Janeiro, como sempre, será mês de sevens masculino na América do Sul. O ano de 2017 começará com o novo Circuito Sul-Americano de Sevens, que não é bem novo. A partir do ano que vem, a Sudamérica Rugby passará a considerar os tradicionais torneios de Punta del Este, no Uruguai, e Viña del Mar, no Chile, como parte de um mesmo circuito, que definirá os dois representantes do continente o Hong Kong Sevens de 2017, a segunda divisão mundial, e a equipe convidada do Las Vegas Sevens, uma das etapas da Série Mundial de Sevens 2016-17.

 

Segundo o site do uruguaio Referí, o Circuito contará com Uruguai, Brasil, Chile, Colômbia e Peru (o site uruguaio afirmou ser Peru ou Colômbia, porém em julho a Sudamérica Rugby deu as duas seleções como classificadas ao torneio de Viña, após terminarem nos dois primeiros lugares da etapa Qualificatória do Circuito, realizada em solo colombiano, e que teve o Paraguai decepcionando).

 

- Continua depois da publicidade -

O Referí também informou que a Sudamérica Rugby ainda pretende ter no Cicuito, mas sem competir pelas vagas em Hong Kong e Las Vegas, as seleções de Argentina, Canadá e Estados Unidos, além de eventuais convidados de outros continentes, como África do Sul e Fiji, o que já ocorreu em 2015.

 

O site ainda comentou sobre os planos do World Rugby de criar um circuito de segunda divisão a ser disputado no futuro em paralelo com a Série Mundial de Sevens.

 

Nacional de Clubes da Argentina tem seus grupos de 2017 confirmados

Outra notícia importante na América do Sul foi o anúncio dos grupos do remodelado Nacional de Clubes argentino para 2017. A competição de clubes que abre o ano no país vizinho será disputado entre os dias 11 de março e 6 de maio, tendo a partir deste ano nada menos que quatro divisões: o Nacional de Clubes A (1ª divisão), o Nacional de Clubes B (2ª divisão), ambos com 16 clubes de todo o país, incluindo Buenos Aires, e o Torneio do Interior A (3ª divisão) e o Torneio do Interior B (4ª divisão), compostos apenas por clubes do interior do país, sem equipes de Buenos Aires.

 

Todas as vagas nas quatro competições são definidas a partir da classificação das oito ligas regionais argentinas, que ocorrem entre maio e outubro: Buenos Aires (URBA), Córdoba, Litoral, Noroeste, Oeste, Pampeana, Nordeste e Patagônica. Novamente, clubes do Uruguai também participarão da estrutura argentina. Restam serem confirmados os grupos dos Torneios do Interior.

 

Nacional de Clubes A

Grupo 1: Belgrano (URBA), Regatas (URBA), Old Resian (Rosario/Litoral) e Huirapuca (Tucumán/Noroeste)

Grupo 2: Hindú (URBA), Duendes (Rosario/Litoral), SIC (URBA) e Tucumán RC (Tucumán/Noroeste)

Grupo 3: Tala (Córdoba), Newman (URBA), CUBA (URBA) e Universitario de Tucumán (Tucumán/Noroeste)

Grupo 4: San Luis (URBA), Urú Curé (Córdoba), CRAI (Santa Fe/Litoral) e Los Tarcos (Tucumán/Noroeste)

 

Nacional de Clubes B

Grupo 1: CASI (URBA), Atlético del Rosario (URBA), Old Boys (Uruguai) e Universitário de Salta (Salta/Noroeste)

Grupo 2: Jockey Club de Villa Maria (Córdoba), Pucará (URBA), Old Christians (Uruguai) e Cardenales (Tucumán/Noroeste)

Grupo 3: Alumni (URBA), Jockey Club de Córdoba (Córdoba), IPR Sporting (Mar del Plata/Pampeana) e Jockey Club de Salta (Salta/Noroeste)

Grupo 4: Jockey Club de Rosario (Rosario/Litoral), La Plata (URBA), Liceo (Cuyo/Oeste) e Mar del Plata RC (Mar del Plata/Pampeana)