Sábado é dia de Tupis! Amanhã, a Seleção Brasileira de Rugby entra em campo no Chile, onde enfrenta a seleção da casa pela abertura do Americas Rugby Championship 2018! Jogo novamente no Estádio de La Pintana, com transmissão da ESPN – e com TMO disponível!.

Tupis (28ºs do Ranking mundial) e Cóndores (24ºs) já fazem um verdadeiro clássico regional, com grande equilíbrio entre as duas seleções desde que o Brasil quebrou o jejum e derrotou os chilenos em Barueri em 2014. Após aquela vitória, foram outros 5 duelos, com 3 vitórias chilenas, 1 brasileira (no ano passado, pelo ARC, por 17 x 03, no Pacaembu) e 1 empate (também no Pacaembu). A primeira barreira foi quebrada, mas há ainda um tabu: jamais o Brasil venceu os Cóndores no Chile. O último jogo entre os dois países, pelo Sul-Americano de 2017, foi em La Pintana e os chilenos venceram por 15 x 10.

Para a abertura do ARC, o técnico do Brasil, Rodolfo Ambrosio, não contará com alguns nomes importantes, como Daniel Sancery (lesionado), Stefano, Tanque e Ige. O XV titular contará com 10 dos 15 atletas que entraram em campo contra os chilenos pelo Sul-Americano. Já na comparação com o último time brasileiro que entrou em campo em 2017, contra a Espanha, apenas 8 atletas dos 15 iniciais foram escalados para o duelo com os Cóndores.

Ambrosio apostou em mudanças na primeira linha, com Abud e Jardel fazendo a dupla de pilares, ambos trazendo muita experiência, ao passo que Yan volta a ser titular e como capitão. A segunda linha será de Bruxinho e Paganini, a mesma do jogo com a Alemanha e do último jogo com o Chile. A terceira linha foi mantida com relação ao compromisso na Espanha, tendo Gelado e Bergo nas asas e Buda dando a potência com a camisa 8, em uma formação que tende a dar muita qualidade ao breakdown brasileiro.

- Continua depois da publicidade -

A dupla de scrum-half e abertura é nova, com Laurent sendo o escolhido para vestir a 9, depois de ficar de fora da gira pela Europa no ano passado. O franco-brasileiro jogará ao lado de Josh Reeves, sempre importante no jogo de chutes – é a dupla do Band Saracens. Moisés vestirá a camisa 12 fazendo uma dupla de qualidade com Josh, unindo dois bons chutadores, um passador (Josh) e um carregador de bola (Moisés). Felipe Sancery segue com a 13, sendo arma letal, enquanto De Wet e Muller serão os finalizadores nas pontas. A novidade é Zé com a camisa 15, que foi muitas vezes dele antes de Daniel assumir a posição. Substituição natural.

O Chile estreará técnico novo – mas nem tão novo assim. O neozelandês Mark Cross estreia como treinador do XV chileno, já tendo longo histórico no rugby do país, comandando a seleção de sevens. Cross é competente e conhece como ninguém o elenco, apostando em muitas novidades. Apenas 6 jogadores que venceram o Brasil no Sul-Americano estarão em campo: o capitão e oitavo Benjamín Soto, a dupla de segundas linhas competente Bursic (que jogará a Major League Rugby dos EUA) e Mayol, o pilar Munita, o experiente centro De La Fuente e o fullback Ianiszewski. Porém, o time é praticamente o mesmo que venceu a Alemanha em novembro na Europa (ainda que o time alemão estivesse desfigurado). Perrotta e Videla fizeram naquele jogo dupla de 9 e 10 e foram bem, sendo mantidos. Há bons novos valores no time andino, como o asa Alfonso Escobar, destaque da seleção M20 chilena que jogou o último Mundial da categoria, e o pilar Vittorio Lastra, que joga no Valsugana, da segunda divisão da Itália. Ainda assim, são várias ausências notáveis, como o centro chutador e artilheiro Nordenflycht e o pilar que joga no rugby francês Ramón Ayarza.

Jogo que será um ótimo diagnóstico sobre a evolução dos Tupis. Trata-se da partida chave para o Brasil provar que deu um mais um passo adiante em sua competição particular com o Chile para ser o terceiro país do rugby sul-americano.

 

versus copiar

16h10 – Chile x Brasil, em Santiago /*Hora de Brasília – ESPN AO VIVO

Árbitro: Pablo de Luca (Argentina) / Assistentes: Tomás Fernández (Chile) e Tomás Covarrubias (Chile) / TMO: Marcelo Pilara (Argentina)

Chile: 15 Tomás Ianiszewski, 14 Mauricio Urrutia, 13 José Ignacio Larenas, 12 Francisco de la Fuente, 11 Italo Zunino, 10 Santiago Videla, 9 Juan Pablo Perrotta, 8 Benjamin Soto, 7 Alfonso Escobar, 6 Javier Richard, 5 Mario Mayol, 4 Nikola Bursic, 3 José Tomás Munita, 2 Tomás Dussaillant, 1 Vittorio Lastra;

Suplentes: 16 Ignacio Guajardo, 17 Sebastián Otero, 18 Marco Díaz, 19 Manuel Dagnino, 20 Nicolás Garafulic, 21 Beltrán Vergara, 22 Benjamín Pizarro, 23 Lucca Avelli;

Brasil: 15 Lucas “Zé” Tranquez, 14 Lucas Muller, 13 Felipe Sancery, 12 Moisés Duque, 11 De Wet Van Niekerk, 10 Josh Reeves, 9 Laurent Bouda-Couhet, 8 André “Buda” Arruda, 7 Cléber “Gelado” Dias, 6 Arthur Bergo, 5 Lucas “Bruxinho” Piero, 4 Gabriel Paganini, 3 Jardel Vettorato, 2 Yan Rosetti (c), 1 Lucas Abud;

Suplentes: 16 Angelo Marcucci, 17 Michel “Vanzinha” Olimpo, 18 Wilton “Nelson” Rebolo, 19 Diego Lopez, 20 Matheus “Matias” Daniel, 21 Will Broderick, 22 Robert Tenorio, 23 Ariel Rodrigues;

 

EquipeApelidoPJVED4+-7PPPCSP
Estados UnidosEagles194400301364987
UruguaiTeros144301201499653
ArgentinaArgentina XV114201211416180
CanadáCanucks641022099112-13
BrasilTupis441030055131-76
ChileCóndores140040154185-131
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;
DataHora (Brasília)CidadeEstádioSeleção da casaplacarXplacarSeleção visitante
27/01/201823:10Vancouver (Canadá)BC PlaceCANADÁ29X38URUGUAI
03/02/201816:10Santiago (Chile)Estadio Municipal de La PintanaCHILE14X16BRASIL
03/02/201823:10Los Angeles (EUA)Stub Hub Center ESTADOS UNIDOS17X10ARGENTINA XV
09/02/201820:10São Paulo (Brasil)Estádio do PacaembuBRASIL18X27URUGUAI
10/02/201818:40Ushuaia (Argentina)Estadio Agustin PichotARGENTINA XV57X12CHILE
10/02/201821:10Sacramento (EUA)Papa Murphy's ParkESTADOS UNIDOS29X10CANADÁ
17/02/201820:05Fullerton/Los Angeles (EUA)Titan StadiumESTADOS UNIDOS45X13CHILE
17/02/201822:15Punta del Este (Uruguai)Estadio Domingo Burgueno, MaldonadoURUGUAI17X34ARGENTINA XV
17/02/201823:40Langford/Victoria (Canadá)Westhills StadiumCANADÁ45X05BRASIL
24/02/201813:10Santiago (Chile)Estadio Municipal de La PintanaCHILE15X67URUGUAI
24/02/201817:40São José dos Campos (Brasil)Estádio Martins PereiraBRASIL16X45ESTADOS UNIDOS
24/02/201820:10San Salvador de Jujuy (Argentina)Estadio 23 de AgostoARGENTINA XV40X15CANADÁ
03/03/201813:10La Serena (Chile)Estadio La PortadaCHILEXCANADÁ
03/03/201815:40Montevidéu (Uruguai)Estadio CharruaURUGUAIXESTADOS UNIDOS
03/03/201818:10São José dos Campos (Brasil)Estádio Martins PereiraBRASILXARGENTINA XV