ARTIGO COM VÍDEOS – A Top League japonesa tem seus semifinalistas! A batalha travada entre Shining Arcs, Steelers, Verblitz e Brave Lupus durante boa parte da temporada regular chegou na última rodada com estes dois últimos ainda vivos na disputa. A equipe de Toyota só dependia de si e recebeu os vermelhos de Kobe, já fora da disputa.

O duelo entre Toyota Verblitz e Kobelco Steelers teve seu placar aberto após formação de maul bem sucedida realizada pelo time da casa, Yoshikatsu Hikosaka apoiou a oval no ingoal, Ryota Kabashima converteu. Aos 13 minutos, o placar foi ampliado com try de Jason Jenkins, também convertido. Em seguida, Daiki Hashimoto respondeu para a equipe de kobe com try bem trabalhado pela equipe de Kobe, mas pouco tempo depois o placar dilatou em favor do Verblitz. Seiyu Kohara acabava de marcar mais um try quando em uma saída de bola da defesa, Isileli Nakajima passou como um trator quebrando vários tackles com seu forte handoff, porém executou uma infeliz troca de passes, deixando a bola para o time adversário. O ponta Henry Jamie carregou a pelota até o ingoal para mais um try.

Os Steelers estavam oferecendo uma descomunal resistência ao time da casa. A equipe de Kobe ainda marcou mais dois tries na primeira etapa,um oriundo de um lateral bem cobrado finalizado por Ryohei Yamanaka e o último do primeiro tempo feito por Takeshi Kizu, ambos convertidos por Codey Rei.

No reinício para os últimos 40 minutos, sendo 10 deles de placar inalterado, Ryota Kabashima acertou o penal que computou 32 pontos da equipe de Toyota contra 19 dos visitantes. Um cartão amarelo para Kitagawa deixou o time da casa em uma situação complicada, já que nos 10 minutos da ausência do pilar, dois tries foram sofridos, um penal try instantaneamente após o lance de seu sin bin e outro instantes antes de seu retorno ao gramado, quando chegaram a ter apenas 13 atletas em campo, já que Himeno Kazuki também foi amarelado.

- Continua depois da publicidade -

O desfecho deste certame reservou muitas emoções. Codey Rei colocou o Kobelco Steelers a frente do placar após cobrança de penal. Nesta altura o placar marcava 33 a 32. Nos instantes finais da partida, ainda sobrou tempo para um try do craque Lionel Cronje, qua aproveitou do erro da defesa para trazer emoção aos quase 6 mil torcedores presentes no Paloma Mizuho Stadium. A partida terminou em 39 a 33, e os Verblitz da Toyota estão de volta a uma semifinal após seis anos.

 

Os outros doze

As diferenças entre os grupos A e B ficaram bastante claras com o fim da primeira fase. O lanterna grupo A, os Liners, venceram os Red Sparks por 36 a 20 e conquistaram mais pontos que os dois últimos do Grupo B somados, já que os Blues de Munakata também saíram derrotados pelos Shuttles por 17 a 15.

Os Red Hurricanes fizeram uma boa campanha e foram traídos pelo regulamento. Disputarão o quadrangular do rebaixamento por terem terminado em sétimo lugar no seu respectivo grupo, mesmo vencendo os Rockets por 16 a 13. O mais curioso é que as duas equipes tiveram campanhas idênticas, mas os verdes estão na quarta colocação do grupo B.


Os líderes absolutos venceram bem seus jogos. O Sungoliath tirou do Toshiba Brave Lupus quaisquer expectativas de qualificação. A equipe de Michael Leitch precisava vencer e ainda contavam com a derrota dos Verblitz, nada disso aconteceu derrota por 24 a 28. Já os Wild Knights atropelaram a forte equipe do Júbilo com força total no elenco e em pleno o Yamaha Stadium. O placar desta partida foi mais elástico, 44 a 19.


Dos que já não lutavam por muita coisa, Black Rams venceram os Eagles por 40 a 24. As águias ainda não estão 100% livres do rebaixamento e enfrentarão a respeitosa equipe dos Spears na próxima fase. O Kubota Spears bateu o NTT Shining Arcs por 23 a 17.



 

Como anda a segundona?

O Honda Heat está de volta a Top League! Após derrotar o Hino Red Dolphins por 55 a 10. Ao todo 8 tries foram marcados pelos campeões da Top Challenge League. sendo três deles marcados pelo sunwolf Lomano Lemeki. Além dos Dolphins, Dynaboars e Kyuden Voltex seguem na briga pelas vagas dos outros três piores classificados da Top League.

 

Top League copy copy

Top League – Campeonato Japonês

Liners 36 x 20 Red Sparks

Sungoliath 28 x 24 Brave Lupus

Spears 23 x 17 Shining Arcs

Verblitz 39 x 33 Steelers

Green Rockets 13 x 16 Red Hurricanes

Jubilo 19 x 44 Wild Knights

Blues 15 x 17 Shuttles

Black Rams 40 x 24 Eagles

ClubePrefeituraJogosPontos
Grupo A
Suntory SungoliathTóquio1355
Toyota VerblitzToyota1346
Toshiba Brave LupusTóquio1339
Kobelco SteelersKobe1337
NTT Shining ArcsChiba1331
Kubota SpearsChiba1326
NTT-Docomo Red HurricanesOsaka1326
Kintetsu LinersOsaka1317
Grupo B
Panasonic Wild KnightsGunma1363
Yamaha JubiloShizuoka1346
Ricoh Black RamsTóquio1343
NEC Green RocketsChiba1326
Canon EaglesTóquio1320
Toyota Industries ShuttlesNagoya1311
Munakata Sanix BluesMunakata 138
Coca-Cola West Red SparksFukuoka133
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1º e 2º colocados de cada grupo vão às semifinais;

 

Semifinais – dia 6 de janeiro

Panasonic Wild Knights x Toyota Verblitz

Suntory Sungoliath x Yamaha Jubilo

 

Repescagens contra o Rebaixamento – dia 6 de janeiro

NTT-Docomo Red Hurricanes x Coca-Cola Red Sparks

Munakata Sanix Blues x Kintetsu Liners

 

Foto: Toyota Verblitz x Kobelco Steelers – Toyota Verblitz