
San Donà San Donà 18 43
Fiamme Oro Roma 18 40
Lazio Roma 18 25
Lyons Piacenza 18 14
L’Aquila L’Aquila 18 09

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais;
– 10º lugar – Rebaixamento

 

Foto: ©INPHO/Ryan Byrne

 

Comentários