Western Force duelando com Hong Kong neste ano. Foto: Force

O World Rugby já aprovou e a Rugby Australia também. Anunciada originalmente como Indo-Pacific Rugby Championship e sem maiores informações ao longo do último ano, uma nova liga na Ásia e Oceania terá início em março de 2019: World Series Rugby (WSR).

Liderada pelo bilionário australiano Andrew Forrest, a WSR nasce como resposta do Western Force (equipe de Perth, do extremo oeste da Austrália) à sua exclusão do Super Rugby. Após uma inicial tensão com a Rugby Australia (a federação australiana), a nova liga está ganhando cara.

Segundo revelado na última semana, a WSR (que hoje é o nome apenas de uma série de amistosos que o Force realizou no primeiro semestre) contará com nada menos que 8 franquias.

Além do Force, jogarão a competição uma segunda equipe australiana representando Western Sydney (o Oeste de Sydney), uma equipe neozelandesa (provavelmente baseada em Auckland), dois times japoneses (a serem revelados, mas provavelmente oriundos da Top League), um time de Hong Kong, um de Singapura e um de Fiji. Com isso, o profissionalismo desembarcar de vez em novos países, dando corpo ao desenvolvimento do rugby asiático.

- Continua depois da publicidade -

Com isso, a competição será paralela ao Super Rugby, de março a junho, tendo um total de 14 rodadas. A liga será independentes, gerida por um comitê que terá Forrest como presidente, junto de representantes dos times participantes.