Wallys sofre mas bate incrível São Bento na estreia do Paulista B

A última partida da primeira rodada do Paulista B foi o embate entre São Bento e Wallys, respectivamente, vice-campeões das Séries C e B do Campeonato Paulista em 2015. Havia muita expectativa com o Wallys, que vinha de uma temporada agridoce, com grandes resultados nas fases de classificação, decaindo completamente nas decisões do Paulista B e Taça Tupi, o que manteve a equipe na Série B estadual. E foi uma partida incrível, decidida somente na última bola, que terminou com triunfo do clube de Louveira.
 
 
Veja fotos da partida, por Daniel Venturole

 
 
Se a ausência de Cozzin e Zaparoli, jogadores chave do clube nos últimos anos eram um fator de preocupação, a presença de Cleber Dias, o Gelado, da seleção brasileira, era um ponto de otimismo para os listrados. Do outro lado, o São Bento entrava como azarão, sendo o novato da divisão e sem Marsal Tadeu, grande referência do time, vestindo a camisa verde e cinza.
 
E apesar do favoritismo que o status de cada equipe lhes conferia, o Wallys foi surpreendido por um São Bento muito seguro do seu plano de jogo e que jogou com maturidade durante os oitenta minutos. O início foi do clube de Louveira, que mantinha mais posse de bola e tinha em Gelado a grande referência no scrum, levando perigo nas poucas vezes em que escapava dos forwards adversários, e chegou ao try aos vinte minutos, com Jonathas Tavares, após saída do scrum pela direita. Leonardo Bortollozo adicionou dois pontos mais, e travou uma batalha particular com Baiano, que pelo lado do São Bento, acertou três penais de longa distância e não deixou o visitante deslanchar no placar. O São Bento marcava em cima, anulando as principais tentativas do adversário e encerrou a etapa com apenas quatro pontos de diferença.
 
No segundo tempo, o São Bento voltou melhor, concretizando uma tendência que se desenhava desde a parte final da etapa inicial. Mostrando segurança para seguir seu plano de jogo, o São Bento dominou completamente o scrum adversário e boa parte dos lineouts, levando o treinador do Wallys a deixar Gelado como segundo centro, onde ele poderia fazer mais diferença, sem a marcação próxima dos forwards adversários.
 
Mesmo assim, a mudança demorou a surtir efeito, e o time da capital seguiu dominando e empurrando os visitantes para seu próprio ingoal, passando finalmente a liderar após mais um penal de Larry Erthal e um try anotado por Leandro Oliveira, quando o Wallys tinha um jogador a menos em campo.
 
A diferença de quatro pontos deixou o visitante na incômoda situação de ter que buscar um try para vencer a partida, com o clima cada vez mais quente, com tackles cada vez mais duros e muita provocação dos dois lados. Nesse momento crítico, a experiência de seleção falou mais alto, e Cleber chamou a responsabilidade. Em grande corrida pelo centro, ele atravessou a linha adversária e seguiu até os metros finais, sendo contido a menos de dois metros do ingoal. O Wallys manteve e trabalhou bem a posse de bola até encontrar novamente Gelado, em velocidade para atropelar a defesa e anotar o try da vitória, para explosão da torcida que veio à São Paulo acompanhar o time. Bortolozzo converteu, dando números finais à partida.
 
Grande personagem do dia, Gelado comentou a vitória suada no final “Tivemos perdas de ogadores por diversos motivos entre o fim do ano e o início da temporada, promovendo alguns novatos, o que prejudicou nosso entrosamento, mas conseguimos defender bem e vamos melhorar ao longo da temporada.”
 
Passado o sufoco da estreia, o Wallys volta à campo em casa, contra o Templários, outro vencedor da rodada. O São Bento levanta a cabeça e volta somente em maio, contra o Cougars.
 
O Portal do Rugby elegeu Cleber Dias como melhor jogador da partida.
 
 
Placar final: São Bento (09) 17 X 20 (13) Wallys
São Bento
Try: Leandro de Oliveira
Penais: Larry Erthal (4)
 
Cartão Amarelo: Alisson Santos
 
Wallys
Tries: Jonatahas Tavares, Cleber Dias
Conversões:Leonardo Bortolozzo (2)
Penal: Leonardo Bortolozzo (2)
 
Cartão Amarelo: Leonardo Bortolozzo
 
 
Resultados
Dia 02/04/2016 às 15h – São Carlos 17 X 14 Lechuza
Árbitro: Victor Hugo
Auxiliares de linha: Mayron Sato e Luiz carlos Pereira
4o árbitro: Luiz Perezin
Local: USP – São Carlos, SP
 
Dia 03/04/2016 às 15h – Templários 10 X 08 Medicina
Árbitro: Raphael Santana
Auxiliares de linha:Vinícius Hideo e Guilherme Jacintho
4o árbitro: Hebert Ferreira
Local: Arena Paulista de Rugby – São Paulo, SP
 
Dia 03/04/2016 – 17h – São Bento 17 X 20 Wallys
Árbitro: Regis Dantas
Auxiliares de linha: Fernando Zemann e Luciano Sampaio
4o árbitro: Murilo Bragotto
Local: Arena Paulista de Rugby – São Paulo, SP
 
 
Próxima rodada – 09/04/2016
Tornados Indaiatuba X Cougars Vinhedo
Urutu X Ilhabela
 
 
Classificação
 

Clube Cidade P J V E D 4+ 7- PP PC SP T
Tornados Indaiatuba 44 9 9 0 0 8 0 370 97 273 43
São Carlos São Carlos 35 9 7 1 1 5 0 276 152 124 33
Wallys Louveira 31 9 7 0 2 2 1 222 148 74 18
Templários São Bernardo do Campo 27 9 5 2 2 2 1 151 172 -21 12
Lechuza Itu / Sorocaba 23 9 4 0 5 4 3 199 194 5 20
Urutu São Paulo 21 9 4 1 4 3 0 162 238 -76 15
São Bento São Paulo 11 9 2 0 7 2 1 142 270 -128 13
Cougars Vinhedo 8 9 1 0 8 2 2 124 265 -141 11
Ilhabela Ilhabela 21 9 4 0 5 4 1 253 187 66 23
Medicina USP São Paulo 1 9 0 0 9 0 1 66 263 -197 9


 
 
Foto por Daniel Venturole/Portal do Rugby

Comentários