Foto: World Rugby

O melhor do sevens mundial retornou! Nesse fim de semana, a Série Mundial de Sevens Masculina 2018-19 – que vale 4 vagas nos Jogos Olímpicos de 2020 – terá sua 3ª etapa (de um total de 10), com o palco da vez sendo a Nova Zelândia.

Hamilton, capital da província de Waikato e casa dos Chiefs, receberá os melhores do mundo, em um circuito que já se provou no fim de 2018 extremamente equilibrado. Afinal, a liderança está nas mãos dos Estados Unidos, que não venceram nenhum das primeiras etapas, mas estão sendo premiados pela regularidade.

Já Nova Zelândia e Fiji, campeões da 1ª e da 2ª etapas, respectivamente, estão na cola, com Inglaterra e África do Sul buscando reabilitação urgente – e o momento é agora.

O torneio terá transmissão ao vivo na íntegra no Facebook do circuito.

- Continua depois da publicidade -

 

O que esperar?

  • O Grupo A é encabeçado por Fiji, que trouxe de volta o craque Alasio Naduva, um dos destaques da temporada passada. O favoritismo fijiano terá a concorrência do bom time da Austrália (de John Porch, artilheiro da temporada) e da Argentina, que foi em xeque à Nova Zelândia após perder para o Chile em Punta del Este. Gales é no papel o mais fraco;
  • O Grupo B tem os Estados Unidos como destaque e com força máxima, depois de dois vices nas etapas anteriores. Olhos, lógico, para Perry Baker. Na cola, estará a Inglaterra, com Samoa correndo por fora e Tonga, a seleção convidada, fechando a chave;
  • A África do Sul encabeça o Grupo C como grande favorita, apostando em um elenco mesclado de jovens talentos, como Selvyn Davids, e veteranos, como o capitão Phil Snyman. Specman, lesionado, é a grande perda, mas os concorrentes Escócia, França e Quênia precisam melhorar muito em Hamilton para ameaçarem os Boks;
  • A Nova Zelândia é a grande força do Grupo D e, com o apoio da torcida, mira a liderança do circuito, contando com força máxima. Olhos para o jovem Knewstubb e para os veteranos líderes Mikkelson e Curry. A Espanha, surpresa do último torneio, é a segunda força, com o Canadá e o Japão buscando recuperação. Grupo tranquilo para os All Blacks Sevens;

 

HSBC Sevens World Series 2018-19 – Série Mundial de Sevens – 2ª etapa, na Cidade do Cabo, África do Sul

Grupo A: Fiji, Austrália, Argentina e Gales

Grupo B: Estados Unidos, Inglaterra, Samoa e Tonga

Grupo C: África do Sul, Escócia, França e Quênia

Grupo D: Nova Zelândia, Espanha, Canadá e Japão

 

*Horários de Brasília

Sexta-feira, dia 25 de janeiro / Sábado, dia 26 de janeiro

19h00 – Escócia x França

19h22 – África do Sul x Quênia

19h44 – Inglaterra x Samoa

20h06 – Estados Unidos x Tonga

20h30 – Austrália x Argentina

20h52 – Fiji x Gales

21h14 – Espanha x Canadá

21h36 – Nova Zelândia x Japão

 

22h48 – Escócia x Quênia

23h10 – África do Sul x França

23h32 – Inglaterra x Tonga

23h54 – Estados Unidos x Samoa

00h20 – Austrália x Gales

00h42 – Fiji x Argentina

01h04 – Espanha x Japão

01h26 – Nova Zelândia x Canadá

 

03h00 – França x Quênia

03h22 – África do Sul x Escócia

03h44 – Samoa x Tonga

04h06 – Estados Unidos x Inglaterra

04h30 – Argentina x Gales

04h52 – Fiji x Austrália

05h14 – Canadá x Japão

05h36 – Nova Zelândia x Espanha

 

Sábado, dia 26 de janeiro / Domingo, dia 27 de janeiro

19h00 – Quartas de final Challenge Trophy – 3º A x 4º D

19h22 – Quartas de final Challenge Trophy – 3º B x 4º C

19h44 – Quartas de final Challenge Trophy – 3º D x 4º A

20h06 – Quartas de final Challenge Trophy – 3º B x 4º C

20h36 – Quartas de final – 1º A x 2º D

20h58 – Quartas de final – 1º B x 2º C

21h20 – Quartas de final – 1º D x 2º A

21h42 – Quartas de final – 1º B x 2º C

 

22h10 – Semifinal pelo 13º lugar

22h32 – Semifinal pelo 13º lugar

23h54 – Semifinal pelo Challenge Trophy

23h16 – Semifinal pelo Challenge Trophy

 

00h26 – Semifinal pelo 5º lugar

00h48 – Semifinal pelo 5º lugar

01h16 – Semifinal pelo Ouro

01h38 – Semifinal pelo Ouro

02h00 – Decisão de 13º lugar

 

03h00 – Decisão do Challenge Trophy

03h26 – Decisão de 5º lugar

04h10 – Decisão de Bronze

05h10 – FINAL (Decisão de Ouro)

 SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
EUA1451919191922151715
Fiji1421322221512172219
Nova Zelândia1302215172217131212
África do Sul1211217151310221022
Inglaterra107171381713121017
Samoa878712319101513
Austrália8015101012108510
Argentina791085815101310
França7175210119198
Escócia6210101318587
Espanha475125107332
Canadá41551053715
Quênia2613715153
Gales2532152525
Japão2221171271
- 1ª ao 4º colocados = classificados aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020
- 15º colocado = rebaixamento;

Obs 1: Japão já está classificado aos Jogos Olímpicos;
Obs 2: Inglaterra, Gales e Escócia não disputam os Jogos Olímpicos, sendo representados pela Grã-Bretanha. A seleção inglesa foi designada para buscar a qualificação da Grã-Bretanha. Os resultados de Escócia e Gales não valerão para qualificar a seleção britânica;
Obs 3: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.