Barbarians e Los Pumas duelam no sábado, com Watch ESPN

ARTIGO ATUALIZADO – Se você achava que a Copa do Mundo havia sido o ponto final nos jogos entre as grandes seleções do mundo, prepare-se, pois nesse sábado, dia 21, a Argentina volta a campo! Los Pumas enferentarão em Twickenham, Londres, os Barbarians, que irão a campo com uma verdadeira seleção do Hemisfério Sul, com nomes maiúsculos em campo.

 

A Argentina, do técnico Daniel Hourcade, terá a aparência do time que deverá disputar o Super Rugby 2016. Para o desafio em Londres, o treinador não conta com os jogadores que atuam no rugby europeu, escalando basicamente a equipe que deverá ter disponível para a liga do ano que vem. Foram no XV titular sete alterações com relação ao time que jogou a disputa de 3º lugar do Mundial, com Julián Montoya, Ramiro Herrera, Matías Alemanno, Javier Ortega Desio, Nicolás Sánchez, Santiago Cordero, Jerónimo De la Fuente e Matías Moroni mantendo suas posições.

 

Já os Barbarians terão no comando o australiano Michael Cheika, que formou um time estrelado, recheado de All Blacks, Springboks e Wallabies. No XV titular, o técnico fez questão de contar com Scott Fardy, Tevita Kuridrani e Stephen Moore, seus comandados na Copa do Mundo. O time contará com a ilustre presença de Victor Matfield na segunda linha ao lado do ótimo Lood de Jager, ambos sul-africanos, enquanto Bakkies Botha, que deverá, finalmente, fazer seu último jogo, começará no banco. Entre os neozelandeses campeões do mundo, Milner-Skudder estará com a camisa 15, Waisake Naholo com a 14, Tawera Kerr-Barlow com a 9 e Charlie Faumuina com a 3. Destaque também é a presença do fijiano Nemani Nadolo com a 11 e do neozelandês Lima Sopoaga, que não foi para a Copa do Mundo, com a 10.

 

A expectativa é de um jogo aberto e empolgante, tanto pelas características dos Barbarians, que por ideologia fazem jogos voltados para o público, para garantir o entretenimento, mas também pelas características dos Pumas, que mostraram um rugby em alta voltagem, com uma linha mortal aliada a um pack poderoso. Como os Barbarians não jogam juntos, a tendência é a organização dos forwards argentinos fazerem os sul-americanos prevalecerem, em especial nas formações.

 

A partida será a segunda na história entre as duas equipes, a primeira desde 1990, quando os argentinos perderam por 34 x 22, em Gales. O jogo será transmitido apenas via Watch ESPN.

 

Tomás Cubelli no Brumbies

Uma das ausências da partida é o scrum-half Tomás Cubelli. Aos 26 anos, o atleta acaba de fechar contrato com o Brumbies, da Austrália. Com isso, Cubelli disputará o Super Rugby, mas por outra equipe.

 

UAR_copy_copy.jpgversus(14)Barbarians_copiar

Dia 21/11 – 13h05 – Argentina x Barbarians, em Londres – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: JP Doyle (Inglaterra)

 

Argentina: 15 Ramiro Moyano, 14 Matías Moroni, 13 Jerónimo De la Fuente, 12 Santiago González Iglesias, 11 Santiago Cordero, 10 Nicolás Sánchez, 9 Martín Landajo (c), 8 Facundo Isa, 7 Javier Ortega Desio, 6 Pablo Matera, 5 Matías Alemanno, 4 Guido Petti, 3 Ramiro Herrera, 2 Julián Montoya, 1 Lucas Noguera.

Suplentes: 16 Santiago Iglesias Valdez, 17 Santiago García Botta, 18 Nahuel Tetaz Chaparro, 19 Tomas Lezana, 20 Leonardo Senatore, 21 Felipe Ezcurra, 22 Gabriel Ascarate, 23 Emiliano Boffelli.

 

Barbarians: 15 Nehe Milner-Skudder, 14 Waisake Naholo, 13 Tevita Kuridrani, 12 Ryan Crotty, 11 Nemani Nadolo, 10 Lima Sopoaga, 9 Tawera Kerr-Barlow, 8 Stephen Hoiles, 7 Ardie Savea, 6 Scott Fardy, 5 Victor Matfield, 4 Lood de Jager, 3 Charlie Faumuina, 2 Stephen Moore, 1 Thomas du Toit.

Suplentes: 16 James Hanson, 17 Jamie Mackintosh, 18 Toby Smith, 19 Bakkies Botha, 20 Jarrad Butler, 21 Cobus Reinach, 22 Pat Lambie, 23 Francois Venter, 24 Joe Tomane.

 

*hora de Brasília

Comentários