Racing na ponta também no Top 14 francês

ARTIGO COM VÍDEOS – A Copa Europeia já definiu os seus finalistas, mas no Top 14 nada está decidido. Na primeira posição, três equipes empatadas em pontos: o Racing (1º) reina absoluto, classificado na Champions Cup e batendo o Oyonnax (13º) sem problemas, seguido por Toulouse (2º) que atropelou em casa o Pau (12º) e pelo instável Clermont (3º), que acumulou a quarta derrota em casa na temporada, dessa vez para o Montpellier (7º), causando muita preocupação para a torcida. O Toulon (4º), mesmo não apresentando um rugby excepcional, continua vivo nas duas competições, impondo-se em casa sobre o atual campeão Stade Français (11º), que no Top 14 não consegue jogar bem. No meio da tabela, o Brive (6º) segue firme como grande surpresa da competição, não tendo problemas para bater em casa o La Rochelle (9º), enquanto o Castres (8º) voltou a se mostrar um adversário perigoso, vencendo em casa o bom Bordeaux (5º). Mais na parte de baixo, o Grenoble (10º) viajou e não teve dificuldades para bater o lanterna Agen (14º).

 

Racing segue inabalável

Enquanto os outros gigantes europeus têm problemas, tanto no cenário nacional quanto europeu os parisienses seguem com uma temporada irrepreensível. O Racing está classificado na Champions Cup e não teve dificuldades para bater no Top 14 em casa o fraco Oyonnax por 26 a 3, conquistando o primeiro ponto bônus da temporada nacional e assumindo na liderança da competição. Apesar do placar elástico, o jogo não foi tão fácil, com os visitantes causando muitos problemas no scrum. Porém, isso não impediu os donos da casa de anotarem quatro tries, com o centro Henry Chavancy, o ponta Juan Imhoff, o asa Yannick Nyanga e o abertura Dan Carter que, ao contrário de outros grandes nomes do hemisfério sul, parece ter se adaptado automaticamente ao rugby europeu.
 

Na próxima rodada, o Racing viaja para os Alpes, onde tem a dura missão de bater o Grenoble, sempre muito forte em casa. O Oyonnax passou da grande revelação do ano passado para um sério candidato ao rebaixamento recebendo agora o Toulon.

 

Toulon vence e agrava situação do campeão Stade Français

Vivo na Champions Cup e praticamente eliminado do Top 14, esse é o balanço do Stade Français no ano, que foi derrotado mais uma vez na competição nacional, agora pelo Toulon, fora de casa por 23 a 16. O jogo, apesar de placar, foi bastante equilibrado, com o Stade Français pagando o preço pelo excesso de indisciplina em momentos chaves. A noite foi dos sul-africanos com o ponta Bryan Habana anotando para os donos da casa e o abertura Morné Steyn para os visitantes. O Toulon, com a vitória, segue vivo nas duas competições, apesar de ainda não ter atingido o volume do jogo da temporada passada, a equipe agora viaja para enfrentar o Oyonnax. O SF ocupa a 11º posição e tem de melhorar se não quiser chegar ao final da competição com risco de ser rebaixado, a equipe recebe o Brive na próxima rodada.

 

Toulouse concentra suas forças no Top 14

O Toulouse atropelou em casa o Pau por 54 a 3, mostrando para sua torcida que o vexame europeu (o time não conseguiu passar da fase de grupos da Champions Cup) ficou para trás e que a equipe agora irá focar todas as suas forças no Top 14. Os occitanos precisaram de apenas 17 minutos para fazer os três tries de diferença do ponto bônus, seguindo em ritmo forte e anotando oito vezes no total, com o fullback Maxime Médard fazendo um hat trick, acompanho pelo scrum half Sébastien Bézy (duas vezes), pelos pontas Paul Perez e Vincent Clerc, com o asa reserva Grégory Lamboley fechando o placar. A saída precoce do europeu coloca muita pressão nos jogadores do Toulouse que viajam para a costa atlântica enfrentar o La Rochelle, que costuma dar muito trabalho em casa. A derrota já era esperada pelo torcedores do Section Paloise que continua na estrada para enfrentar o Montpellier, em outra partida muito difícil.

 

Clermont afunda na crise

Depois de ser desclassificado da Copa Europeia em casa pelo Bordeaux na semana passada, o elenco amarelo mais uma vez foi batido em seus domínios, dessa vez pelo Montpellier por 19 a 15. A equipe que tem o recorde absoluto de 60 vitórias seguidas em seus domínios (em 2013) acumula a quarta derrota em casa na temporada (três pelo Top 14 e uma pelo europeu) fato inédito desde a criação do Top 14, mesmo ainda dividindo a liderança na competição a ausência de bons resultados em casa é suficiente para decepcionar a torcida. O jogo teve o domínio amplo dos visitantes que anotaram o único try do jogo com o ponta Marvin O’Connor. O Clermont agora viaja para enfrentar o Castres enquanto o Montpellier recebe o Section Paloise.

 

Brive continua a surpreender

O ascendente Brive bateu em casa o La Rochelle por 28 a 6 e terminou mais uma rodada entre os classificados para as finais. Os atlânticos lutaram muito, mas não conseguiram fazer frente ao jogo coletivo extremamente eficiente dos donos da casa, que anotaram o único try do jogo com o hooker reserva Karlen Asieshvili. O Brive agora se dirige para a capital enfrentar o Stade Français enquanto o La Rochelle volta para casa medir forças com o Toulouse.

 

Castres começa a sonhar com as finais

Depois de duas temporadas desastrosas, o Castres voltou a apresentar um rugby digno e já pode sonhar com uma vaga nas finais, conquistando uma vitória chave em casa diante de um rival direto, o Bordeaux, por 19 a 9. A partida não foi a melhor tecnicamente, com duas equipes inconstantes e indisciplinadas, no final os donos da casa e levaram a melhor, graças a um try do oitavo John Beattie, e ainda privaram o time da terra dos vinhos de um importante ponto bônus defensivo. O Castres se prepara para receber o Clermont precisando vencer para se colocar de vez entre os possíveis finalistas. A derrota dificulta a caminhada do Bordeaux, que recebe o fraquíssimo Agen, com qualquer resultado que não uma vitória bonificada sendo uma decepção.

 

Grenoble vence e afunda Agen

O recém-promovido Agen ainda não conseguiu entrar no ritmo da divisão de elite da França, ocupando a última posição o time foi batido em casa pelo Grenoble por 27 a 33. Os donos da casa anotaram dois tries, ambos de autoria do segundo centro Johann Sadia enquanto os visitantes colocaram a bola no chão três vezes, com o fullback Gio Aplon, com o hooker Arnaud Heguy e com o ponta Lucas Dupont. A oito pontos do 12º colocado o Agen afunda rapidamente tendo agora de bater o Bordeaux fora de casa, o Grenoble volta para casa enfrentar o Racing.

 

Clássico basco é destaque na Pro D2

Na segunda divisão, o destaque ficou por conta do clássico basco entre Bayonne e Biarritz, que terminou com triunfo do Bayonne, cada vez melhor e na briga pela promoção, ao contrário de seu histórico rival, ainda assombrado pela zona da degola. 16 x 13 fora de casa que mantiveram o Bayonne na terceira posição, dois pontos abaixo do Béziers, vice líder, derrotado pelo Aurillac nesta rodada, mas ainda bem distante do líder Lyon. Os Lobos venceram mais uma, 40 x 15 sobre o Mont de Marsan, e seguem imparáveis rumo à promoção.

 

Escrito por: Diego Gutierrez

 

Top 14 logo novo

Top 14 2015-16 – Campeonato Francês

Brive 28 x 6 La Rochelle

Clermont 15 x 19 Montpellier

Racing 26 x 3 Oyonnax

Castres 19 x 9 Bordeaux

Agen 27 x 33 Grenoble

Toulouse 54 x 3 Pau

Toulon 23 x 16 Stade Français

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Clermont Clermont-Ferrand 26 88
Toulon Toulon 26 82
Montpellier Montpellier 26 81
Racing Paris 26 81
Toulouse Toulouse 26 79
Castres Castres 26 71
Union Bordeaux-Bègles Bordeaux 26 67
Brive Brive 26 62
La Rochelle La Rochelle 26 54
Grenoble Grenoble 26 47
Pau Pau 26 46
Stade Français Paris 26 41
Agen Agen 26 26
Oyonnax Oyonnax 26 24

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

Pro D2 novo 2012

Pro D2 – 2ª Divisão do Campeonato Francês

Biarritz 13 x 16 Bayonne

Aurillac 24 x 10 Béziers

Dax 6 x 29 Colomiers

Albi 10 x 16 Montauban

Carcassonne 13 x 3 Provence

Perpignan 25 x 6 Bourgoin

Tarbes 16 x 20 Narbonne

Lyon 40 x 15 Mont de Marsan

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Lyon Lyon 30 117
Bayonne Bayonne 30 86
Aurillac Aurillac 30 81
Mont-de-Marsan Mont-de-Marsan 30 78
Colomiers Colomiers 30 78
Béziers Béziers 30 77
Perpignan Perpignan 30 73
Biarritz Biarritz 30 64
Bourgoin* Bourgoin-Jallieu 30 62
Albi Albi 30 62
Narbonne Narbonne 30 60
Montauban Montauban 30 58
Tarbes* Tarbes 30 53
Carcassonne Carcassonne 30 49
Dax Dax 30 48
Provence Aix-en-Provence 30 46
*Tarbes e Bourgoin penalizados com rebaixamento por problemas financeiros

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
– 1º lugar: promoção ao Top 14
– 2º ao 5º lugares: mata-mata de promoção ao Top 14
– 15º e 16º lugares: rebaixamento

Comentários