A Cidade do Cabo – Cape Town – receberá nesse fim de semana a segunda etapa da Série Mundial de Sevens masculina, com os melhores jogadores do mundo do seven-a-side desembarcando na África do Sul para fazerem ferver o sábado e o domingo na capital legislativa do país – afinal, a África do Sul tem 3 capitais, sendo Pretória a administrativa e Bloemfontein a judiciária.

Os jogos serão exibidos ao vivo pelo Facebook da competição.

A primeira etapa da temporada, em Dubai, foi promissora para os sul-africanos, que faturaram o título com estilo. Os Boks contaram com as voltas de Kwagga Smith e Seabelo Senatla, que voaram em campo. A África do Sul terá pela frente no Grupo A o Quênia, de Colins Injera, a França (que segue sem empolgar) e a fraca Rússia, em um grupo que parece tranquilo para os verdes. Os Boks terão seus maiores desafios no segundo dia e são os grandes favoritos ao título.

A Nova Zelândia está no Grupo B e mostrou uma forma animadora em Dubai, começando o novo trabalho do técnico Clark Laidlaw. Tim Mikkelson e Scott Curry deram confiança ao jovem grupo, que faturou o vice na primeira etapa. Junto dos All Blacks na chave estão a Austrália, seleção que mais tries marcou em Dubai, a Espanha, surpreendente, e o decepcionante Estados Unidos.

- Continua depois da publicidade -

A Inglaterra, do artilheiro de Dubai, Dan Norton, voou para o terceiro lugar e poderá sonhar com mais. No seu Grupo C, no entanto, haverá dois rivais chatos: Escócia e Argentina. E o time que completa o grupo é a convidada Uganda, do Solomon Okia, atleta que mais linhas quebrou na primeira etapa. Olho neles.

Por fim, Fiji encabeça o Grupo D depois de uma campanha discreta nos Emirados Árabes. Os fijianos terão como competidora Samoa, que renasceu no torneio passado, com o Canadá correndo por fora e Gales fechando a chave. A temporada está no começo e ainda veremos o melhor de cada time.

 

Cape Town Sevens – 2ª etapa da HSBC World Rugby Sevens Series – na Cidade do Cabo, África do Sul

Grupo A: África do Sul, Quênia, França e Rússia;

Grupo B: Nova Zelândia, Austrália, Espanha e Estados Unidos;

Grupo C: Inglaterra, Escócia, Argentina e Uganda;

Grupo D: Fiji, Samoa, Canadá e Gales;

 

Sábado, dia 09 de dezembro

Das 06h15 às 16h15 (horário de Brasília)

Samoa x Canadá

Fiji x Gales

Escócia x Argentina

Inglaterra x Uganda

Austrália x Espanha

Nova Zelândia x Estados Unidos

Quênia x França

África do Sul x Rússia

 

Samoa x Gales

Fiji x Canadá

Escócia x Uganda

Inglaterra x Argentina

Austrália x Estados Unidos

Nova Zelândia x Espanha

Quênia x Rússia

África do Sul x França

 

Canadá x Gales

Fiji x Samoa

Argentina x Uganda

Inglaterra x Escócia

Espanha x Estados Unidos

Nova Zelândia x Austrália

França x Rússia

África do Sul x Quênia

 

Domingo, dia 10 de dezembro

Das 06h36 às 16h10 (horário de Brasília)

Finais

 

SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
África do Sul18222171919151717151922
Fiji18015131222172222222213
Nova Zelândia15019221315131015131317
Austrália12313822171212519105
Inglaterra1221710101010131171519
Estados Unidos11711215822151281212
Argentina105519177191013258
Quênia10410310121019191083
Canadá765153572771015
Samoa591255133321231
Espanha567711271010110
Escócia551012105810522
França5381083818115
Gales493572553577
Rússia261151155151
- 15º colocado = rebaixamento;
PS: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.

Foto: Torcedores sul-africanos – World Rugby