Uruguai passa pelo Paraguai e garante vaga na Sudamérica Rugby Cup

ARTIGO COM VÍDEO – Paraguai e Uruguai se encararam pela segunda rodada do Campeonato Sul-Americano neste sábado, em jogo realizado em Assunção, no Paraguai. A partida começou um pouco antes do empate em 20 x 20 entre Brasil e Chile e coroou os uruguaios com uma tranquila vitória por 60 x 15, que assegurou no mínimo o vice campeonato aos Teros e a classificação para a Sudamérica Rugby Cup de 2017.

 

Apesar do placar final, o jogo começou complicado para os visitantes. Depois de Alvarenga e Secco trocarem penais e o Paraguai exerceu grande pressão nos rucks, quem saiu na frente foi o Uruguai, com Campomar finalizando boa jogada de passes e fases rápidas. Mas, o Paraguai cresceu quando ainda tinha físico, exerceu muito mais pressão no breakdown que o Brasil na semana passada e anotou dois tries em sequência, virando o placar para 15 x 8, com Glitz e Bareiro. O Uruguai não tardou a se recompor e na base do jogo curto o asa Campomar fez seu segundo try na partida no lance final antes do intervalo, deixando o marcador em 15 x 15.

 

O segundo tempo foi completamente diferente. Os Yakarés ainda voltaram equilibrado brevemente as ações, mas em jogada em velocidade Daverio devolveu a frente aos Teros, que não mais largaram a liderança do marcador. Os donos da casa não conseguiram mais aguentar o ritmo imposto pelos Teros e o quarto try saiu logo, com Freitas fazendo o try em cobrança rápida de lateral. Daverio ainda faria mais um e, na sequência, Campomar completou seu hat-trick em jogada a partir de lateral. Ainda havia tempo para mais e Nieto, Bascou e Kessler cruzaram o in-goal nos minutos finais, fechando o placar em 60 x 15 para os uruguaios.

 

No próximo sábado, o Uruguai receberá o Chile, valendo o título, enquanto o Paraguai irá receber o Brasil em jogo que vale a fuga da lanterna para ambos.

 

sudamerica rugby logo2

Campeonato Sul-Americano

paraguai copy15versus copiar60uru novo copy copy

Paraguai 15 x 60 Uruguai, em Assunção

Árbitro: Henrique Platais (Brasil) / Assistentes: Mauricio Escalante e Diego Colussi (Argentina)

 

Paraguai

Tries: Gletz e Bareiro

Conversões: Alvarenga (1)

Penais: Alvarenga (1)

1) Emilio Gorostiaga, 2) Omar Rojas y 3) Alvaro Rojas; 4) Alejandro Montiel y 5) Carlos Plat; 6) Miguel Jara, 7) Juan Martín Ortiz (capitán) y 8) Leonardo Glizt; 9) Gonzalo Bareiro y 10) Gerard Cuttier; 11) Sergio Alvarenga, 12) Mateo Arevalo, 13) Carlos Bareiro, 14) Diego Argaña; 15) Rodrigo Da Rosa.

Suplentes: 16) Juan Gavigán, 17) Juan Inglés, 18) Enrique Cañiza, 19) Alvaro Báez, 20) Horacio Ocampos, 21) Eymard Brizuela, 12) Manuel Careaga y 23) Pablo Espínola.

 

Uruguai

Tries: Campomar (3), Daverio (2), Freitas, Nieto, Bascou e Kessler

Conversões: Secco (6)

Penais: Secco (1)

1) Ignacio Secco, Germán Kessler y 3) Carlos Arboleya; 4) Ignacio Dotti y 5) Diego Ayala; 6) Joaquín Dell’Acqua, 7) Gonzalo Campomar, 8) Alejandro Nieto (capitán); 9) Guillermo Lijteinstein y 10) Marín Secco; 11) Santiago Martínez; 12) Nicolás Freitas, 13) Joaquín Prada, 14) Mauro Daverio, 15) Rodrigo Silva.

Suplentes: 16) Facundo Gattas 17) Diego Arbelo 18) Rafael Mones, 19) Gonzalo Soto, 20) Fernando Bascou, 21) Facundo Klappenbach, 22) Mateo Tortorella, 23) Marcos Brovetto.

 

Seleção P J V E D PP PC SP
Uruguai 9 3 3 0 0 135 43 92
Chile 4 3 1 1 1 102 66 36
Brasil 4 3 1 1 1 66 77 -11
Paraguai 0 3 0 0 3 43 160 -117

– Vitória = 3 pontos;
– Empate = 1 ponto;
– Derrota = 0 pontos;

– Os 2 primeiros colocados garantem vaga para enfrentar a Argentina na Sudamérica Rugby Cup de 2017

 

Holanda e Ucrânia somam vitórias no Europeu de Nações

Na Europa, o sábado foi de quatro partidas pelas divisões inferiores do Europeu de Nações. O resultado de maior impacto veio da 1ª Divisão B, o chamado “Six Nations C”, com a Holanda atropelando a Polônia por 40 x 16, em jogo de 6 tries para a Laranja e apenas 2 para os poloneses. Os holandeses seguem no penúltimo lugar, mas com 2 jogos a menos que a quarta colocada Polônia.

 

Já a terceira colocada Ucrânia venceu a rebaixada Suécia por 23 x 10, impondo a 9 derrota sem bônus em 9 jogos aos suecos. Com a vitória não muito convincente os ucranianos se igualaram na classificação à Moldávia.

 

Pela 2ª Divisão C, a 5ª divisão do Europeu de Nações (e 6ª da Europa, se considerado o Six Nations principal), Luxemburgo deu um passo decisivo rumo ao título e à promoção derrotando fora de casa a lanterna Dinamarca por 19 x 14. Os dinamarqueses não estão rebaixados porque na próxima temporada haverá mudanças na competição, com a fusão da 2ª Divisão C com a 2ª Divisão D. E enquanto isso, justamente pela 2ª Divisão D, a Turquia afastou o perigo de rebaixamento ao vencer em casa a Noruega por 21 x 7.

 

rugby europe copy

1ª Divisão B do Europeu de Nações – 2ª divisão da Rugby Europe

Holanda 40 x 16 Polônia, em Amsterdã

Ucrânia 23 x 10 Suécia, em Kiev

 

Seleção Jogos 2014-16 Pontos 2015-16 Pontos 2014-16
Bélgica 10 19 41
Ucrânia 10 23 36
Moldávia 10 11 27
Holanda 10 11 22
Polônia 10 08 18
Suécia 10 01 01

 

2ª Divisão C do Europeu de Nações – 5ª divisão da Rugby Europe

Dinamarca 14 x 19 Luxemburgo, em Odense

 

Seleção Jogos 2014-16 Pontos 2015-16 Pontos 2014-16
Luxemburgo 8 20 36
Eslovênia 8 14 28
Sérvia 8 10 18
Áustria 8 05 11
Dinamarca 8 05 08

 

2ª Divisão D do Europeu de Nações – 6ª divisão da Rugby Europe

Turquia 21 x 07 Noruega, em Antalya

 

Seleção Jogos Pontos 2015-16 Pontos 2014-16
Bósnia-Herzegóvina 8 18 36
Noruega 8 13 19
Turquia 8 16 17
Finlândia 8 06 14
Bulgária 8 07 12

 

Pontapé inicial para a elite do Campeonato Asiático

Na Ásia, o sábado foi especial, com a largada para o Top 3 do Asia Rugby Championship, a primeira divisão do Campeonato Asiático, com o clássico entre Japão (desfalcado dos atletas que atuam no Super Rugby e na Europa) e Coreia do Sul. O resultado foi um atropelo dos japoneses, que dominaram por completo os tradicionais rivais e aplicaram sonoros 85 x 0, provando que não têm competição no continente. No próximo final de semana, o Japão irá visitar Hong Kong. Os três países se enfrentam em jogos de ida e volta ao longo de seis finais de semana seguidos e quem terminar na última colocação terá que enfrentar o campeão da segunda divisão em repescagem.

 

Além do Top 3, a Ásia viveu um momento histórico pela sua quarta divisão, com a Arábia Saudita fazendo a primeira partida de sua história no XV. Os sauditas, no entanto, não resistiram à força e maior experiência da Jordânia e foram derrotados por 43 x 13. Com a desistência da Síria, a vitória foi o bastante para dar o título do Grupo Oeste aos jordanianos.

 

asia rugby logo

Asia Rugby Championship Top 3 – Campeonato Asiático

Japão 85 x 00 Coreia, em Yokohama

Seleção Jogos Pontos
Japão 4 20
Hong Kong 3 05
Coreia do Sul 3 02

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 4 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

 

Asia Rugby Championship Division 3 Central-West – 4ª Divisão do Campeonato Asiático – Grupo Oeste

Jordânia 43 x 13 Arábia Saudita, em Amã

 

Amistosos

Lesoto 05 x 41 Botsuana, em Maseru

Ilhas Turks e Caicos 41 x 10 Curaçao, em Santo Domingo

República Dominicana 32 x 12 Curaçao, em Santo Domingo

Comentários