ARTIGO COM VÍDEOS – O primeiro sábado de agosto foi movimentado com 3 jogos internacionais entre seleções, todos valendo pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019.

Nas Ilhas Cook, a seleção da casa recebeu o Taiti no jogo único da edição 2017 da Copa da Oceania, a competição que ocorre apenas de 2 em 2 anos entre as seleções menores da Oceania. A competição prometia muito por valer pelas Eliminatórias, mas a desistência da favorita Papua Nova Guiné em cima da hora e a não inscrição de países como Ilhas Salomão, Vanuatu e Samoa Americana fez com que o torneio tivesse apenas dois concorrentes. A surpresa, ao menos, deu o ar da graça, e a favorita Ilhas Cook pela primeira vez em sua história foi derrotada pelo Taiti, que, apesar de ser um território francês e de contar com atletas atuando no rugby da França, não tem tradição no rugby internacionais. Os taitianos mostraram que estão prontos para mudarem a história e fizeram 13 x 09 sobre os vizinhos, conquistando título inédito.

Com a taça, o Taiti enfrentará agora o campeão do Campeonato Asiático de 2018 na Repescagem das Eliminatórias no ano que vem.

Já na África, o dia foi de encerramento da primeira divisão continental, que já havia conhecido na semana passada sua campeã, a Namíbia. As atenções agora estavam sobre Tunísia e Senegal, que se enfrentaram definindo o rebaixado. A Tunísia fez valer o mando de jogo, fez 26 x 18, e tirou os senegaleses da briga pela Copa do Mundo de 2019, já que a Copa da África de 2018 valerá como a decisão das Eliminatórias. Por fim, Uganda assegurou o terceiro lugar geral vencendo bem o Zimbábue por 38 x 12 no outro duelo.

- Continua depois da publicidade -

 

Copa da Oceania

Final

cook islands copy09versus copiar13

Ilhas Cook 09 x 13 Taiti, em Avarua

 

Copa da África – Taça Ouro – 1ª divisão

26versus copiar18

Tunísia 26 x 18 Senegal, em Monastir

 

38versus copiar12Zimbábue copy

Uganda 38 x 12 Zimbábue, em Kampala

EquipeJPts
Namíbia525
Quênia518
Uganda516
Tunísia58
Zimbábue57
Senegal52