ARTIGO COM VÍDEOS – ATUALIZADO – Brasil e Argentina receberam duelos neste sábado, mas não foram só eles que entraram em campo nas Américas. Nada menos que outros 5 jogos internacionais agitaram o continente. Na América do Norte, Estados Unidos e Canadá não tiveram sucesso contra Irlanda e Geórgia, perdendo por, respectivamente, 55 x 19 e 13 x 00, ao passo que no Uruguai foi dada a largada para a Copa das Nações, torneio de desenvolvimento do World Rugby, com 3 jogos.

Primeiro, a Espanha passou pela Namíbia por 15 x 13 e depois a Argentina XV estreou com derrota inesperada para a Rússia em um jogão de 39 x 38. Por último, o Uruguai fez a festa da torcida passando pela Italia Emergenti por 30 x 21. E ainda teve a Guiana carimbando passaporte para a final do Rugby Americas North Championship com vitória por 24 x 17 sobre Trinidad e Tobago.

 

Nova York mais verde que nunca

- Continua depois da publicidade -

Sem 15 atletas, que estão defendendo os Lions, a Irlanda iniciou seu mês de amistosos indo a Nova York para encarar os Estados Unidos. Com mais de 22 mil torcedor na Red Bull Arena, as Águias acabaram desapontando as esperanças de seus fãs e curiosos da Big Apple, que viram a Irlanda vencer com facilidade por 55 x 19.

Keith Earls logo fez o try inaugural para o Trevo aos 2′, Stockdale ampliou aos 14′  Earls fez o terceiro aos 18′. A máquina de tries irlandesa começava a dar frutos rapidamente, mas os EUA encontraram seu primeiro try aos 19′, com Civetta, bloqueando chute e dando um pouco de graça ao início da peleja. Mas antes do intervalo foram mais 2 tries verdes, de Niall Scannell e Marmion, abrindo 29 x 07.

Na volta dos vestiários, Conan cruzou mais uma vez o in-goal americano, amplicando a vantagem irlandesa. Porém, Quill marcou o segundo try para as Águias, dando um gás aos anfitriões, que chegaram ainda ao terceiro try aos 54′, com Matyas. Foi só. A Irlanda logo voltou a controlar o jogo e fechou a disputa com mais 3 tries, de James Ryan, Luke McGrath e Simon Zebo, selando o triunfo.

A Irlanda viajará agora ao Japão para dois amistosos, ao passo que os Estados Unidos receberão a Geórgia no sábado, dia 17.

 

19versus copiar55

Estados Unidos 19 x 55 Irlanda, em Nova York

Árbitro: Luke Pearce (Inglaterra)

Estados Unidos

Tries: Civetta, Quill e Matyas

Conversões: MacGinty (2)

15 Ben Cima, 14 Mike Te’o, 13 Ryan Matyas, 12 Marcel Brache, 11 Martin Iosefo, 10 AJ MacGinty, 9 Nate Augspurger (c), 8 David Tameilau, 7 Tony Lamborn, 6 John Quill, 5 Nic Civetta, 4 Nate Brakeley, 3 Chris Baumann, 2 Peter Malcolm, 1 Ben Tarr;
Suplentes: 16 James Hilterbrand, 17 Joe Taufete’e, 18 Paddy Ryan, 19 Matthew Jensen, 20 Andrew Durutalo, 21 Shaun Davies, 22 Will Magie, 23 Bryce Campbell;

Irlanda

Tries: Earls (2), Stockdale, N Scannell, Marmion, Conan, J Ryan, McGrath e Zebo

Conversões: Carbery (2), R Scannell (2) e Ringrose

15 Tiernan O’Halloran, 14 Keith Earls, 13 Garry Ringrose, 12 Luke Marshall, 11 Jacob Stockdale, 10 Joey Carbery, 9 Kieran Marmion, 8 Jack Conan, 7 Josh van der Flier, 6 Rhys Ruddock (c), 5 Devin Toner, 4 Quinn Roux, 3 John Ryan, 2 Niall Scannell, 1 Cian Healy;

Suplentes: 16 Dave Heffernan 17 Dave Kilcoyne, 18 Andrew Porter, 19 James Ryan, 20 Dan Leavy, 21 Luke McGrath, 22 Rory Scannell, 23 Simon Zebo;

Canadá segue sofrendo

Jogando em casa, o Canadá seguiu desapontando seu torcedor e pela primeira vez passou um jogo contra uma seleção do segundo escalão mundial sem marcar um ponto sequer. Foi um jogo horrível contra a Geórgia, sem espaços, sem ações agudas e com pouca emoção, que se arrastou com os Lelos levando a melhor apenas nos penais, pelos pés de Kvirikashvili. E foi justamente o fullback georgiano que fez o único try da partida, já aos 78′, selando a vitória dos visitantes por 13 x 00 magros.

O Canadá receberá a Romênia no próximo sábado.

 

00versus copiar13

Canadá 00 x 13 Geórgia, em Calgary

Árbitro: Andrew Brace (Irlanda)

Canadá

15 Andrew Coe, 14 Dan Moor, 13 Conor Trainor, 12 Guiseppe Du Toit, 11 Sean Duke, 10 Shane O’Leary, 9 Phil Mack, 8 Admir Cejvanovic, 7 Matt Heaton, 6 Kyle Baillie, 5 Conor Keys, 4 Brett Beukeboom (c), 3 Jake Ilnicki, 2 Benoit Piffero, 1 Djustice Sears-Duru;
Suplentes: 16 Eric Howard, 17 Anthony Luca, 18 Matt Tierney, 19 Liam Chisholm, 20 Aaron Carpenter, 21 Andrew Ferguson, 22 Gradyn Bowd, 23 Ciaran Hearn;

Geórgia

Try: Kvirikashvili

Conversão: Kvirikashvili

Penais: Kvirikashvili (2)

15 Merab Kvirikashvili, 14 Soso Matiashvili, 13 David Kacharava, 12 Merab Sharikadze (c), 11 Sandro Todua, 10 Lasha Khmaladze, 9 Vasil Lobzhanidze, 8 Beka Bitsadze, 7 Giorgi Tkhilaishvili, 6 Lasha Lomidze, 5 Kote Mikautadze, 4 Giorgi Nemsadze, 3 Anton Peikrishvili, 2 Jaba Bregvadze, 1 Mikheil Nariashvili;
Suplentes: 16 Badri Alkhazashvili, 17 Kakha Asieshvili, 18 Soso Bekoshvili, 19 Nodar Cheishvili, 20 Otar Giorgadze, 21 Giorgi Begadze, 22 Lasha Malaghiradze, 23 Giorgi Chkhaidze;

 

Copa das Nações de estreia perfeita para os uruguaios

O Estádio Charrua, em Montevidéu, está sendo palco das disputas da Copa das Nações, competição de desenvolvimento do World Rugby envolvendo seis selecionados.

As disputas começaram com o duelo entre Namíbia, 19ª do mundo, contra a Espanha, 18ª. E o jogo foi parelho como esperado, com os Leões ibéricos emergindo vitoriosos por 15 x 13. Tauli, com 2 tries no segundo tempo, foi o nome da vitória espanhola.

Depois, a Argentina XV, a seleção formada apenas por atletas que atuam nos clubes argentinos, enfrentou a Rússia e os Ursos provaram sua força, conquistando uma vitória de arrepiar por 39 x 38. Os argentinos abriram 12 x 03 no começo, mas levaram a virada antes do intervalo para 22 x 12. Cappiello e Simplikevitch, destaques do duelo, abriram o segundo tempo com tries para os dois lados e a Argentina XV parecia se aproximar da vitória virando o placar com tries de Medrano, Devoto e Gigena, fazendo 38 x 29. Porém, os russos estavam vivos e viraram o placar com 2 tries nos últimos 7 minutos, de Mikhaltsov e Krotov.

Depois, o Uruguai entrou em campo contra a Italia Emergenti, o selecionado de atletas que atuam no Campeonato Italiano, e obtiveram uma convincente vitória por 30 x 21. Arata fez o primeiro try para os Teros, mas os italianos viraram com 2 tries antes do intervalo, fazendo 14 x 13. Cat virou o placar para os uruguaios e a situação italiana se deteriorou com um cartão vermelho no segundo tempo. Lijtenstein ampliou para os Teros com o terceiro try, mas a Itália não se rendeu e se manteve no páreo ainda com seu terceiro try antes do fim. Mas o Uruguai prevaleceu com um último penal.

No próximo dia 14, quarta-feira, pela segunda rodada, a Argentina XV duelará com a Espanha, a Namíbia medirá forças com a Italia Emergenti e o Uruguai encarará a Rússia, valendo a ponta.

 

namibia logo copy copy copy13versus copiar15

Namíbia 13 x 15 Espanha

 

38versus copiar39russia copy copy copy copy copy

Argentina XV 38 x 39 Rússia

 

Uruguai 30 x 21 Italia Emergenti

 

Guiana na decisão do Rugby Americas North Championship

Pela competição da América do Norte e Caribe, a Guiana se tornou a primeira finalista deste ano, ao vencer o Grupo Sul com triunfo de 24 x 17 sobre a rival Trinidad e Tobago. Com o resultado, a Guiana espera o vencedor de México e USA South para a final do dia 1º de julho.

 

Rugby Americas North Championship – Campeonato da América do Norte e Caribe

Guiana 24 x 17 Trinidad e Tobago, em Georgetown

SeleçãoJogosPontos
Grupo Norte
USA South312
Ilhas Cayman310
México310
Bermuda300
Grupo Sul
Guiana209
Trinidad e Tobago206
Barbados201

 

Foto: Uruguai x Itália – URU