Saracens desfalcado é atropelado, mas segue líder da Premiership

ARTIGO COM VÍDEOS – Com o Six Nations rolando, os clubes ingleses que cederam jogadores para as seleções tiveram uma rodada complicada na Premiership. O campeonato inglês mais uma vez não parou para a rodada do europeu de seleções e a décima segunda rodada teve emoções de sobra. O líder Saracens foi surpreendido em casa pelo Wasps e sofreu uma derrota inédita no Allianz Park. Só não perdeu a ponta porque o Exeter Chiefs também perdeu – foi a Salford e não conseguiu passar pelo Sale Sharks.

 

O Leicester foi a Newcastle e também não conseguiu passar pelo time da casa, os Falcons. Já o Bath fez as pazes com a vitória ao ir para Worcester. Em Kingsholm, o Gloucester recebeu os Quins e os impediu de chegarem à ponta da tabela e o Northampton venceu os Exiles e os deixou na lanterna da competição.

 

 

Saracens passa vergonha diante de sua torcida em jogo contra o Wasps

 

Uma surpreendente apatia tomou conta do time londrino e seu arqui-rival não perdoou: impôs um vergonhoso placar ao Saracens em seu próprio estádio. Em 10 minutos, o Wasps já tinha anotado 3 tries e bastaram 27 minutos de jogo para o Wasps garantirem o bônus ofensivo na partida. Isso mesmo, 27 minutos para anotarem 4 tries na partida, na casa do adversário. E até o fim da partida, o Wasps anotou oito tries. Será que existe dois ponto bônus? Bem, claro que o Saracens jogou desfalcado. Em algumas posições, jogou com sua terceira opção de jogador. Em alguns casos, jogou com jogador remanejado, por exemplo, Marcelo Bosch começou jogando de fullback (muito mal, por sinal).

 

O primeiro tempo terminou 31 x 13 para os visitantes, um massacre para o Saracens que lidera o campeonato. A equipe londrina até que acordou na metade do primeiro tempo, mas em nenhum momento conseguiu parar ou sequer frear a equipe de Coventry que jogou quando e como quis na casa adversária. Destaque para Nathan Hughes que anotou dois tries e contribuiu para o massacre dos forwards. Além de Hughes, Charles Piutau e Dan Robson também anotaram doubles. Também anotaram tries para o Wasps, Jimmy Gopperth e Thomas Young. Para o Saracens, Samuela Vunisa e Jim Hamilton anotaram os tries de honra. Placar final: desastrosos 64 x 23 para o Wasps.

 

 

 

Exeter Chiefs perde para Sale Sharks e a chance de assumir a liderança

 

O Exeter perdeu a chance que tinha para assumir a ponta da tabela do campeonato, mas não conseguiu sobrepujar o Sale Sharks em Salford City. Com a vitória o Sale Sharks amplia sua série de vitórias em casa e segue subindo na tabela. O time da casa surpreendeu o visitante com três tries logo no primeiro tempo sem chances de reação para o Exeter o segurou até o fim do primeiro tempo, que terminou em vantagem de 17 x 0 para o time da casa. Já na segunda etapa, restou ao Sale Sharks manter a defesa firme para não permitir uma reação do combativo Exeter e administrar a vantagem já construída. E conseguiu. Com tries de Mike Haley, Johnny Leota e Neville Edwards, o Sale Sharks construiu o placar que lhe garantiu a vitória. Para Exeter, Jack Yeandle e Dave Lewis marcaram tries. Desta vez, Thomas Waldrom e James Short não anotaram. Além disso, James Short ainda foi amarelado e deixou sua equipe com um a menos por 10 minutos. Placar final: 23 x 17 para o Sale Sharks.

 

 

 

James Hook lidera Gloucester para a vitória contra Harlequins

 

O abertura galês conduziu magistralmente o Gloucester para a vitória nesta rodada frente ao Harlequins. Sim, os Quins estavam desfalcados com os vários jogadores cedidos aos selecionados europeus que disputam os torneios, mas isso não tira os méritos de Hook que anotou 18 pontos apenas no primeiro tempo para conduzir seu time à vitória. Já o time londrino, não conseguiu criar perigo para o time da casa que se defendeu tranquilamente sem problemas. Com tries de Hook, Steve McColl e Ben Morgan, o Gloucester venceu o Harlequins e se aproximou do sexto colocado, o Northampton Saints. Placar final: 28 x 6 para o Gloucester.

 

 

 

Newcastle vence Leicester e deixa a lanterna para o London Irish

 

Desde a temporada de 2008-09 que o Newcastle não vencia o Leicester. Nesta temporada, Wilko ainda jogava pelos Falcons e Dan Cole ainda era reserva nos Tigers. Kingston Park foi pequeno para a vitória dos Falcons nesta rodada. Um Leicester desfalcado por causa do Six Nations sim, mas também um Leicester que ainda não engrenou na temporada. Um Leicester que, apesar de ser grande e estar entre os primeiros na Premiership e na Champions Cup, perde jogos que poderia vencer e estar mais bem posicionado na competição. Os Falcons começaram o jogo surpreendendo e terminaram o primeiro tempo na frente com o placar de 20 x 9, sem reação para o Leicester. Ficando para a segunda etapa a tarefa de administrar a vantagem no placar. Marcaram tries na partda Simon Hammersley e Adam Powell para o Newcastle e para o Leicester, Laurence Pearce. Placar final: 26 x 14 para o Newcastle.

 

 

 

Northampton empurra London Irish para o fim da tabela

 

Northampton jogando em casa não é um time fácil. E jogando em casa contra um dos últimos colocados, mais difícil ainda. E os Saints não perdoou os Exiles. Jogando diante de sua torcida, venceu e convenceu com ponto bônus. O pack de forwards dos Saints era superior e muito ao dos Exiles e arrastou o scrum adversários várias vezes, dominando as jogadas e até anotando tries. As ações foram dominadas pelo time da casa, que não permitiu que o London Irish jogasse. Marcaram tries para o Northampton Saints Jamie Elliott, Lee Dickson, Alex Waller e James Craig, além do penalty-try marcado pelo árbitro. Para os Exiles, marcou David Paice. Placar final: Saints venceram por 35 x 7.

 

 

 

Bath reage, reverte placar e vira jogo pra cima do Worcester

 

O Bath parece estar refazendo as pazes com as vitórias. Voltou a vencer após 3 infortúnios seguidos nas últimas quatro rodadas – Bath ficou uma rodada sem jogar devido ao jogo adiado da Champions Cup na França. Após este jejum de vitórias, o Bath foi ao Sixways Stadium e bateu o Worcester após tomar um susto no primeiro tempo. O primeiro tempo foi dominado pelo time da casa que venceu a etapa, mas não conseguiu segurar a reação de Bath. Com o try de Jonathan Evans para o Bath, a virada no placar se passou e o Bath voltou para casa com uma vitória. Marcaram tries Cooper Vuna e Donncha O’Callaghan para o time da casa. Placar final: Bath 16 x 14.

 

 

 

Na ponta, Bristol e Doncaster vencem e Moseley deixa a lanterna na Championship

 

Na Championship, Bristol segue atropelando seus adversários. Nesta rodada a vítima foi o Ealing Trailfinders, que assumiu a lanterna da competição após a vitória do Moseley. Doncaster venceu o confronto com o terceiro colocado, o Yorkshire Carnegie e ampliou a vantagem. O Bedford, apesar de ter perdido na rodada, mantém a quarta colocação no torneio.

 

 

AvivaPremiershipLogo

 

Aviva Premiership – Campeonato Inglês

 

Newcastle Falcons 26 x 14 Leicester Tigers

 

Sale Sharks 23 x 17 Exeter Chiefs

 

Gloucester 28 x 6 Harlequins

 

Northampton Saints 35 x 7 London Irish

 

Worcester Warriors 14 x 16 Bath

 

Saracens 23 x 64 Wasps

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Saracens Londres 22 80
Exeter Chiefs Exeter 22 74
Wasps Coventry 22 72
Leicester Tigers Leicester 22 65
Northampton Saints Northampton 22 60
Sale Sharks Salford 22 58
Harlequins Londres 22 55
Gloucester Gloucester 22 49
Bath Bath 22 48
Worcester Warriors Worcester 22 35
Newcastle Falcons Newcastle 22 27
London Irish Reading 22 20

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º e 6º lugares = classificação à Champions Cup;
– 12º lugar = rebaixamento

 

 

GKIPA Championship

 

GKIPA Championship – 2a. Divisão Inglesa

 

Bristol 63 x 10 Ealing Trailfinders

 

London Welsh 22 x 18 Nottingham

 

Doncaster 34 x 28 Yorkshire Carnegie

 

Bedford 18 x 23 Jersey

 

London Scottish 21 x 10 Cornish Pirates

 

Moseley 16 x 11 Rotherham Titans

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Bristol Bristol 22 95
Doncaster Knights Doncaster 22 79
Yorkshire Carnegie Leeds 22 78
Bedford Blues Bedford 22 64
London Welsh Londres 22 58
Jersey Jersey 22 57
Nottingham Nottingham 22 56
London Scottish Londres 22 49
Cornish Pirates Penzance 22 48
Rotherham Titans Rotherham 22 38
Ealing Trailfinders Londres 22 37
Moseley Birmingham 22 26

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais;
– 12º lugar = rebaixamento

Comentários