Que os Estados Unidos são a nova fronteira do rugby não é novidade para ninguém. O PRO14 já vem preparando a criação de uma franquia no país em um futuro próximo, enquanto os clubes americanos se organizam para o lançamento em 2018 da Major League Rugby, uma nova liga profissional do país.

Em escala menor, a Premiership inglesa realizou recentemente jogos nos Estados Unidos e a novidade da vez é o Super Rugby, que terá um jogo de pré temporada em 2018 em Los Angeles. O jogo foi ontem confirmado pela USA Rugby para o dia 3 de fevereiro e será o superclássico sul-africano entre Stormers e Bulls. A partir acontecerá em rodada dupla com o jogo dos Estados Unidos contra a Argentina XV pelo Americas Rugby Championship, no StubHub Center, o estádio do Los Angeles Galaxy do futebol, que será também o palco do rugby sevens nos Jogos Olímpicos de 2028.

 

Nova York e Toronto próximos da Major League Rugby

- Continua depois da publicidade -

No ano que vem, a Major League Rugby terá sua temporada inaugural com equipes baseadas nas cidades de Austin, Houston, New Orleans, San Diego, Seattle, Glendale/Denver e Salt Lake City. A primeira temporada ocorrerá entre abril e agosto de 2018, com datas a serem definidas ainda, mas já com um grande anúncio: a CBS Sports Network, importante rede de TV dos Estados Unidos, exibirá online a competição.

Para 2019, a MLR poderá se expandir de 7 para 9 (ou mais) equipes. Equipes baseadas em Nova York e Toronto já estão em negociações, o que levaria a liga à maior cidade norte-americana e ao Canadá.

 

Rugby League também quer Nova York

O outro rugby, o League, a modalidade rival de 13 jogadores, também está de olho no mercado da América do Norte e já saiu na frente com a criação de uma equipe em Toronto, o Wolfpack, que jogou – e foi campeão – da terceira divisão da Inglaterra em 2017, sendo promovido à segunda divisão para 2018. Com média de público de 7 mil torcedores, o Wolfpack se tornou neste ano um fenômeno que já fez acender o sinal de alerta no Union canadense. E o sucesso da equipe levou os vizinhos dos Estados Unidos quererem seguir os passos canadenses no rugby de 13 e uma equipe em Nova York poderá ser lançada em 2019 na terceira divisão inglesa.

O papo não é boato: um consórcio já submeteu à liga inglesa a proposta de criação da equipe.