O grand finale dos tests de junho será nesse sábado: confira os confrontos!

Sábado de encerramento da jornada de tests de junho. Os europeus entrarão de férias na próxima semana e o Hemisfério Sul voltará a pensar no Super Rugby.

 

Duas séries de jogos já foram decididas, com a Nova Zelândia levando a melhor sobre Gales e a Inglaterra fazendo história contra a Austrália. Com isso, para os galeses o jogo valerá o fim do tab de vitórias sobre os All Blacks, pois Gales jamais venceu os neozelandeses na Nova Zelândia e não consegue qualquer vitória sobre o rival desde 1953. Os donos da casa usarão o jogo para dar oportunidades a novos atletas, com Elliot Dixon debutando na terceira linha no lugar de Kaino, enquanto Ofa Tu’ungafasi e Liam Squire, também debutantes, começarão no banco pela primeira vez. Julian Savea estará de volta e ocupará o lugar de Naholo, ao passo que Beauden Barrett substituirá Aaron Cruden lesionado com a 10. Em Gales, as duas mudanças serão na primeira linha, com Rob Evans e Tomas Francis entrando no XV inicial.

 

Já para os australianos acima de tudo é o Ranking Mundial e a confiança para o Rugby Championship – que larga em agosto – que estarão em jogo. A Austrália fez três mudanças no time que começará jogando com a missão de evitar um 3 x 0 na série. Matt Toomua entra no centro no lugar de Kerevi, enquanto a segunda linha – que vinha sofrendo – será toda nova com Rob Simmons e Will Skelton. Na Inglaterra, Eddie Jones poupou James Haskell, por lesão, e deu a chance na terceira linha para Teimana Harrison.

 

banner padrim

 

África do Sul x Irlanda, por outro lado, promete pegar fogo, pois cada seleção venceu um jogo da série e quem vencer em Pretória será o vitorioso da série. Os irlandeses jamais venceram uma série contra os Springboks na África do Sul. Os anfitriões não terão a liderança de Duane Vermeulen, lesionado, e para seu lugar com a 8 entrará Warren Whiteley, enquanto Ruan Combrinck entrará na ponta na vaga de Mvovo. Os Boks vão ao jogo decisivo envoltos de nova crise, agora relacionada a acusações externas sobre um alegado boicote de alguns atletas brancos da equipe contra o treinador novo Allister Coetzee, que é coloured. Sem crise, a Irlanda terá como novidado Tiernan O’Halloran como fullback no lugar de Jared Payne, e Luke Marshall retornando ao primeiro centro.

 

Enquanto isso, as séries de dois jogos entre Japão e Escócia, mais cedo, e Argentina e França, de tarde, terão o seu desfecho: acabarão com uma vitória para cada lado ou com dois triunfos de escoceses e argentinos? A Escócia fez trocas em atacadão, com seis substituições com relação ao time que venceu o primeiro jogo, entra elas a entrada de Henry Pyrgos com a 9 e de Sean Maitland com a 11. Já o Japão mudou apenas dois atletas: Riyika Matsuda voltou a ter a 15 e o veterano Male Sa’u terá a 14.

 

Os Pumas terão o retorno do segunda linha Tomás Lavanini, voltando de suspensão, enquanto Tomás Cubelli será o titular da camisa 9 desta vez. Juan Martín Hernández é o principal desfalque por lesão, sendo substituído por Jerónimo de la Fuente. Na França, muitas mudanças feitas pelo técnico Guy Novès, que está usando os jogos para testar atletas. Foram sete trocas no XV, incluindo as entradas de François Trinh-Duc com a 10, Maxime Médard com a 15 e Louis Picamoles com a 8.

 

A Geórgia visitará Fiji de olho em encerrar invicta sua gira pelo Pacífico Sul, enquanto a Itália buscará terminar sua viagem à América do Norte com mais uma viagem, agora contra o Canadá, que quer o troco da derrota para os italianos na Copa do Mundo. Já os Estados Unidos recebem a Rússia e querem a vitória sem sustos. Por fim, pela Copa das Nações do Pacífico, Samoa e Tonga medirão forças em jogo crucial na luta por uma lugar na Copa do Mundo de 2019, já que a soma dos torneios de 2016 e 2017 vale como parte das Eliminatórias. Os dois times largaram com derrotas para Fiji.

 

Sexta-feira, dia 24 de junho

samoa copyversus copiartonga copy

23h00 – Samoa x Tonga, em Apia – Copa das Nações do Pacífico – WorldRugby.org AO VIVO

Árbitro: Pascal Gaüzère (França)

 

Samoa: 15 Malu Falaniko, 14 Faatoina Autagavaia, 13 Paul Perez, 12 Rey Lee Lo, 11 David Lemi (c), 10 Patrick Faapale, 9 Pele Cowley, 8 Alafoti Faosiliva, 7 Greg Foe, 5 Faatiga Lemalu, 4 Jeff Lepa, 3 Census Johnston, 2 Manu Leiataua, 1 Sakaria Taulafo.

Suplentes: 16 Seilala Lam, 17 Sam Aiono, 18 Viliamu Afatia, 19 Filo Paulo, 20 TJ Ioane, 21 Danny Tusitala, 22 D’Angelo Leuila, 23 Albert Nikoro

 

Tonga: 15 Tevita Halaifonua, 14 Otulea Katoa, 13 Apakuki Ma’afu, 12 Latiume Fosita, 11 Viliame Iongi, 10 Martin Naufahu, 9 Tane Takulua, 8 Sione Kalamafoni, 7 Jack Ram, 6 Nili Latu (c), 5 Uili Kolo’ofa’I, 4 Dan Faleafa, 3 Sila Puafisi, 2 Elvis Taione, 1 Sosefo Sakalia.

Suplentes: 16 Sione Angaelangi, 17 Eddie Aholelei, 18 Sione Faletau, 19 Opeti Fonua, 20 Sione Tau, 21 Wayne Ngaluafe, 22 Viliami Hakalo, 23 Daniel Kilioni

 

Histórico: 43 jogos, 24 vitórias de Samoa, 16 vitórias de Tonga e 3 empates. Último jogo: Samoa 18 x 18 Tonga, em 2014 (Copa das Nações do Pacífico);

 

Sábado, dia 25 de junho

fiji copyversus copiargeorgia copy copy copy copy

00h00 – Fiji x Geórgia, em Suva

Árbitro: JP Doyle (Inglaterra)

 

Fiji: 15 Benito Masilevu, 14 Savenaca Rawaca, 13 Adriu Delai, 12 Eroni Vasiteri, 11 Patrick Osborne, 10 Ben Volavola, 9 Nemia Kenatale, 8 Eremasi Radrodro, 7 Mosese Voka, 6 Naulia Dawai, 5 Tevita Cavubati, 4 Savenaca Tabakanalagi, 3 Taniela Koroi, 2 Sunia Koto (c), 1 Peni Ravai.

Suplentes: 16 Viliame Veikoso, 17 Campese Maáfu, 18 Mesake Doge, 19 Nemia Soqeta, 20 Malakai Ravulo, 21 Henry Seniloli, 22 Seremaia Bai, 23 Vereniki Goneva.

 

Geórgia: 15 Merab Kvirikashvili, 14 Giorgi Pruidze, 13 David Kacharava, 12 Merab Sharikadze, 11 Sandro Todua, 10 Lasha Khmaladze, 9 Giorgi Begadze, 8 Beka Bitsadze, 7 Giorgi Tkhilaishvili, 6 Shalva Sutiashvili (c), 5 Giorgi Nemsadze, 4 Giorgi Chkhaidze, 3 Irakli Mirtskhulava, 2 Jaba Bregvadze, 1 Karlen Asieshvili.

Suplentes: 16 Shalva Mamukashvili, 17 Zurab Zhvania, 18 Nikoloz Khatiashvili, 19 Nodar Cheishvili, 20 Lasha Lomidze, 21 Vazha Khutsishvili, 22 Lasha Malaghuradze, 23 Saba Shubitidze.

 

Histórico: 1 jogo e 1 vitória de Fiji. Último jogo: Geórgia 19 x 24 Fiji, em 2012 (amistoso);

 

all blacks logoversus copiargales

04h35 – Nova Zelândia x Gales, em Dunedin – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: Jérôme Garcès (França)

 

Nova Zelândia: 15 Israel Dagg, 14 Ben Smith, 13 George Moala, 12 Ryan Crotty, 11 Julian Savea, 10 Beauden Barrett, 9 Aaron Smith, 8 Kieran Read (c), 7 Sam Cane, 6 Elliot Dixon, 5 Sam Whitelock, 4 Brodie Retallick, 3 Charlie Faumuina, 2 Dane Coles, 1 Joe Moody.

Suplentes: 16 Codie Taylor, 17 Wyatt Crockett, 18 Ofa Tu’ungafasi, 19 Luke Romano, 20 Liam Squire, 21 Tawera Kerr-Barlow, 22 Lima Sopoaga, 23 Waisake Naholo.

 

Gales: 15 Rhys Patchell, 14 Liam Williams, 13 Jonathan Davies, 12 Jamie Roberts, 11 Hallam Amos, 10 Dan Biggar, 9 Rhys Webb, 8 Taulupe Faletau, 7 Sam Warburton (c), 6 Ross Moriarty, 5 Alun Wyn Jones, 4 Luke Charteris, 3 Tomas Francis, 2 Ken Owens, 1 Rob Evans.

Suplentes: 16 Scott Baldwin, 17 Aaron Jarvis, 18 Samson Lee, 19 Jake Ball, 20 Ellis Jenkins, 21 Gareth Davies, 22 Rhys Priestland, 23 Scott Williams

 

Histórico: 32 jogos, 29 vitórias da Nova Zelândia e 3 vitórias de Gales. Último jogo: Nova Zelândia 36 x 22 Gales, em 2016 (amistoso);

 

Wallabies copyversus copiarengland rugby

07h00 – Austrália x Inglaterra, em Sydney – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: Nigel Owens (Gales)

 

Austrália: 15 Israel Folau, 14 Dane Haylett-Petty, 13 Tevita Kuridrani, 12 Matt Toomua, 11 Rob Horne, 10 Bernard Foley, 9 Nick Phipps, 8 Sean McMahon, 7 Michael Hooper, 6 Scott Fardy, 5 Rob Simmons, 4 Will Skelton, 3 Sekope Kepu, 2 Stephen Moore (c), 1 James Slipper.

Suplentes (a definir): Tatafu Polota-Nau, Scott Sio, Greg Holmes, Adam Coleman, Dean Mumm, Wycliff Palu, Nick Frisby, Christian Leali’ifano, Taqele Naiyaravoro.

 

Inglaterra: 15 Mike Brown, 14 Anthony Watson, 13 Jonathan Joseph, 12 Owen Farrell, 11 Jack Nowell, 10 George Ford, 9 Ben Youngs, 8 Billy Vunipola, 7 Teimana Harrison, 6 Chris Robshaw, 5 George Kruis, 4 Maro Itoje, 3 Dan Cole, 2 Dylan Hartley (c), 1 Mako Vunipola.

Suplentes: 16 Jamie George, 17 Matt Mullan, 18 Paul Hill, 19 Joe Launchbury, 20 Courtney Lawes, 21 Jack Clifford, 22 Danny Care, 23 Elliot Daly

 

Histórico: 46 jogos, 25 vitórias da Austrália, 20 vitórias da Inglaterra e 1 empate. Último jogo: Austrália 07 x 23 Inglaterra, em 2016 (amistoso);

 

japão logo novo copiarversus copiarescocia logo

07h20 – Japão x Escócia, em Tóquio

Árbitro: Marius Mitrea (Itália)

 

Japão: 15 Riyika Matsuda, 14 Male Sau, 13 Tim Bennetts, 12 Harumichi Tatekawa, 11 Yasutaka Sasakura, 10 Yu Tamura, 9 Kaito Shigeno, 8 Amanaki Mafi, 7 Shokei Kin, 6 Hendrik Tui, 5 Naohiro Kotaki, 4 Hitoshi Ono, 3 Kensuke Hatakeyama, 2 Shota Horie (c), 1 Keita Inagaki.

Suplentes: 16 Takeshi Kizu, 17 Masataka Mikami, 18 Shinnosuke Kakinaga, 19 Kotaro Yatabe, 20 Ryu Koliniasi Holani, 21 Keisuke Uchida, 22 Kosei Ono, 23 Mifiposeti Paea.

 

Escócia: 15 Stuart Hogg, 14 Tommy Seymour, 13 Matt Scott, 12 Peter Horne, 11 Sean Maitland, 10 Ruaridh Jackson, 9 Henry Pyrgos (c), 8 Ryan Wilson, 7 John Barclay, 6 Josh Strauss, 5 Jonny Gray, 4 Richie Gray, 3 Moray Low, 2 Stuart McInally, 1 Rory Sutherland.

Suplentes: 16 Fraser Brown, 17 Gordon Reid, 18 Willem Nel, 19 Tim Swinson, 20 John Hardie, 21 Greig Laidlaw, 22 Huw Jones, 23 Sean Lamont

 

Histórico: 6 jogos e 6 vitórias da Escócia. Último jogo: Japão 13 x 26 Escócia, em 2016 (amistoso);

 

cvc julho 2016 horizontal

 

springboks logoversus copiarirlanda copy

12h00 – África do Sul x Irlanda, em Porto Elizabeth – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: Glen Jackson (Nova Zelândia)

 

África do Sul: 15 Willie le Roux, 14 Ruan Combrinck, 13 Lionel Mapoe, 12 Damian de Allende, 11 JP Pietersen, 10 Elton Jantjies, 9 Faf de Klerk, 8 Warren Whiteley, 7 Siya Kolisi, 6 Francois Louw, 5 Pieter-Steph du Toit, 4 Eben Etzebeth, 3 Frans Malherbe, 2 Adriaan Strauss (c), 1 Tendai Mtawarira.

Suplentes: 16 Bongi Mbonambi, 17 Steven Kitshoff, 18 Julian Redelinghuys, 19 Franco Mostert, 20 Jaco Kriel, 21 Rudy Paige, 22 Morne Steyn, 23 Lwazi Mvovo.

 

Irlanda: 15 Tiernan O’Halloran, 14 Andrew Trimble, 13 Stuart Olding, 12 Luke Marshall, 11 Keith Earls, 10 Paddy Jackson, 9 Conor Murray, 8 Jamie Heaslip, 7 Rhys Ruddock, 6 CJ Stander, 5 Devin Toner, 4 Iain Henderson, 3 Mike Ross, 2 Rory Best (c), 1 Jack McGrath.

Suplentes: 16 Richardt Strauss, 17 Finlay Bealham, 18 Tadhg Furlong, 19 Ultan Dillane, 20 Rhys Ruddock, 21 Eoin Reddan, 22 Ian Madigan, 23 Matt Healy.

 

Histórico: 24 jogos, 17 vitórias da África do Sul, 6 vitórias da Irlanda e 1 empate. Último jogo: África do Sul 32 x 26 Irlanda, em 2016 (amistoso);

 

portugal(1)versus copiarcatalunha

13h00 – Portugal x Catalunha, em Barcelona

 

UAR_copy_copy.jpgversus copiarFrança vermelho

15h10 – Argentina x França, em Tucumán – ESPN+ AO VIVO

Árbitro: Wayne Barnes (Inglaterra)

 

Argentina: 1- Nahuel Tetaz Chaparro, 2- Agustín Creevy (c), 3- Ramiro Herrera; 4- Guido Petti, 5- Tomás Lavanni; 6- Pablo Matera, 7- Javier Ortega Desio, 8- Facundo Isa; 9- Tomás Cubelli, 10- Nicolás Sánchez; 11- Manuel Montero, 12- Jerónimo de la Fuente, 13- Matías Moroni, 14- Santiago Cordero, 15- Joaquín Tuculet.

Suplentes: 16- Julián Montoya, 17- Santiago García Botta, 18- Enrique Pieretto, 19- Tomás Lezana, 20- Juan Manuel Leguizamón, 21- Martín Landajo, 22- Matías Orlando y 23- Lucas González Amorosino.

 

França: 1- Jefferson Poirot, 2- Rémi Bonfils, 3- Uini Atonio; 4- Julien Le Devedec, 5- Yoann Maestri; 6- Loann Goujon, 7- Kevin Gourdon, 8- Louis Picamoles; 9- Baptiste Serin, 10- François Trinh-Duc; 11- Djibril Camara, 12- Remi Lamerat, 13- Gaël Fickou, 14- Xavier Mignot, 15- Maxime Médard.

Suplentes: 16- Clément Maynadier, 17-Lucas Pointud, 18- Rabah Slimani, 19- Paul Jedrasiak, 20- Kelian Galletier, 21- Sébastien Bézy, 22- Jules Plisson y 23- Julien Rey.

 

Histórico: 49 jogos, 34 vitórias da França, 14 vitórias da Argentina e 1 empate. Último jogo: Argentina 30 x 19 França, em 2016 (amistoso);

 

estados unidosversus copiarrussia copy copy copy copy copy

23h00 – Estados Unidos x Rússia, em Sacramento

Árbitro: Mathew Carley (Inglaterra)

 

Estados Unidos: em breve

 

Rússia: em breve

 

Histórico: 6 jogos e 6 vitórias dos Estados Unidos. Último jogo: Rússia 07 x 28 Estados Unidos, em 2013 (amistoso);

 

Domingo, dia 26 de junho

canada copy copyversus copiaritalia copy copy

13h00 – Canadá x Itália, em Toronto

Árbitro: Alexandre Ruiz (França)

 

Canadá: em breve

 

Itália: 15 David Odiete, 14 Angelo Esposito, 13 Michele Campagnaro, 12 Tommaso Boni, 11 Giovanbattista Venditti, 10 Tommaso Allan, 9 Edoardo Gori (c), 8 Andries Van Schalkwyk, 7 Simone Favaro, 6 Maxime Mbanda’, 5 Marco Fuser, 4 Quintin Geldenhuys, 3 Lorenzo Cittadini, 2 Ornel Gega, 1 Andrea Lovotti.

Suplentes: 16 Tommaso D’Apice, 17 Sami Panico, 18 Pietro Ceccarelli, 19 Sebastian Negri Da Oleggio, 20 Jacopo Sarto, 21 Guglielmo Palazzani, 22 Carlo Canna, 23 Giulio Bisegni

 

Histórico: 8 jogos, 6 vitórias da Itália e 2 vitórias do Canadá. Último jogo: Itália 23 x 18 Canadá, em 2015 (Copa do Mundo);

 

*Horários de Brasília

 

Comentários