Conhece Rugby Subaquático? Até Mundial tem, e foi semana passada, na Colômbia

ARTIGO COM VÍDEOS – A Colômbia pode ter ganho as manchetes do rugby recentemente com a classificação de sua seleção feminina ao Rio 2016. Mas, nesse último final de semana, o país foi sede de um rugby diferente e pouco conhecido: o Rugby Subaquático.

 

Rugby Subaquático? Que esporte é esse? A modalidade foi inventada nos anos 1960, na Alemanha, sendo reconhecida e incorporada pela Federação Internacional de Esportes Subaquáticos. O Rugby Subaquático (Underwater Rugby, em inglês) é disputado por duas equipes de 6 atletas, em uma piscina com profundidade entre 3,5 e 5 metros (largura e comprimento indefinidos). O jogo tem duração de 30 minutos, divididos em dois tempos de 15 minutos cada, e o objetivo é colocar a bola na cesta do adversário, que mede 40 centímetros, valendo um ponto. Como foram os alemães que inventaram o esporte, o termo “gol”, e não “try”, é utilizado. Mas o princípio é semelhante. A bola, por sua vez, é redonda, e afunda, por ser preenchida com água salgada, e ela jamais pode emergir. E por que o nome rugby? Porque o contato físico é intenso, e a lógica de chegar com a bola ao outro lado da piscina é semelhante.

 

Nórdicos e germânicos no topo… ou nas profundezas

Cali foi a sede do torneio, que chegou à sua décima edição. Entre as mulheres, sete países participaram, com o título ficando com a Alemanha, que derrotou a Noruega na final, enquanto Colômbia, tradicional no esporte, ficou com o bronze, ao deixar para trás a Suécia. Já no masculino o título foi da Noruega, que derrotou justamente a Alemanha na final. A Colômbia repetiu o feito do feminino e ficou em terceiro, também derrotando os suecos. No total, doze países estiveram representados entre os homens. Na história, a Suécia é a maior vencedora do Mundial masculino, com cinco títulos, contra dois títulos da Noruega, dois da Dinamarca e um da Finlândia. Entre as mulheres, esta foi a sétima edição do Mundial, e a Alemanha se tornou a maior campeã, com três títulos, contra dois títulos da Noruega e outros dois da Suécia.

 

Masculino: 1 Noruega, 2 Alemanha, 3 Colômbia, 4 Suécia, 5 Dinamarca, 6 Venezuela, 7 Áustria, 8 Canadá, 9 Estados Unidos, 10 Espanha, 11 Austrália, 12 África do Sul.

 

Feminino: 1 Alemanha, 2 Noruega, 3 Colômbia, 4 Suécia, 5 Finlândia, 6 Dinamarca, 7 Austrália, 8 Venezuela, 9 Estados Unidos.

 



 

Foto: http://www.uwrworldchampionship.com

Comentários