ARTIGO COM VÍDEOS – O Super Rugby segue um mar de rosas para os neozelandeses, mas tortuoso para australianos e argentina. Após 9 rodada, apenas um time segue invicto, o poderoso Crusaders, que venceu mais uma. Já o Lions continua dono do grupo dos sul-africanos.

 

Crusaders implacáveis, Chiefs titubeantes

O Grupo Neozelandês tem Crusaders e Chiefs hoje nas duas primeiras posições, com os Hurricanes tendo folgado na rodada desse fim de semana. Mas, as histórias da vez foram bem distintas entre os dois gigantes.

- Continua depois da publicidade -

 

O Crusaders manteve sua liderança incontestável ao vencer na África do Sul os Cheetahs por 48 x 21. Foram 7 tries para os neozelandeses, que ainda tiveram o jovem George Bridge anotando um hat-trick (3 tries).

 

Já os Chiefs suaram para bater em casa o lanterna Sunwolves, 27 x 20. Os kiwis começaram tranquilos com 3 tries no primeiro tempo, mas viram os japoneses reagirem com galhardia na segunda etapa, com tries de Tanaka e Carpenter. Mas, Damian McKenzie cravou o try que garantiu a vitória dos Chiefs.

 

Má fase perigosa para Stormers e Jaguares

Outro neozelandês que foi muito bem na rodada foi o Highlanders que recebeu o Stormers e aplicou uma verdadeira pancada nos sul-africanos, que acumulou mais uma derrota expressiva e já vê sua classificação à próxima fase sob ameaça. Foram recordes 57 x 14 para o time de Dunedin, que brilhou com 9 tries. Destaques para as dobradinhas de tries de Naholo e Osborne.

 

Com a derrota, o time do Cabo caiu para o terceiro lugar da chave sul-africana, sendo ultrapassado pelo Sharks, que conquistou uma crucial vitória fora de casa sobre o concorrente direto à classificação, o Jaguares, em plena Argentina. 33 x 25 para os Tubarões, no jogo que marcava a volta dos argentinos a Buenos Aires, fazendo os Jaguares olharem à distância a zona de classificação ao mata-mata. O primeiro tempo foi de 2 tries para cada lado, com Tuculet e Orlando fazendo para os donos da casa e Van der Walt e Oosthuizen marcando para os visitantes. O pack sul-africano mostrou seu poderio e o Sharks garantiu o triunfo graças ao terceiro try, pelas mãos de Thomas Du Toit, e pelos pés de Curwin Bosch, enquanto Ezcurra marcou o try que deu esperanças à reação argentina, aos 63′, mas que não se concretizou.

 

Lions e Kings decolam

A liderança entre os sul-africanos é do Lions, que fez 24 x 15 fora de casa para cima dos Force. Jogo duro em Perth, com os australianos, mesmo sem fazer tries, mantendo o placar apertado pelos pés de Ian Prior. Mapoe, Skosan e Jantjes, no lance final, fizeram os tries que deram o bônus aos Leões.

 

Contudo, a grande sensação do momento na África do Sul é o Kings, que finalmente vive uma boa temporada, brigando agora com realismo pela classificação. O time de Porto Elizabeth recebeu os australianos do Rebels e passaram com tudo pelo adversário, que vive dura crise. 44 x 03, com direito a 6 tries dos donos da casa, mostrando qualidade na linha. Com o resultado, o Kings ultrapassou na classificação o Bulls, que folgou na rodada.

 

Waratahs vence clássico aussie e Brumbies lamenta

O único australiano que venceu foi o Waratahs, o que só ocorreu porque o time de Sydney venceu o clássico nacional contra o Reds, 29 x 26. O jogo foi em Brisbane, na casa dos Reds, que fizeram mais com a bola em mãos do que os ‘Tahs, guardando 4 tries contra 2 do rival. Porém, a indisciplina custou cara para o time de Queensland e Bernard Foley assegurou a vitória dos visitantes na base dos penais, chutando o empate aos 73’ e a virada no minuto final.

 

O melhor (ou menos pior) entre os australianos é o Brumbies, mas o time da capital Canberra perdeu em casa para o pior dos neozelandeses, o Blues, por 18 x 12, agravando ainda mais a crise da Austrália no rugby. Foram 3 tries sem resposta a favor do time de Auckland, com Duffie, Akira Ioane e Nanai, mantendo os azuis sonhando com a classificação.

 

Super Rugby logo

Super Rugby – Liga do Hemisfério Sul

Highlanders 57 x 14 Stormers

Chiefs 27 x 20 Sunwolves

Reds 26 x 29 Waratahs

Force 15 x 24 Lions

Cheetahs 21 x 48 Crusaders

Kings 44 x 03 Rebels

Jaguares 25 x 33 Sharks

Brumbies 12 x 18 Blues

 

EquipeConferência*PaísCidadeJogosPontos
Grupo Australásia
CrusadersNeozelandesaNova ZelândiaChristchurch1563
HurricanesNeozelandesaNova ZelândiaWellington1558
ChiefsNeozelandesaNova ZelândiaHamilton1557
HighlandersNeozelandesaNova ZelândiaDunedin1551
BluesNeozelandesaNova ZelândiaAuckland1537
BrumbiesAustralianaAustráliaCanberra1534
ForceAustralianaAustráliaPerth1526
RedsAustralianaAustráliaBrisbane1521
WaratahsAustralianaAustráliaSydney1519
RebelsAustralianaAustráliaMelbourne1509
Grupo África do Sul
LionsÁfrica 2África do SulJoanesburgo1565
StormersÁfrica 1África do SulCidade do Cabo1543
SharksÁfrica 2África do SulDurban1542
JaguaresÁfrica 2ArgentinaBuenos Aires1533
KingsÁfrica 2África do SulPorto Elizabeth1528
CheetahsÁfrica 1África do SulBloemfontein1521
BullsÁfrica 1África do SulPretória1520
SunwolvesÁfrica 1JapãoTóquio1512
- Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Vencer marcando 3 ou mais tries que o oponente = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

Classificam-se às quartas de final:
- o 1º colocado de cada uma das 4 conferências*;
- mais três equipes de melhor campanha no Grupo Australásia;
- mais a equipe de melhor campanha no Grupo África do Sul;

 

Próxima rodada

Dia 05/05: Hurricanes x Stormers

Dia 05/05: Cheetahs x Highlanders

Dia 06/05: Rebels x Lions

Dia 06/05: Chiefs x Reds

Dia 06/05: Waratahs x Blues

Dia 06/05: Sharks x Force

Dia 06/05: Bulls x Crusaders

Dia 06/05: Jaguares x Sunwolves

 

Foto: Jaguares – Daniel SALVATORI