wembley saracens copy

Fim da novela! A Europa conheceu nesta quinta-feira a sua nova competição internacional de clubes: a Rugby Champions Cup, agora oficialmente anunciada. Após meses tensos de negociações, ameaças, rachas e falsos anúncios, o rugby europeu chegou a um acordo final sobre a competição que substituirá a atual Copa Europeia de Rugby (Heineken Cup) para a próxima temporada (2014-15). Já o nome Challenge Cup será mantido para a segunda competição do continente, também confirmada.

De acordo com o novo comprimisso firmado, a Champions Cup terá suas vagas distribuídas entre as três ligas profissionais do continente (Top 14, Premiership e PRO12), e não mais entre os países, como ocorria com a Heineken Cup. Os lucros também serão divididos igualmente entre as ligas, que os repassarão aos clubes participantes, com 1/3 indo para o Top 14, 1/3 para a Premiership e 1/3 para o PRO12. A organização da Champions Cup e da Challenge Cup caberá à recém-criada EPCR (European Professional Club Rugby), entidade regida pelas ligas e substituta da ERC, organizadora da Heineken Cup, que era representantes da uniões/federações nacionais.

Um novo acordo de TV também foi firmado, com a BT e a SKY dividindo os direitos de transmissão na Europa, com metade dos jogos da fase de grupos sendo exclusiva da BT e a outra metade exclusiva da SKY. Já o mata-mata será exibido por ambas. Isso significa que nada menos que 70 jogos da Champions Cup serão transmitidos ao vivo em 2014-15.

- Continua depois da publicidade -

A Champions Cup e a Challenge Cup de 2014-15 ainda não têm datas para a suas disputas, mas seguirão o calendáro atual, tendo início por volta de outubro, com a fase de grupos se encerrando em janeiro, sendo que as rodadas continuarão sendo divididas em 3 blocos de 2 finais de semana seguidos. O mata-mata ocorrerá após o Six Nations, nos meses de abril e maio. A grande final da Champions Cup 2014-15 ainda não teve local anunciado, mas poderá ser Milão, na Itália, que havia sido anunciada como sede para a final da Heineken Cup em 2015.

Tanto a Champions Cup como a Challenge Cup terão 20 equipes participantes, divididas em 5 grupos com 4 equipes cada. Apenas equipes de França, Inglaterra, Gales, Irlanda, Escócia e Itália participarão da Champions Cup, ao passo que a Challenge Cup terá duas vagas abertas para equipes de outros países. Antes do início da fase de grupos das duas competições, um terceiro torneio será realizado: o chamado Torneio Qualificatório, organizado pela FIRA-AER (Federação Europeia de Rugby), com a participação de equipes dos países que não participam do Six Nations, isto é, para equipes dos países do Europeu de Nações, como Geórgia, Romênia, Rússia, Espanha e Portugal. O Torneio Qualificatório contará também com equipes do Eccellenza italiano, o Campeonato Italiano, que representa o segundo escalão do país, abaixo do PRO12. O campeão e o vice do Torneio Qualificatório jogarão a Challenge Cup na mesma temporada, o que significa que o torneio deverá ser realizado entre o fim do primeiro semestre do ano e o início do segundo semestre. No total, serão 8 ou 12 equipes no Torneio Qualificatório, ainda a ser definido.

Federation Française de Rugby (FFR), Federazione Italiana Rugby (FIR), The Irish Rugby Football Union (IRFU), Ligue Nationale De Rugby (LNR), Premiership Rugby Ltd (PRL), Regional Rugby Wales Ltd (RRW), The Rugby Football Union (RFU), Scottish Rugby Union PLC (SRU) e The Welsh Rugby Union Ltd (WRU) foram as partes que chegaram ao acordo, válido por oito anos.

Confira como serão a Champions Cup e a Challenge Cup:

 

European Rugby Champions Cup 2014-15:

– 20 equipes, divididas em 5 grupos com 4 equipes cada;

– Os campeões de cada grupo e os 3 melhores segundos colocados avançarão ao mata-mata, com os duelos decididos em jogos únicos, na casa dos times de melhor campanha. A sede da grande final será neutra e previamente escolhida pela organização;

– Participantes: 6 primeiros do Top 14 francês, 6 primeiros da Premiership inglesa; 7 primeiros do PRO12 ítalo-celta; e 1 vaga a ser decidida pela fase Pré-Champions Cup;

– Pré-Champions Cup 2014: confronto entre o 7º colocado do Top 14 e o 7º colocado da Premiership, a ser realizado em maio. Ainda será definido se o confronto será em jogo único ou em ida e volta;

– Pré-Champions Cup a partir de 2015: mata-mata envolvendo o 7º colocado do Top 14, o 7º colocado da Premiership e o 8º e 9º colocados do PRO12. Na semifinal, os times de Top 14 e Premiership jogam em casa contra os times do PRO12. Na decisão da vaga, o local da partida será sorteado. As partidas da Pré-Champions Cup serão realizadas em maio, durante o período de mata-mata das ligas europeias;

– O clube campeão da Challenge Cup da temporada anterior NÃO terá mais vaga assegurada na Champions Cup da temporada seguinte. Contudo, caso o clube campeão da Challenge Cup não consiga vaga direta na Champions Cup pela sua classificação em sua liga, ganhará o direito de ocupar a vaga (ou uma das vagas) de sua liga na Pré-Champions Cup;

– As vagas do PRO12 serão distribuídas da seguinte maneira: 1 vaga para o melhor irlandês, 1 vaga para o melhor galês, 1 vaga para o melhor escocês, 1 vaga para o melhor italiano e 3 vagas diretas para os melhores times na classificação geral. As vagas na Pré-Champions Cup também serão destinados aos times seguintes de melhor campanha na classificação geral.

 

European Rugby Challenge Cup 2014-15:

– 20 equipes, divididas em 5 grupos com 4 equipes cada;

– Os campeões de cada grupo e os 3 melhores segundos colocados avançarão ao mata-mata, com os duelos decididos em jogos únicos, na casa do time de melhor campanha. A sede da grande final será neutra e ainda não foi oficializada;

– Participantes em 2014-15: o perdedor da Pré-Champions Cup, as 17 equipes de Top 14, Premiership e PRO12 que não se classificaram para a Champions Cup, e 2 equipes vindas do Torneio Qualificatório da FIRA-AER.